O Pulsar do Campeonato – 17ª Jornada

25 Fevereiro, 2018 at 12:00 pm Deixe um comentário

Pulsar-17

(“O Templário”, 22.02.2018)

O Campeonato Distrital da I Divisão parece estar a metamorfosear-se numa espécie de “jogo do gato e do rato”, ou, num “agora perco eu, agora perdes tu”… Na 17.ª jornada, foi a vez de ser o Mação a sofrer novo desaire (o segundo sucessivo no seu reduto), sendo goleado pelo Cartaxo, enquanto o U. Tomar ganhou pontos em “quatro campos” – beneficiando também do empate caseiro do Fazendense e da derrota do U. Almeirim em Amiais de Baixo –, prontamente recuperando o 2.º lugar, restabelecendo a diferença de cinco pontos face ao comandante.

Destaques – A grande nota de realce desta ronda vai, portanto, para a derrota do Mação (0-3), na recepção a um afoito Cartaxo, que somou o seu quinto triunfo “fora de portas”. Após uma forte entrada em campo, assumindo a iniciativa do jogo, os maçaenses viriam a ser penalizados com uma expulsão, por “resposta” a suposta agressão, tendo jogado mais de metade do desafio em inferioridade numérica, o que os cartaxeiros aproveitaram da melhor forma; os donos da casa acabariam mesmo por ver-se reduzidos a nove elementos, já na parte final do encontro.

Por seu lado, em Amiais de Baixo, o outro clube do município almeirinense, U. Almeirim, foi batido pelo Amiense, por 2-1, não aproveitando assim a escorregadela do líder, de que continua a distar oito pontos, precisamente antes de as duas equipas se defrontarem, na próxima jornada, num jogo determinante para o futuro de ambas nesta competição.

No confronto entre os últimos classificados, na Ribeira de Santarém, um Riachense em recuperação (somando duas vitórias e dois empates na segunda volta, em que, somente em quatro jogos, averbou mais pontos do que em toda a primeira metade da prova), impôs-se por categórico 3-0, empurrando os Empregados do Comércio cada vez mais para a indesejada condição de “lanterna vermelha”, com a manutenção a começar a ser uma miragem.

Surpresas – Num embate entre duas das formações com melhor desempenho na prova, o Ferreira do Zêzere voltou aos bons resultados, reagindo da melhor forma ao desaire caseiro sofrido na semana anterior, surpreendendo no sempre difícil terreno de Fazendas de Almeirim, ante o então 2.º classificado, Fazendense, empatando a duas bolas, firmando a sua posição tranquila na pauta classificativa (actualmente na 6.ª posição, com boa “margem de segurança”).

Confirmações – Em Tomar, o União confirmou o favoritismo, ganhando por 2-0 ao Moçarriense, mas com o tento da tranquilidade a surgir somente nos derradeiros minutos. Depois de alguma ansiedade inicial, na busca rápida do primeiro golo, que só surgiria já com mais de meia hora de jogo, e na conversão de uma grande penalidade, os unionistas assentaram então o seu jogo, criando mais algumas ocasiões de perigo. No segundo tempo, repetir-se-ia, de alguma forma, o “filme”, com o golo da confirmação a demorar e, paralelamente, a turma da Moçarria a começar a acreditar e a provocar um ou outro susto, antes de Wemerson bisar.

Depois de dois sensacionais triunfos ante os dois primeiros, a U. Abrantina foi agora travada, em Torres Novas, perdendo por 2-0, com os torrejanos a fazer prevalecer o factor casa, o que lhes proporciona ascender ao 5.º posto, somente a dois pontos do ainda candidato U. Almeirim!

Por fim, o “renovado” Samora Correia averbou segunda vitória sucessiva, derrotando por 3-1 o At. Ouriense, que, ao invés, acumulou o quarto desaire sucessivo em outros tantos jogos da segunda volta, porventura abalado pelas circunstâncias em que se viu envolvido o seu treinador, ficando ameaçado pelo risco de queda na zona perigosa, possivelmente alargada, devido ao desempenho das equipas do Distrito no Nacional (é 9.º, dois pontos acima do 11.º classificado).

