Archive for 6 Novembro, 2007

Liga dos Campeões – 4ª Jornada

GRUPO A           Jg  V  E  D   G   Pt
1 FC Porto         4  2  2  -  5-3   8
2 Marseille        4  2  1  1  5-3   7
3 Liverpool        4  1  1  2 10-4   4
4 Besiktas         4  1  -  3  2-12  3

Marseille-Besiktas____________ 2-0 / ___
FC Porto-Liverpool____________ 1-1 / ___
Liverpool-Marseille___________ 0-1 / ___
Besiktas-FC Porto_____________ 0-1 / ___
Besiktas-Liverpool____________ 2-1 / 0-8
Marseille-FC Porto____________ 1-1 / 1-2

GRUPO D           Jg  V  E  D   G   Pt
1 AC Milan         4  3  -  1 10-4   9
2 Celtic           4  2  -  2  3-4   6
3 Shakthar         4  2  -  2  4-7   6
4 Benfica          4  1  -  3  2-4   3

AC Milan-Benfica______________ 2-1 / ___
Shakthar-Celtic_______________ 2-0 / ___
Celtic-AC Milan_______________ 2-1 / ___
Benfica-Shakthar______________ 0-1 / ___
Benfica-Celtic________________ 1-0 / 0-1
AC Milan-Shakthar_____________ 4-1 / 3-0

GRUPO F           Jg  V  E  D   G   Pt
1 M.United         3  3  -  -  6-2   9
2 Roma             3  2  -  1  4-2   6
3 Sporting         3  1  -  2  3-4   3
4 D. Kiev          3  -  -  3  3-8   -

Roma-D. Kiev__________________ 2-0 / ___
Sporting-M. United____________ 0-1 / ___
M. United-Roma________________ 1-0 / ___
D. Kiev-Sporting______________ 1-2 / ___
D. Kiev-M. United_____________ 2-4 / ___
Roma-Sporting_________________ 2-1 / ___

O Benfica, parecendo revelar alguma tranquilidade logo desde o início da partida, beneficiando da ausência de pressão do Celtic, ameaçaria a baliza escocesa logo aos 5 minutos, numa boa execução de Cardozo, a que o guarda-redes deu boa resposta.

Apenas aos 9 minutos, o Celtic chegaria com perigo à baliza benfiquista, com um cabeceamento ligeiramente ao lado. Para, dois minutos decorridos, Cardozo dispor de nova oportunidade; contudo, apanhando a bola a meia-altura, o remate sairia algo alto, ainda com Boruc a desviar.

Com o jogo a começar a animar, aos 16 minutos, seria Brown a obrigar Quim a uma excelente intervenção, numa defesa de um potente e colocado remate. Até aos 20 minutos, ainda mais três lances de perigo: dois para o Celtic, entremeados por um a favor do Benfica. E ainda, aos 22 minutos, com o Benfica a recuar, o Celtic, agora intensificando a pressão, criava nova ocasião de perigo, obrigando a nova defesa de Quim.

No quarto de hora final do primeiro tempo o ritmo de jogo cairia naturalmente; porém, aos 45 minutos, num remate feliz de McGeady (com a bola a tabelar em Luisão, traindo Quim), o Celtic chegaria finalmente ao golo.

Na segunda metade da partida, com o jogo mais confuso, o Benfica raramente denotou capacidade para organizar o ataque, faltando-lhe a velocidade necessária para criar perigo; as substituições operadas por Camacho não trariam nada de novo à equipa.

As melhores oportunidades surgiriam ainda para a equipa escocesa, nomeadamente à passagem dos 70 minutos, por duas vezes e, de novo, aos 90 minutos, assim acabando por justificar a vitória.

Benfica – Quim, Luís Filipe, Luisão, Edcarlos, Léo, Katsouranis, Binya, Maxi Pereira (61m – Di Maria), Rui Costa (77m – Bergessio), Cristian Rodriguez e Cardozo (77m – Nuno Gomes)

Celtic – Boruc, G. Caldwell, Kennedy, McManus, Naylor, Hartley, McGeady, S. Brown (89m – Sno), Jarosik (66m – Donati), Jan Vennegoor Hesselink (66m – Killen) e McDonald

1-0 – McGeady – 45m

Cartões amarelos – Maxi Pereira (42m)

Cartão vermelho – Binya (85m)

Árbitro – Martin Hansson (Suécia)


O FC Porto – com um excelente golo de Tarik Sektioui, na sequência de uma magnífica iniciativa individual, complementado por outro de Lisandro López – obteve uma importante vitória, que lhe permitiu ascender à liderança do seu grupo de apuramento, podendo garantir a qualificação na próxima jornada, recebendo a equipa turca do Besiktas, hoje vítima da maior goleada da história da Liga dos Campeões, derrotada em Liverpool por 8-0.

6 Novembro, 2007 at 9:37 pm Deixe um comentário

Revista História – Edição especial

A revista História acaba de lançar um número especial a propósito da “Revolução Soviética”, contendo 100 páginas, pelo preço de 5 euros.

A publicação regular da História encontra-se actualmente suspensa, em fase de reestruturação, prevendo-se que possa voltar às bancas em 2008.

6 Novembro, 2007 at 11:52 am Deixe um comentário

oGattopardo.net

A partir de agora o Gattopardo (novo blogue de Pedro Lomba e Pedro Mexia) pode ser encontrado em http://ogattopardo.net, integrando a rede TubarãoEsquilo.

6 Novembro, 2007 at 11:45 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Novembro 2007
S T Q Q S S D
« Out   Dez »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.