Archive for 10 Novembro, 2006

BLOGUES E ANONIMATO

No mesmo dia (ontem), dois artigos a propósito da blogosfera e do anonimato nos blogues, que se juntam a um outro, publicado na revista Visão da semana passada (de Manuel António Pina).

Ontem, no Público, José Pacheco Pereira (“A diferença entre um quiosque e a blogosfera“), tal como Ferreira Fernandes, na revista Sábado (“A blogosfera”), colocam a tónica na indispensável segregação entre a “boa” e a “má” blogosfera.

Escreve Pacheco Pereira: “Vamos admitir, o que não me custa nada, porque até acho que é verdade, que mais de 90 por cento do que está na blogosfera é lixo. Temos em seguida que convir que também 90 por cento do que está nos quiosques é lixo, a julgar pelo nosso quiosque.”; mas, a finalizar, frisa “Tratar os blogues como um quiosque dos jornais indiferenciado é deitar fora o menino com a água do banho. Vamos em seguida falar dos 10 por cento, número optimista eu sei“.

Ferreira Fernandes acrescenta: “Os blogues portugueses, como qualquer lugar, são frequentáveis ou não, depende do que escolhemos“.

E indica, de seguida, algumas escolhas, do “melhor” que a blogosfera tem: os textos sobre futebol de “maradona” (A Causa Foi Modificada); a bibliofilia do Almocreve das Petas; o “Assim Mesmo“, que “ensina” português; as “notícias” de Paulo Gorjão no Bloguitica; os textos de João Miranda no Blasfémias, de Rui Tavares no 5 Dias, de Pacheco Pereira no Abrupto, ou do “José”, na Grande Loja do Queijo Limiano.

10 Novembro, 2006 at 1:45 pm 3 comentários

"A FÓRMULA DE DEUS" (IV)

Entrando na fase final das suas aventuras em busca da “Fórmula de Deus”, Tomás chega a Lhasa, capital do Tibete, com a missão de se encontrar com Tenzing Thubten, um velho budista tibetano, colaborador de Einstein nos anos 50, com quem espera poder falar no majestoso, sereno e “elevado” Palácio Potala – dando a sensação de se poder flutuar entre o céu e a terra.

Ainda antes do encontro, em Shigatse, Tomás vê-se novamente refém dos iranianos, contando mais uma vez com a colaboração de Ariana para recuperar a liberdade.

Finalmente em contacto com Tenzing Thubten, é confrontado com a revelação do tema da “Fórmula de Deus”, a “maior busca jamais empreendida pela mente humana, a demanda do mais importante enigma do universo, a revelação do desígnio da existência.”

Ou, de como os 6 “dias da criação” bíblica corresponderiam a um total de cerca de quinze mil milhões de anos…

As descobertas de Tomás culminariam em Coimbra, passando pela Biblioteca Joanina, um “Monumento” com quase três séculos – integrado num espaço com cerca de 700 anos de ensino, a Universidade de Coimbra -, com os seus três majestosos salões, repletos com cerca de 100 000 livros!


Com a colaboração de Carlos Fiolhais e João Queiró, professores de Física e de Matemática da Universidade de Coimbra, na revisão científica do texto, José Rodrigues dos Santos apresenta-nos um romance orientado – a par da acção e da intriga “cinematográfica”, à “maneira” de Dan Brown – para aspectos de índole científica (mas, também, sem negligenciar uma componente espiritual), numa espécie de “homenagem” a Einstein (cujo centenário da sua famosa Teoria da Relatividade se celebrou no ano passado).

Escrevendo as suas obras – como o próprio autor confirma – ao “correr da pena”, de um jacto, “A Fórmula de Deus” não evita, aqui e ali, alguns “desequilíbrios”, assim como linguagem ou expressões que, algumas vezes, soam a “postiço”. O resultado final não deixa, não obstante, de ser amplamente positivo, devendo realçar-se a componente “didáctico-pedagógica” da sua escrita (expressa em qualquer dos seus três romances: “A Filha do Capitão”, “O Codex 632” e “A Fórmula de Deus” – com os quais sempre aprendemos bastante).

10 Novembro, 2006 at 8:49 am 1 comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Novembro 2006
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.