II Divisão Distrital – A Norte, o Tramagal empatou no terreno do Espinheirense (1-1), mantendo a liderança, com o Rio Maior, outra vez, a evidenciar-se, goleando o Aldeiense (4-1), agora a dois pontos do 1.º lugar. Surpreendente foi o desaire do Pego na Ortiga (2-3), sendo digna de nota a primeira vitória (2-1) do At. Pernes, frente ao Alferrarede.

A Sul, no “derby”, o Glória do Ribatejo, a atravessar fase menos assertiva, não foi além do empate (1-1) ante o Salvaterrense, enquanto o Benavente bateu o Marinhais (2-0), o que resultou num reagrupamento do pelotão da frente, com Glória, Marinhais, Benavente e U. Santarém (este, com um jogo a menos) separados, entre cada um deles, somente por um ponto.

Campeonato de Portugal – Mais uma semana, mais sinais negativos da parte dos clubes do Distrito, apenas com o Fátima a conseguir dar continuidade aos bons resultados, tendo indo empatar (1-1) ao terreno do 2.º classificado, Vilafranquense, o que, contudo, não invalida que se mantenha em posição delicada, no 9.º posto, mas em igualdade pontual com o 10.º, Sintrense, e com o 11.º, Pêro Pinheiro (primeira equipa abaixo da “linha de água”).

Pior estão o Coruchense, derrotado (0-1) precisamente pelo Pêro Pinheiro, que baixou à 12.ª posição, a três pontos do trio que o precede; e, sobretudo, o Alcanenense, que, mesmo jogando no seu terreno, voltou a perder (1-2), ante o… Sintrense, de que tem já atraso de cinco pontos.

Antevisão – Na I Divisão, a próxima ronda poderá eventualmente constituir-se num ponto de inflexão no rumo do campeonato, dependendo dos desfechos dos desafios U. Almeirim-Mação, que, desta vez, pode mesmo ser a derradeira cartada dos almeirinenses, e Cartaxo-U. Tomar, um compromisso de elevado risco para os tomarenses (que, tal como o Mação, perderam ante este opositor em casa), mas que, em caso de vitória, poderá revelar-se altamente recompensador.

No escalão secundário, a Norte, destacam-se o U. Atalaiense-Tramagal e o Pego-Rio Maior; a Sul, com o comandante, Glória, a folgar, o realce vai para o embate U. Santarém-Benavente, entre dois candidatos à subida… e ao 1.º lugar, ficando na expectativa do Marinhais-Barrosense.

No Nacional, prosseguem as difíceis “agendas” dos clubes do Distrito, com o Fátima, depois de visitar o 2.º classificado, a receber o 3.º, Praiense, ainda em busca de uma eventual posição na fase final, de apuramento para a II Liga; e o Alcanenense a deslocar-se a Sacavém, para defrontar o Sacavenense, actualmente na 5.ª posição, grupo que visa garantir a tranquilidade. Quanto ao Coruchense, tendo a visita do “lanterna vermelha”, Guadalupe, já praticamente sentenciado, terá uma boa oportunidade de, regressando aos triunfos, voltar à “tona de água”.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 22 de Fevereiro de 2018)

Anúncios

Entry filed under: Tomar.

Liga Europa – Sorteio dos 1/8 de final O Pulsar do Campeonato – 18ª Jornada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Fevereiro 2018
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • RT @Bernardo_PL: “Começamos a perceber que as coisas estão mal quando um presidente todo-poderoso como Erdogan tem necessidade de antecipar… 1 hour ago
  • RT @simongerman600: Thomas Müller from Germany is the only active player among the top scoring footballers that is even remotely in reach o… 1 hour ago
  • O meu forte abraço, em especial, pela inabalável expressão dessa corajosa posição de incondicional defesa da instit… twitter.com/i/web/status/1… 1 hour ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: