Archive for 21 Maio, 2008

Manchester United Campeão Europeu

Num jogo pleno de intensidade, altamente competitivo, o Manchester United acaba de sagrar-se Campeão da Europa de clubes pela terceira vez no seu historial.

Entre duas equipas com um perfeito conhecimento mútuo, o Manchester United entrou melhor no jogo, assumindo o controlo e uma toada ofensiva, que seria coroada com o primeiro golo, ainda antes da meia hora, na sequência de uma excelente jogada de envolvência, com um magnífico trabalho de Paul Scholes, a cruzar para o poste mais longe, onde surgiu, nas costas da defesa, um desmarcado Cristiano Ronaldo, a impulsionar a bola com um soberbo golpe de cabeça, desviando-a do alcance de Petr Cech.

E, poucos minutos volvidos, a equipa de Ronaldo poderia ter mesmo ampliado o marcador, com uma sequência de dois remates de grande perigo no mesmo lance, com Cech a fazer uma defesa impossível à recarga.

Só que, com alguma felicidade – que lhe faltaria na segunda parte e, novamente no prolongamento, quando, por duas vezes, a bola embateu nos ferros da baliza -, ao findar a primeira parte, aproveitando um ressalto num defesa do Manchester, o Chelsea conseguiria, por intermédio de Lampard, igualar a partida.

À medida que o segundo tempo ia decorrendo, o Chelsea parecia mais forte fisicamente, começando gradualmente a impor o seu ritmo e o seu jogo. Não obstante, o marcador não sofreria alteração, sendo as equipas forçadas ao prolongamento.

No qual o Chelsea começaria por enviar uma bola ao ferro, para, à passagem dos 100 minutos, John Terry salvar o golo adversário, num espectacular corte de cabeça, na sequência de um rápido contra-ataque do Manchester, culminado com um remate de Giggs… com a equipa do norte de Inglaterra parecendo querer reincidir nessa toada, chegando novamente com perigo à baliza dois minutos depois, desta feita com uma intervenção segura de Cech.

Com 120 minutos jogados em “alta rotação”, os jogadores de ambas as equipas começavam a denotar sinais de esgotamento, indiciando falta de discernimento para conseguir elaborar jogadas que permitissem chegar ao golo da vitória… de que seria cabal exemplo o desentendimento que ditaria a expulsão de Drogba a cerca de 4 minutos do final do prolongamento. O desempate por via de pontapés da marca da grande penalidade revelar-se-ia uma inevitabilidade.

E o dilema recorrente: uma Final assim não merecia ser decidida desta forma algo aleatória vs. nenhuma das equipas merecia sair derrotada… (seria muito duro ver a tristeza e o rito de desilusão na face do capitão John Terry, com uma falha que não deixará de lhe marcar a carreira, tornando “inútil” – fazendo esquecer? – a intervenção “miraculosa” que tivera anteriormente).

Uma Final emocionante, de alta tensão, definida da seguinte forma:

1-0 – Tévez
1-1 – Ballack
2-1 – Carrick
2-2 – Belletti
– Cristiano Ronaldo fez a paradinha, Cech não se deixou enganar… e defendeu o remate fraco (sem balanço)
2-3 – Lampard
3-3 – Hargreaves
3-4 – Ashley Cole
4-4 – Nani
– John Terry escorrega no momento do remate, perdendo apoio, com a bola a sair ligeiramente ao lado da baliza, deixando o Chelsea a centímetros do título de Campeão Europeu
5-4 – Anderson
5-5 – Kalou
6-5 – Giggs
– Anelka permite a defesa a van der Sar… o Manchester United é Campeão!

Quanto à participação dos portugueses, jogaram de início apenas Cristiano Ronaldo e Ricardo Carvalho. Entrando bem na partida – à semelhança da sua equipa – Cristiano Ronaldo teria o auge no lance do golo, para, na parte complementar do jogo, ir perdendo fulgor, acabando em plano relativamente discreto… não fora a falha no pontapé da marca de grande penalidade. Ricardo Carvalho teria uma intervenção mais arrojada sobre Cristiano Ronaldo (que o poderia ter lesionado…), sendo mesmo admoestado com o cartão amarelo. Nani apenas entraria em campo perto da hora de jogo, procurando dinamizar o ataque do Manchester, mas a equipa apresentava já bastante fadiga.

Pode consultar o palmarés completo (Finalistas e semi-finalistas da Taça dos Campeões Europeus / Liga dos Campeões) aqui.

21 Maio, 2008 at 10:33 pm Deixe um comentário

EXPO’98 – Memórias (XXI)

Diário da Expo

21 Maio, 2008 at 6:45 pm Deixe um comentário

Web 2.0 e as Directas do PSD

Um interessante artigo no Público, por Paulo Querido, analisando a presença na Internet dos candidatos à Presidência do PSD.

21 Maio, 2008 at 5:25 pm Deixe um comentário

EURO 2008

Na contagem decrescente, faltam apenas 17 dias para o início do EURO 2008…

Em que a Grécia, sagrada Campeã da Europa em Portugal em 2004, procura defender o seu título, para já com o melhor desempenho de todas as selecções participantes na fase de qualificação.

Com Portugal integrado num grupo de elevado grau de dificuldade, em que terá de enfrentar um dos países organizadores (Suíça), uma das mais cotadas selecções do futebol continental (R. Checa) e uma “potência emergente”, a Turquia.

Num blogue (Euro 2008) que criei especialmente para o efeito, poderá ir acompanhando a presente edição da prova, assim como consultar o historial da competição (com todos os resultados, classificações, jogadores campeões e melhores marcadores), o palmarés dos Campeonatos da Europa de Futebol… e, ainda, revisitar em detalhe o EURO 2004.

21 Maio, 2008 at 3:00 pm Deixe um comentário

EXPO’98 – Jornal da Tarde 27.09.1998

21 Maio, 2008 at 1:35 pm Deixe um comentário

EXPO’98 (XXI)

DIA TIPO NA EXPO’98 (cont.)

19h30 – Peregrinação – É o espectáculo-percurso que circula pelo Recinto. Numa homenagem à noite que se avizinha, mais de uma centena de artistas desfilam com as suas «máquinas de peregrinar» e lançam às águas do rio Tejo sonhos do final de milénio.

20h00 – Encerramento dos Pavilhões – Início do período nocturno da EXPO. Os visitantes repartem-se entre as zonas de restauração, de lazer e os vários palcos instalados junto das esplanadas. A trepidação da noite vai tomando conta dos milhares de visitantes enquanto que na zona afecta à EXPO-Dia começam os trabalhos de limpeza e de manutenção.

20h30 – Apresentação de Espectáculos – Início de espectáculos em todos os espaços cénicos do Recinto. Esta programação dá prioridade às iniciativas de celebração dos dias nacionais e de honra e é completada por espectáculos propostos pela EXPO’98.

23h45 – Acqua Matrix – É o evento multimédia nocturno. A actividade é suspensa em todos os palcos do Recinto para permitir a concentração dos visitantes em torno da Doca dos Olivais. Momentos de expectativa antecedem os cerca de 15 minutos de um espectáculo que à meia-noite saúda o dia seguinte.

24h00 – Noite dentro – Para os amantes da noite, a música volta aos palcos. O fado, o jazz, os ritmos africanos e latinos ecoam novamente pela EXPO’98. A norte do Recinto, o tempo de dança anima a Praça Sony.

02h30 – Final dos espectáculos.

03h00… Até amanhã – O Recinto encerra as suas portas.

Recomeço – Começam os trabalhos de desmontagem dos espectáculos que terminam e de montagem dos que terão lugar no dia seguinte.”

In “Guia Oficial – EXPO’98”, pp. 50 e 51

21 Maio, 2008 at 12:30 pm Deixe um comentário

Vitórias de Barack Obama no Oregon e de Hillary Clinton no Kentucky

A corrida à nomeação como candidato Democrata às eleições presidenciais nos EUA está já na sua recta final.

Ontem, sem surpresas, Barack Obama venceu no Oregon (com uma notória vantagem, de 58 % a 42 %), ao mesmo tempo que Hillary Clinton confirmava a sua supremacia no Kentucky (65 % / 30 %).

Com base nos resultados provisórios já disponíveis, Obama soma mais 31 delegados eleitos no Oregon, face a 21 de Hillary Clinton. No Kentucky, a candidata terá obtido 37 delegados, contra apenas 14 de Obama.

Não obstante Barack Obama ter garantido ontem a maioria dos delegados eleitos (somando agora 1 659,5 – num universo total de 3 253), Hillary Clinton (contando apenas 1 499,5 eleitos) reafirmou – aproveitando mais uma vitória – a sua intenção de não abdicar, mantendo-se a disputa até final do processo das Primárias, o qual será concluído nos próximos dias 1 e 3 de Junho.

Remanescem apenas 86 delegados a eleger, no Estado associado de Porto Rico (55 delegados em disputa, a 1 de Junho) e em Montana e South Dakota (ambos com votações a 3 de Junho, para eleição, respectivamente, de 16 e 15 delegados).

De que estará à espera Hillary Clinton? Provavelmente, e para além de uma questão de honra e orgulho pessoal – a de “ir até ao fim” -, aguarda (ainda) apenas a decisão final sobre a representação (ou não) dos Estados da Florida e Michigan na Convenção de Denver…

21 Maio, 2008 at 8:58 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Maio 2008
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.