Archive for 16 Maio, 2008

EXPO’98 – Memórias (XVI)

Passaporte EXPO

16 Maio, 2008 at 6:40 pm Deixe um comentário

História do Twitter

A “história” do Twitter é objecto de artigo na Business Week, desde o seu surgimento há cerca de 14 meses, com um slideshow, realçando o seu crescimento exponencial.

(via O Lago)

O jornal espanhol “Marca” deu início também a um twitter de acompanhamento do EURO 2008 em Futebol, que se inicia daqui a 3 semanas.

16 Maio, 2008 at 5:50 pm Deixe um comentário

EXPO’98 – Debate sobre os custos e financiamento – 02.11.1993 (VIII)

16 Maio, 2008 at 1:57 pm Deixe um comentário

Hoje há conquilhas, Amanhã não sabemos

A partir de agora também nos blogues do Sapo, um renovado (com um excelente grafismo) Hoje há conquilhas, Amanhã não sabemos, de Tomás Vasques.

16 Maio, 2008 at 9:43 am Deixe um comentário

EXPO’98 (XVI)

A EXPO’98 foi também palco de quatro exposições de “carácter permanente”, promovidas por empresas e instituições:

  • As Conchas e o Homem – A Shell Portuguesa foi a promotora desta exposição dedicada ao tema das conchas (seu logotipo tradicional) – originárias, na sua maioria, do Departamento de Malacologia do Centro Português de Actividades Subaquáticas –, visando apresentar aspectos mais relevantes dos moluscos e da sua relação com o homem, desde fonte de inspiração artística a moeda de troca, a qual esteve patente no Edifício de Apoio da Área Internacional Norte.

  • Caminhos da Porcelana – Exposição promovida pela Fundação Oriente, apresentando porcelanas chinesas do século XVI ao XX, ilustrando a sua viagem até aos salões nobres das cortes da Europa.

  • Mundo Coca-Cola – Exposição patente no Edifício de apoio da Área Internacional Norte, compreendia cerca de 40 esculturas, entre 1 e 3 metros de altura, inspiradas na forma característica das garrafas de Coca-Cola, criadas por artistas de vários países; a escultura que representava Portugal inspirava-se nos azulejos tradicionais, reunindo 450 motivos diferentes.

  • Leonardo Da Vinci – La Dinamica Dell’ Acqua – Com o patrocínio da Microsoft, a EXPO’98 mostrou aos seus visitantes o Códice de Leicester, livro de apontamentos de Leonardo da Vinci, que terá sido escrito entre 1506 e 1510, com estudos sobre a água, a luz e a gravidade, obra adquirida por Bill Gates em 1994.

Referências bibliográficas
– “Guia Oficial da EXPO’98”
http://www.parquedasnacoes.pt/pt/expo98/default.asp
http://pt.wikipedia.org/wiki/Expo_98
http://www.civilium.net/infocil/expo98.shtml
http://www.bie-paris.org/

16 Maio, 2008 at 8:11 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Maio 2008
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.