O Pulsar do Campeonato – 13ª Jornada

15 Dezembro, 2019 at 11:00 am Deixe um comentário

O pulsar do campeonato - 2019-20 - 13jornada

(“O Templário”, 12.12.2019)

Tendo os actuais cinco primeiros classificados vencido os respectivos desafios – acentuando ainda mais o fosso que os separa de praticamente todos os restantes concorrentes (à excepção de Cartaxo e Mação) –, precisamente, a derrota sofrida pelo Cartaxo em Tomar resulta no irremediável afastamento do lugar de topo da tabela de um clube que, à partida, se assumia como um dos principais candidatos ao título, isto numa ronda em que o Mação esteve em particular evidência, igualando a maior goleada do campeonato (8-1).

Destaques – O primeiro destaque da 13.ª jornada vai, uma vez mais, para o U. Tomar, que prossegue o seu notável percurso nesta temporada, tendo somado a 11.ª vitória (oitava sucessiva perante os clubes posicionados atrás de si), impondo-se, desta feita por tangencial 1-0, a uma valorosa equipa do Cartaxo, que jogava a sua derradeira “cartada” em ordem a poder manter ainda algumas aspirações.

Após uma primeira metade repartida, no recomeço da partida os unionistas surgiriam determinados a ir em busca dos três pontos, tendo porfiado na iniciativa atacante, mas, perante uma forte oposição, apenas ao cair do pano, e na conversão de uma grande penalidade, conseguiriam chegar ao tão almejado golo que lhes viria a proporcionar ter êxito nos seus intentos.

Foi o 23.º tento apontado pelo jovem Tiago Vieira ao serviço do clube – mantendo a liderança dos melhores marcadores do campeonato na presente temporada, somando já dez golos –, igualando assim o registo de nomes históricos, como Totói ou Tito – por curiosidade, ambos protagonistas em homenagem a este último (grande figura do futebol português, tendo-se notabilizado especialmente com a camisola do V. Guimarães), promovida pelos veteranos do União no passado fim-de-semana, num encontro com as “velhas guardas” do Vitória.

Uma equipa do Mação que se mostra agora bem mais consolidada – pese embora já sem possibilidades de almejar a reconquista do título – goleou o Ferreira do Zêzere por 8-1, uma marca improvável, que terá resultado de um “dia não” dos ferreirenses, em conjugação com um bom aproveitamento das oportunidades de golo por parte dos maçaenses.

Também o Coruchense segue a bom ritmo, averbando o seu quinto triunfo consecutivo, tendo ido ganhar a Rio Maior – agora a atravessar fase negativa – por categórico “placard” de 4-1, continuando, desta forma, a pressionar os dois da frente da pauta classificativa, reiterando as suas pretensões, fazendo notar de forma bem clara que não abdicou ainda de poder chegar mais acima.

Quem continua a merecer igualmente nota de particular realce é o Fazendense, a realizar excelente campanha, isolando-se no 5.º posto, afinal, apenas quatro pontos abaixo do emblema do Sorraia. Desta vez, actuando no seu reduto, impôs um convincente 3-0 ao Torres Novas.

Surpresa – Não se pode considerar que tenha sido uma grande surpresa – atendendo inclusivamente ao desempenho que tem tido, esta época, extra-muros –, mas não seria o desfecho mais previsível, a vitória averbada pelo Amiense em Samora Correia (1-0), a conseguir assim rectificar as perdas pontuais sofridas em casa, igualando o Torres Novas na 8.ª posição, ambos com o dobro dos pontos (16 face a 8) em relação à “linha de água”.

Confirmações – Nos restantes desafios, U. Almeirim e Abrantes e Benfica confirmaram o favoritismo que lhes era creditado, enfrentando os dois clubes que repartem agora a condição de “lanterna vermelha”, tendo vencido ambos por 2-0, respectivamente no Pego (no que constitui já a 13.ª vitória consecutiva dos almeirinenses, já a ameaçar o registo de 16 triunfos sucessivos do Fátima, obtido nas 16 últimas jornadas da época de 2015-16) e na recepção ao Riachense.

Quanto ao Moçarriense, defrontando um adversário directo na luta pela manutenção, não desperdiçou a oportunidade de estancar a negativa série de seis desaires, ganhando à formação da Glória do Ribatejo, mercê de um solitário tento, o suficiente para dar um pequeno pulo na pauta classificativa, superando aqueles dois concorrentes e igualando o Rio Maior no 13.º lugar.

II Divisão Distrital – A Norte, numa “cimeira de líderes”, o Alcanenense fez valer a sua posição de comandante, e a condição de visitante, batendo o Tramagal por 3-1, voltando a destacar-se. Por seu lado, o Entroncamento, ganhando em Tomar, à equipa “B” do União, por 4-2, fez uma boa operação no sentido de poder vir a ser, no final, um dos três clubes apurados para a fase final.

A Sul, o Pontével, ganhando por 1-0 ao Porto Alto, aproveitou a “folga” do Marinhais para se isolar na liderança, sendo de notar também o triunfo do Benavente (3-0) no Espinheiro.

Campeonato de Portugal – Fátima e U. Santarém voltaram a ter uma semana positiva, conquistando pontos em terreno alheio: os fatimenses, tendo ido ganhar a Anadia por 2-0, repartem agora a 3.ª posição com o Sertanense, continuando a dois pontos do Beira-Mar (2.º); os escalabitanos registaram um nulo na Marinha Grande, ante o Marinhense, mantendo o 12.º posto.

Antevisão – Na próxima jornada do escalão principal do futebol distrital – última do ano de 2019 – o jogo grande será o que opõe o 3.º e 2.º classificados, com o Coruchense a receber o U. Tomar, num embate de desfecho imprevisível, em que nenhuma das equipas poderá perder, sob pena de ver afastar-se definitivamente o líder, U. Almeirim, o qual beneficia de total favoritismo na partida que disputará, recebendo a visita do Moçarriense. Outras partidas de interesse serão, nomeadamente, o Amiense-Mação e o Riachense-Fazendense.

Na II Divisão, salientam-se os seguintes encontros: U. Atalaiense-Alcanenense, Ortiga-U. Tomar “B”, Goleganense-Forense e, em especial, o Marinhais-Pontével, que coloca frente-a-frente os dois primeiros classificados da “Série B”.

No Campeonato de Portugal, está também agendado um aliciante confronto entre Fátima e o histórico Beira-Mar, com os fatimenses, em caso de vitória, a poder “catapultar-se” para os lugares de acesso ao “play-off” de apuramento de Campeão. Por seu lado, o U. Santarém, jogando também em casa, recebe o Oleiros, um adversário difícil, que ocupa muito meritório 5.º lugar.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 12 de Dezembro de 2019)

Entry filed under: Tomar.

Tiago Rodrigues – “Prémio Pessoa” 2019 Liga dos Campeões – Sorteio dos 1/8 de Final

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Dezembro 2019
S T Q Q S S D
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: