Archive for 3 Dezembro, 2009

Blogosfera em 2009 (II)

Numa iniciativa inovadora em Portugal, Miguel Caetano propunha um novo modelo de negócio para o seu blogue “Remixtures”,  designado «freemium», baseado por um lado na disponibilização gratuita de conteúdos, mas defendendo que a criação de conteúdos de qualidade, personalizados, destinados especificamente a determinadas entidades, merece ser paga.

No dia 5 era lançado o “Delito de Opinião”, tendo por mote «Política – Cultura – Quotidiano», contando entre os seus autores nomes credenciados da blogosfera, nomeadamente (e à data da sua criação): Adolfo Mesquita Nunes, Ana Cláudia Vicente, Carlos Barbosa de Oliveira, J. M. Coutinho Ribeiro, José Gomes André, João Carvalho, Leonor Barros, Pedro Correia, Teresa Ribeiro e “Vieira do Mar”. Apostava «na reflexão e na análise dos mais diversos temas relacionados com a actualidade, sem receio de exprimir convicções claras e fortes, nem de confrontar opiniões numa sociedade onde se regista um défice permanente de debate».

Dava-se entretanto o regresso, após cerca de um ano de suspensão, do “Elevador da Bica”, de João Cândido da Silva e Vítor Matos, posteriormente reforçado com as entradas de Bruno Faria Lopes, Luís Miguel Afonso, Pedro Esteves e Adriano Nobre.

Em paralelo, e na sequência do final do “Atlântico”, eram anunciados, quase diariamente, novos reforços nos blogues “31 da Armada” (Ana Margarida Craveiro, Afonso Azevedo Neves, Bernardo Pires de Lima, Bruno Amaral, Francisco Proença de Carvalho, João Moreira Pinto, Nuno Gouveia, Nuno Maia e Vasco Campilho) e “Cachimbo de Magritte” (Bruno Vieira do Amaral, Maria João Marques, Nuno Gouveia – em acumulação com o anterior – e Paulo Tunhas).

A 11 de Janeiro chegava “Uma mulher ideal”, da «Noiva Feliz»…  Dois dias depois, o “Escudo” voltava a circular… mas por pouco tempo (tendo sido novamente suspenso em Maio).

Em contraponto a algum esgotamento que se parecia fazer notar na blogosfera – final do “Bloco de Notas”, de João Vasconcelos Costa, e do “Blog da Bola”, ou umas “férias” e renovação n’A Origem das Espécies – assistia-se a um autêntico «turbilhão no Twitter», com a Presidência da República a aderir ao sistema de micro-publicação a 20 de Janeiro, e sucessivas vagas de blogues e seus autores, jornalistas e deputados a acorrer a cada dia, para além de um nome que se viria a assumir de grande notoriedade no meio, o do humorista Nuno Markl.

3 Dezembro, 2009 at 8:45 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Dezembro 2009
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.