O Pulsar do Campeonato – 2ª Jornada

29 Setembro, 2019 at 11:00 am Deixe um comentário

O pulsar do campeonato - 2019-20 - 2jornada

(“O Templário”, 26.09.2019)

Apenas com duas jornadas disputadas é, obviamente, demasiado prematuro começar a falar em definições, mas a verdade é que os principais candidatos se encontram já “arrumados” no topo da tabela, enquanto, ao invés, as equipas que vão lutar pela manutenção foram, desde logo, remetidas para a parte inferior da pauta classificativa.

De entre o quinteto de líderes, salienta-se, em especial, o bom arranque de campeonato do Amiense, a prometer intrometer-se, outra vez, entre os pretendentes aos lugares cimeiros.

Destaques – O primeiro destaque vai, não obstante, para a vitória (3-2) do Abrantes e Benfica em Rio Maior, num embate que colocava frente-a-frente os dois primeiros classificados do campeonato da II Divisão da última temporada, com os abrantinos a superiorizarem-se novamente, pese embora tivessem começado por, desde cedo, se ver em desvantagem por 0-2, tendo operado notável reviravolta no marcador.

Pela expressão dos números (goleada de 5-0) realça-se também o triunfo do U. Almeirim na recepção ao Ferreira do Zêzere, com o grupo ferreirense, para já, aquém das expectativas, partilhando (em função do total de golos sofridos) a “lanterna vermelha” com o Riachense.

Cartaxo e Coruchense, dois dos clubes com maiores aspirações ao título, não vacilaram, tendo obtido importantes vitórias – por idêntica margem (2-0) – em terrenos tradicionalmente difíceis, perante adversários que anseiam por começar a angariar pontos, respectivamente o Moçarriense e o Pego (ambos também ainda “a zeros” na classificação, a par de Ferreira do Zêzere e Riachense).

Regressando ao Amiense, obteve também um bom resultado, em circunstâncias similares às dos dois encontros antes referidos, indo vencer, igualmente por 2-0, na Glória do Ribatejo, formação que, recorde-se, vinha de um surpreendente êxito em Ferreira do Zêzere na ronda inaugural.

O União de Tomar, ganhando por 1-0 frente ao Fazendense, completa – a par dos mencionados U. Almeirim, Cartaxo, Coruchense e Amiense – o lote de cinco clubes que contam por vitórias os desafios disputados neste campeonato da I Divisão Distrital, também com a particularidade de manterem ainda, todos eles, as respectivas balizas invioladas.

Numa partida que se iniciou com uma toada repartida, os unionistas foram-se, gradualmente, impondo, dominando a segunda metade do primeiro tempo, não tendo, contudo, conseguido concretizar tal ascendente em golo. O que, aliás, viriam a alcançar – outra vez por intermédio de Wemerson Silva, finalizando da melhor forma um lance estudado de “bola parada” – logo a abrir o segundo período.

Porém, contrariamente ao que seria expectável, assistir-se-ia então a uma boa reacção da turma das Fazendas de Almeirim, que chegou a “assustar”, mas sem chegar ao golo, acabando por se ver também, por outro lado, exposta às transições rápidas do adversário. Todavia, até final, o União não faria melhor que, uma vez mais (tal como sucedera, por duas vezes, nos Riachos), acertar com a bola nos ferros da baliza contrária.

Confirmações – Numa jornada pautada pela lógica, sem surpresas, Mação, mercê de um solitário golo, e Samora Correia (goleada por 4-0), impuseram-se, respectivamente, a Torres Novas e Riachense, com o conjunto dos Riachos, nesta fase inicial da prova, a “pagar a factura” da relativamente tardia repescagem para o principal escalão do futebol distrital.

Taça do Ribatejo – Teve também início a fase de grupos da Taça do Ribatejo, esta época abrangendo um total de 18 clubes (apenas os participantes na II Divisão Distrital, excluindo-se as equipas “B”), repartidos em cinco séries.

Na ronda de abertura sublinha-se a rotunda goleada (10-0) imposta pelo Marinhais em Coruche, frente ao estreante G. D. Rebocho, agremiação que transitou dos campeonatos do “INATEL”. Alcanenense (vencedor ante o Caxarias) e Pontével (batendo o Aldeiense), em ambos os casos por 4-1, estiveram também em evidência, sendo ainda de assinalar os triunfos em reduto alheio alcançados por Benavente (2-1, no Tramagal), Goleganense (2-1, no Espinheiro), Benfica do Ribatejo (1-0, em Alferrarede) e Ortiga (4-2, em Salvaterra de Magos).

No jogo restante, a U. Atalaiense ganhou por 4-3 ao Forense. Folgaram as equipas do Porto Alto e o novel Entroncamento Atlético Clube.

Campeonato de Portugal – O Fátima alcançou um resultado positivo, empatando a uma bola na visita a Cernache do Bonjardim. Ao invés, o U. Santarém sofreu um preocupante desaire (0-6) perante a U. Leiria, que, à 5.ª jornada, obteve a que foi apenas a sua primeira vitória nesta competição; espera-se que tenha sido apenas uma “tarde (muito) má” dos escalabitanos…

O Fátima mantém o 8.º posto, com 6 pontos, mais um que o U. Santarém, que integra o lote do 9.º ao 13.º classificados, imediatamente acima da “linha de água”.

Antevisão – O confronto entre Amiense e U. Almeirim apresenta-se como o principal cartaz da 3.ª jornada da I Divisão Distrital, num sério teste às capacidades destes dois emblemas. A destacar também uma deslocação que se antevê difícil do União de Tomar, a Rio Maior, mas em que se espera possa vir a confirmar o seu superior potencial.

A Taça do Ribatejo avança de imediato para a sua 2.ª jornada, merecendo especial atenção, nomeadamente, os seguintes jogos: Benavente-U. Atalaiense, Caxarias-Pontével, Aldeiense-Alcanenense, Marinhais-Porto Alto e Ortiga-Entroncamento.

O Campeonato de Portugal estará em pausa, para disputa da 2.ª ronda da Taça de Portugal, ainda com três clubes representantes do Distrito: o U. Santarém recebe o Farense (actual 3.º classificado na II Liga) numa partida de elevado grau de dificuldade; o Fátima actua também no seu terreno, sendo favorito ante o Coutada (Torres Vedras), actual 4.º classificado da I Divisão da Associação de Futebol de Lisboa; quanto ao Coruchense (repescado, após a derrota, no prolongamento, com o Sintrense), terá a visita do Olímpico do Montijo, um dos últimos classificados da Série D do Campeonato de Portugal (onde não foi ainda além de dois empates).

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 26 de Setembro de 2019)

Entry filed under: Tomar.

Mundial de Râguebi – 2.ª Jornada Grandes clássicos das competições europeias – (22) Barcelona – Paris Saint-Germain

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Setembro 2019
S T Q Q S S D
« Ago   Out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: