Archive for 3 Agosto, 2005

ÍCONES DO SÉCULO (XXXII) – 1977 – JOHN F. KENNEDY

3 Agosto, 2005 at 6:28 pm

“DESTINOS TÍPICOS” PORTUGUESES (III)

A vila fortificada de Monsaraz (Reguengos de Monsaraz, Évora), uma das mais antigas povoações do país, é um dos pontos de atracção do Alentejo, verdadeira visita obrigatória, em que se pode reviver a história, numa verdadeira viagem aos tempos medievais.

Situada no cimo de um monte, com localização estratégica junto ao Guadiana e uma espectacular vista sobre o Alentejo, Monsaraz era ocupada sobretudo em períodos de guerras fronteiriças, sendo abandonada durante os tempos de paz.

Para incentivar a sua povoação, foi-lhe concedido nomeadamente o privilégio do calcetamento de ruas, feito com xisto da região, ainda hoje presente nas típicas calçadas da vila, necessariamente a percorrer.

A visitar também o Castelo e a sua Torre de Menagem, com vista sobre Portugal e Espanha.

(vidé também http://www.monsaraz.com.pt)

3 Agosto, 2005 at 1:28 pm

“STATE OF THE BLOGOSPHERE”

O Technorati apresenta o “State of the Blogosphere” (1º parte e 2ª parte), destacando que:

– O Technorati rastreia mais de 14,2 milhões de “blogues” e mais de 1,3 biliões de links…

– … Correspondendo a cerca de 900 000 “entradas” diárias (mais de 10 por segundo!)

– A blogosfera continua a duplicar a cada 5 meses e meio

– Um novo “blogue” é criado a cada segundo (mais de 80 000 por dia)

– Cerca de 55 % dos “blogues” mantêm-se activos

– 13 % dos “blogues” são actualizados pelo menos uma vez por semana

P. S. A propósito de alguma “tendência de depressão dos blogues”, a ler esta “entrada”.

(via Loic Le Meur)

P. P. S. 3ª parte

3 Agosto, 2005 at 12:34 pm

“EMISSORA NACIONAL” – 70 ANOS (III)

Durante um largo período da sua existência, a Emissora Nacional operou como veículo de propaganda estatal, à semelhança de outras rádios nacionais, embora tal característica fosse mais vincada no caso português, devido ao regime ditatorial vigente. Momentos marcantes do início dessa época seriam as transmissões do desencadear da Guerra Civil de Espanha (1936) e da Segunda Guerra Mundial (1939).

Tradicionalmente, afirmou-se pelo estilo sóbrio e de rigor dos seus locutores, dos mais conceituados do país, ocupando papel central na história da rádio.

Na década de 50 seriam criadas as Orquestras Sinfónica, Típica e Ligeira da Emissora Nacional, que assumiriam papel de relevo no panorama cultural português da época, revelando grandes nomes da música. A acção cultural passaria também pelo histórico teatro radiofónico.

Na sequência da Revolução do 25 de Abril, a Emissora Nacional seria ocupada, vindo subsequentemente a ser nacionalizada, sendo criada a RDP – Empresa Pública de Radiodifusão, agrupando a generalidade das estações radiofónicas, com a única excepção significativa da Rádio Renascença. Agrupar-se-ia então em 4 canais nacionais e 3 regionais no Continente, para além de 2 canais regionais nas ilhas.

3 Agosto, 2005 at 8:42 am


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Agosto 2005
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.