Archive for 8 Dezembro, 2021

Liga dos Campeões – 6ª Jornada – Resultados e Classificações

Grupo A
Paris Saint-Germain – Brugge – 4-1
RB Leipzig – Manchester City – 2-1

1º Manchester City, 12; 2º Paris Saint-Germain, 11; 3º RB Leipzig, 7; 4º Brugge, 4

Grupo B
FC Porto – Atlético Madrid – 1-3
AC Milan – Liverpool – 1-2

1º Liverpool, 18; 2º Atlético Madrid, 7; 3º FC Porto, 5; 3º AC Milan, 4

Grupo C
Ajax – Sporting – 4-2
Borussia Dortmund – Beşiktaş – 5-0

1º Ajax, 18; 2º Sporting, 9; 3º Borussia Dortmund, 9; 4º Beşiktaş, 0

Grupo D
Shakhtar Donetsk – Sheriff Tiraspol – 1-1
Real Madrid – Inter – 2-0

1º Real Madrid, 15; 2º Inter, 10; 3º Sheriff Tiraspol, 7; 4º Shakhtar Donetsk, 2

Grupo E
Benfica – Dynamo Kyiv – 2-0
Bayern München – Barcelona – 3-0

1º Bayern München, 18; 2º Benfica, 8; 3º Barcelona, 7; 4º Dynamo Kyiv, 1

Grupo F
Manchester United – Young Boys – 1-1
Atalanta – Villarreal – 2-3 (09.12.2021)

1º Manchester United, 11; 2º Villarreal, 10; 3º Atalanta, 6; 4º Young Boys, 5

Grupo G
Salzburg – Sevilla – 1-0
Wolfsburg – Lille – 1-3

1º Lille, 11; 2º Salzburg, 10; 3º Sevilla, 6; 4º Wolfsburg, 5

Grupo H
Zenit – Chelsea – 3-3
Juventus – Malmö – 1-0

1º Juventus, 15; 2º Chelsea, 13; 3º Zenit, 5; 4º Malmö, 1

Garantiram o apuramento para os 1/8 de final da Liga dos Campeões as seguintes equipas: Manchester City, Paris Saint-Germain, Liverpool, At. Madrid, Ajax, Sporting – que se qualifica apenas pela 2.ª vez (em nove participações), depois da época de 2008-09 –, Real Madrid, Inter, Bayern München, Benfica, Manchester United, Villarreal, Lille, Salzburg, Juventus e Chelsea.

Salientam-se os contingentes de Inglaterra (4 clubes), Espanha (3), Itália, França e Portugal (2 cada). Pela negativa, a surpresa de a Alemanha apenas manter em prova um único representante (o mesmo registo que a Áustria e os Países Baixos).

Por seu lado, RB Leipzig, FC Porto, Borussia Dortmund, Sheriff Tiraspol, Barcelona, Atalanta, Sevilla e Zenit transitam para a Liga Europa, onde disputarão o “play-off” intercalar com um dos 2.º classificados da fase de grupos dessa competição.

8 Dezembro, 2021 at 10:56 pm Deixe um comentário

Liga dos Campeões – 6ª Jornada – Benfica – D. Kyiv

BenficaBenfica – Odysseas Vlachodimos, André Almeida, Nicolás Otamendi, Jan Vertonghen, Gilberto Moraes (73m – Valentino Lazaro), Luís Fernandes “Pizzi” (59m – Everton Soares), Julian Weigl, João Mário (73m – Adel Taarabt), Alejandro “Álex” Grimaldo, Rafael “Rafa” Silva (82m – Paulo Bernardo) e Roman Yaremchuk (82m – Darwin Núñez)

D. Kyiv – Heorhiy Bushchan, Oleksandr Tymchyk, Illia Zabarnyi, Oleksandr Syrota, Vitaliy Mykolenko, Mykola Shaparenko, Serhiy Sydorchuk (86m – Oleksandr Andriyevskyi), Vitaliy Buyalskiy, Viktor Tsyhankov (79m – Oleksandr Karavaev), Benjamin Verbič (64m – Carlos de Peña) e Denys Harmash (79m – Eric Ramírez)

1-0 – Roman Yaremchuk – 16m
2-0 – Gilberto Moraes – 22m

Cartões amarelos – Gilberto Moraes (24m); Serhiy Sydorchuk (29m), Benjamin Verbič (36m) e Viktor Tsyhankov (44m)

Árbitro – Deniz Aytekin (Alemanha)

O Benfica não dependia de si próprio para garantir o apuramento para os 1/8 de final da Liga dos Campeões, mas teria, em primeira instância, de fazer a sua parte, esperando que, em Munique, não acontecesse surpresa.

Com os adeptos cada vez mais de “costas voltadas” face ao treinador, na ressaca de uma incontestada derrota com o Sporting, a verdade é que as coisas começaram a correr bem logo de início – apesar de ter sido desperdiçada a primeira grande oportunidade, logo a abrir -, com o primeiro golo, à passagem do quarto de hora (marcado pelo ucraniano Yaremchuk, formado no… D. Kiev), num lance de transição rápida, a conferir ânimo e alguma tranquilidade.

E, se tinham começado bem, melhor ficariam passados pouco mais de cinco minutos, com o segundo tento, pelo improvável Gilberto, a aproveitar uma oferta de Verbič. Em paralelo, as notícias que iam chegando de Munique eram de molde a reforçar a confiança no apuramento: o Bayern abrira o activo pouco depois da meia hora de jogo, para chegar ao intervalo já em vantagem por 2-0. Só uma hecatombre (uns absolutamente impensáveis três golos do Barcelona, sem resposta, em Munique, ou dois golos do D. Kiev na Luz) afastaria o Benfica da fase seguinte da competição.

E, porém, uma incompreensivelmente amorfa equipa do Benfica poderia ter deitado tudo a perder na segunda parte. O apuramento para a fase de grupos já ficara muito a crédito de Vlachodimos, com intervenções providenciais nos dois jogos com o PSV, muito em especial em Eindhoven, e foi ao guardião greco-alemão que o Benfica ficou a dever também – a par do miraculoso desperdício (de baliza escancarada) protagonizado por Tsyhankov – a qualificação para a fase a eliminar da “Champions”.

Sem nada a perder, a turma ucraniana, aproveitando a inexplicável tremideira adversária, assenhoreou-se do jogo, beneficiando do facto de o Benfica não conseguir ter bola, nem sequer pressionar. Adivinhava-se a possibilidade, a qualquer instante, de um golo do D. Kiev, que, a ter acontecido, exponenciaria os níveis de ansiedade… e de dúvida.

As substituições operadas por Jesus – mesmo que tardias e sem reverter a tendência geral do desempenho das duas formações no decurso da segunda parte – acabaram, pelo menos, por proporcionar algum refrescar da equipa portuguesa em termos físicos, evitando o que poderia ter sido o “assalto final” à baliza de Vlachodimos.

Foi com desnecessário sofrimento que o Benfica confirmaria o almejado apuramento para a fase a eliminar – afastando, como não se eximiu de sublinhar o seu treinador, o “colosso” (todavia a atravessar severa crise), Barcelona (o qual não era eliminado na fase de grupos da competição desde 2001) –, o que, na “era Champions”, o emblema português consegue apenas pela 6.ª vez (depois das épocas de 1994-95, 2005-06, 2011-12, 2015-16 e 2016-17).

8 Dezembro, 2021 at 10:55 pm Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Dezembro 2021
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.