O pulsar do campeonato – 6ª jornada

28 Abril, 2013 at 10:30 am Deixe um comentário

Templario - 25-04-2013

(“O Templário”, 25.04.2013)

À medida que o campeonato avança, agora em ritmo crescentemente acelerado, começando a aproximar-se do seu termo, começarão inevitavelmente também a definir-se posições, dado ser cada vez mais limitada a margem de manobra disponível para recuperação de atrasos.

Vem isto a propósito, nomeadamente, de mais uma difícil etapa vencida pelo Amiense, no seu prolongado esforço de recolagem aos primeiros, ao bater o Mação, por 2-0. Só que, com o (expectável) triunfo do Riachense sobre o Fazendense (2-0), e mantendo-se os quatro pontos de diferença entre 1.º e 4.º classificado, resta agora menos uma ronda para encurtar distâncias. Por outro lado, o desfecho da partida realizada em Amiais de Baixo provocou também a separação do duo Riachense-Mação, que, ao longo de tantas jornadas, comandou, a par, a competição.

Assim, a turma de Riachos conseguiu, para já, uma – tão escassa como importante – vantagem sobre os mais directos perseguidores: At. Ouriense (que venceu o Benavente por 3-0) e Mação estão agora a três pontos. Nada de definitivo ainda, mas, de qualquer forma, uma posição de algum privilégio, carecendo porém, necessariamente, de confirmação nos próximos jogos – e, como veremos mais adiante, haverá dois para disputar, no curto espaço de apenas três dias.

Passando para a série de disputa de manutenção, o União de Tomar – regressando finalmente a casa, depois de longo período de interdição do Estádio Municipal – cedeu o terceiro empate “caseiro” em quatro encontros, em partidas sempre bastante animadas e repletas de golos (2-2 com U. Abrantina, 3-3 com Pontével e, agora, 2-2 com o Coruchense), que contribuem activamente para fazer da formação unionista a mais goleadora desta segunda fase (11 golos marcados em seis jogos), mas, também, a equipa com mais… golos sofridos (10).

Desta vez, por coincidência ou não com tal regresso a Tomar, a marcha do marcador foi diversa da dos dois anteriores empates (em que a turma nabantina havia desperdiçado vantagens de dois golos): o Coruchense beneficiou, por duas vezes, da posição de vantagem no marcador, e seria já em inferioridade numérica, que, com grande brio e abnegação, o União acabaria por obter o tento que lhe permitiu fixar a igualdade final, garantindo um ponto que muito determinante se poderá vir a revelar nas contas finais (associado, paralelamente, à perda de dois pontos por parte da equipa de Coruche).

Numa ronda marcada pela primeira vitória da U. Abrantina, que traduz, de forma simétrica, a primeira derrota do Pontével (por clara margem, de 3-0), e por um desfecho também de alguma forma imprevisível, com a equipa da Glória do Ribatejo a ir vencer à Moçarria (1-0) – que vinha de um triunfo em Abrantes –, a pauta classificativa ficou bastante mais compacta, com tudo ainda em aberto para as rondas finais.

De facto, os quatro primeiros surgem agora separados, entre cada um, por dois pontos: o Pontével lidera ainda, com 24 pontos, seguido por U. Tomar (22), U. Abrantina (20) e Coruchense (18); mais abaixo, Moçarriense (13 pontos) e Glória do Ribatejo (12) ainda “não atiraram a toalha”.

Até porque vão chegando boas notícias de Alcanena: o Alcanenense voltou a ganhar, e ascendeu ao 2.º lugar na sua série do Nacional da III Divisão, encontrando-se portanto em posição de promoção ao futuro Campeonato Nacional de Seniores. Embora a vantagem sobre o 4.º classificado seja ainda muito escassa (apenas dois pontos – faltando ainda disputar seis jornadas). Num cenário optimista – de que, por prudência, será conveniente manter alguma “desconfiança” – poderão vir a ser apenas duas as equipas a despromover à II Divisão Distrital, o que justifica as esperanças que os dois últimos acalentam ainda (dado estarem a cinco e a seis pontos do conjunto de Coruche).

Conforme referido anteriormente, há duas rondas para disputar no intervalo de três dias (que nos deixarão a apenas outras duas jornadas do termo do campeonato)!…

Primeiro, no feriado de 25 de Abril, um escaldante Mação-At. Ouriense – equipas que mais directamente perseguem o Riachense –, ambas “proibidas” de perder mais pontos (na perspectiva de que a formação de Riachos possa trazer a vitória da deslocação a Benavente), e com o Amiense em mais uma “prova de esforço”, na visita a Fazendas de Almeirim.

Na série de manutenção, o União de Tomar visita a Glória do Ribatejo, onde já foi feliz esta época e em que necessita dar continuidade à série de cinco jogos de invencibilidade, para poder eventualmente aproveitar algo do confronto entre Coruchense e U. Abrantina, em que muito poderá estar em jogo e onde, necessariamente, pelo menos uma (porventura as duas) equipa(s) perderá pontos. No Pontével-Moçarriense, não me atrevo já, nesta fase, a indicar um favorito…

Depois, logo no Domingo, dia 28, Riachense-At. Ouriense, com os actuais dois primeiros classificados da série de apuramento de Campeão a medirem forças, com a tal vantagem da equipa de Riachos, que lhe permitirá até perspectivar como bom resultado um empate. Enquanto o Mação, em deslocação a Fazendas de Almeirim, só poderá pensar em vencer; podendo o Amiense ter algo a lucrar com esta jornada, caso cumpra a sua parte, de ganhar ao Benavente.

O União jogará, de novo, fora de casa, em Abrantes, onde pontuar poderá significar a garantia de cumprir o objectivo traçado; com o Moçarriense (recebendo o Coruchense) e o Glória (em visita a Pontével) a poderem ter aqui a última oportunidade de ter ainda uma palavra a dizer.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 25 de Abril de 2013)

Anúncios

Entry filed under: Tomar.

Liga Europa – 1/2 Finais (1ª mão) – Fenerbahçe – Benfica Liga dos Campeões – 1/2 Finais (2ª mão)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Abril 2013
S T Q Q S S D
« Mar   Maio »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: