Letónia – Portugal (Mundial 2018 – Qualif.)

9 Junho, 2017 at 9:37 pm Deixe um comentário

Letónia Letónia – Andris Vaņins, Vitālijs Maksimenko, Kaspars Gorkšs, Nikita Kolesovs, Vitālijs Jagodinskis, Aleksandrs Solovjovs, Oļegs Laizāns, Jevgenijs Kazacoks (72m – Edgars Vardanjans), Glebs Kļuškins (62m – Davis Indrans), Valērijs Šabala e Dāvis Ikaunieks (68m – Deniss Rakels)

Portugal Portugal – Rui Patrício, Cédric Soares (71m – Nélson Semedo), José Fonte, Bruno Alves, Raphaël Guerreiro, Gelson Martins (58m – Ricardo Quaresma), William Carvalho, João Moutinho, André Gomes, Cristiano Ronaldo e André Silva (79m – Nani)

0-1 – Cristiano Ronaldo – 41m
0-2 – Cristiano Ronaldo – 63m
0-3 – André Silva – 67m

Cartões amarelos – Glebs Kluskins (39m) e Oļegs Laizāns (76m); Gelson Martins (55m) e Ricardo Quaresma (90m)

Árbitro – Bobby Madden (Escócia)

A equipa portuguesa estava, à entrada para este jogo, perfeitamente consciente do que necessitava fazer – ganhar, imperiosamente -, assim como das dificuldades que poderia enfrentar.

A mentalidade ganhadora e a concentração defensiva terão sido factores-chave para que o conjunto luso tivesse superado uma fase inicial menos afirmativa do que se poderia esperar, com vários jogadores aparentemente alheados do jogo, sem conseguir construir jogadas de ataque consequentes.

Mas o grupo nunca de desuniu, nem denotou qualquer sinal de desconfiança, antes sabendo que, com o decorrer do tempo, o seu rendimento tenderia a subir.

Acabou por de alguma forma um lance fortuito a proporcionar a inauguração do marcador, já à beira do termo do primeiro tempo, momento que seria decisivo, uma vez que colocava em causa a estratégia da turma letã, apostada em manter o nulo na sua baliza, na expectativa que pudesse surgir um lance de contra-ataque a seu favor.

O central José Fonte, muito bem colocado, já em plena área contrária, conseguiu desferir um forte cabeceamento, obrigando o guardião da Letónia a defesa de recurso, surgindo, muito oportuno, Cristiano Ronaldo, na recarga, a não perdoar, no que, não obstante, era já a sua terceira tentativa de remate à baliza. O mais difícil estava alcançado.

Curiosamente, a Letónia até começaria por, de alguma forma, surpreender, na fase inicial da segunda metade, aparecendo mais espevitada em campo, a procurar o ensejo de alguma desatenção da defesa lusa, chegando mesmo a colocar à prova Rui Patrício, com intervenção notável, a defender um perigoso remate, na sequência de um livre.

Mas seria “sol de pouca dura” para a selecção da casa; já após uma boa entrada em jogo de Ricardo Quaresma, bastariam cerca de cinco minutos, para, apontando mais dois tentos, o desfecho do encontro ficar sentenciado, com destaque para o 12.º tento de Cristiano Ronaldo (outra de vez de cabeça, praticamente em cima da linha de baliza) – e quinto de André Silva – nos últimos cinco jogos de Portugal nesta fase de qualificação, em que somou outros tantos triunfos.

Até final, o ritmo e intensidade de jogo decairiam naturalmente, não obstante Cristiano Ronaldo ter ainda, por duas ou três ocasiões, procurado chegar ao “hat-trick”.

Sem ter feito uma exibição deslumbrante, a equipa de Portugal mostrou a sua coesão e forte competitividade, ganhando com inteira justiça, de forma categórica, mantendo a sua caminhada rumo à fase final, que, todavia, continua a pressupor vitórias nos quatro desafios que restam, que incluem, em particular, a deslocação à Hungria, e a recepção à Suíça.

Mas, neste grupo, nesta ronda, o grande acontecimento foi mesmo a fantástica vitória de Andorra na recepção à Hungria, com a selecção do principado pirenaico a conseguir alcançar tal proeza, em jogos de cariz oficial, pela primeira vez nos últimos 13 anos (o último triunfo anterior datava de 2004, frente à Macedónia, na fase de qualificação para o Mundial de 2006)!

GRUPO B        Jg   V   E   D     G    Pt
1º Suíça        6   6   -   -  12 - 3  18
2º Portugal     6   5   -   1  22 - 3  15
3º Hungria      6   2   1   3   8 - 7   7
4º I. Faroé     6   1   2   3   2 -10   5
5º Andorra      6   1   1   4   2 -13   4
6º Letónia      6   1   -   5   2 -12   3

6ª jornada

09.06.2017 – Andorra – Hungria – 1-0
09.06.2017 – I. Faroé – Suíça – 0-2
09.06.2017 – Letónia – Portugal – 0-3

5ª jornada

25.03.2017 – Andorra – I. Faroé – 0-0
25.03.2017 – Suíça – Letónia – 1-0
25.03.2017 – Portugal – Hungria – 3-0

4ª jornada

13.11.2016 – Hungria – Andorra – 4-0
13.11.2016 – Suíça – I. Faroé – 2-0
13.11.2016 – Portugal – Letónia – 4-1

3ª jornada

10.10.2016 – Andorra – Suíça – 1-2
10.10.2016 – I. Faroé – Portugal – 0-6
10.10.2016 – Letónia – Hungria – 0-2

2ª jornada

07.10.2016 – Hungria – Suíça – 2-3
07.10.2016 – Letónia – I. Faroé – 0-2
07.10.2016 – Portugal – Andorra – 6-0

1ª jornada

06.09.2016 – Andorra – Letónia – 0-1
06.09.2016 – I. Faroé – Hungria – 0-0
06.09.2016 – Suíça – Portugal – 2-0

Anúncios

Entry filed under: Desporto.

Liga dos Campeões – Final – Juventus – Real Madrid Portugal – México (Taça das Confederações – 1ª Jor.)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Junho 2017
S T Q Q S S D
« Maio   Jul »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: