Archive for 1 Dezembro, 2019

Campeonato do Mundo de Fórmula 1 – 2019

Completou-se hoje a edição de 2019 do Campeonato do Mundo de Fórmula 1, com o britânico Lewis Hamilton a sagrar-se Campeão do Mundo pela sexta vez, depois dos títulos conquistados em 2008, 2014, 2015, 2017 e 2018 – superando assim o palmarés do mítico Juan Manuel Fangio, aproximando-se do “record” de Michael Schumacher (7 títulos).

Ao longo desta temporada, o campeão venceu 11 Grandes Prémios (repetindo o registo do ano passado) – passando a totalizar 84 triunfos, marca também apenas ultrapassada por Schumacher (91 vitórias) -, face a 4 triunfos de Valtteri Bottas, 3 de Max Verstappen, 2 de Charles Leclerc e 1 de Sebastian Vettel.

Classificação Final do Mundial de Pilotos:

1º Lewis Hamilton (Grã-Bretanha) – Mercedes – 413
2º Valtteri Bottas (Finlândia) – Mercedes – 326
Max Verstappen (Holanda) – Red Bull Racing-Honda – 278
4º Charles Leclerc (Mónaco) – Ferrari – 264
5º Sebastian Vettel (Alemanha) – Ferrari – 240
6º Carlos Sainz (Espanha) – McLaren-Renault – 96
7º Pierre Gasly (França) – Scuderia Toro Rosso-Honda – 95
8º Alexander Albon (Tailândia) – Red Bull Racing-Honda – 92
9º Daniel Ricciardo (Austrália) – Renault – 54
10º Sergio Perez (México) – Racing Point-BWT Mercedes  – 52
11º Lando Norris (Grã-Bretanha) – McLaren-Renault – 49
12º Kimi Räikkönen (Finlândia) – Alfa Romeo Racing-Ferrari – 43
13º Daniil Kvyat (Rússia) – Scuderia Toro Rosso-Honda – 37
14º Nico Hulkenberg (Alemanha) – Renault – 37
15º Lance Stroll (Canadá) – Racing Point-BWT Mercedes  – 21
16º Kevin Magnussen (Dinamarca) – Haas-Ferrari – 20
17º Antonio Giovinazzi (Itália) – Alfa Romeo Racing-Ferrari – 14
18º Romain Grosjean (França) – Haas-Ferrari – 8
19º Robert Kubica (Polónia) – Williams-Mercedes – 1

Classificação do Mundial de Construtores:

1º Mercedes – 739
2º Ferrari – 504
3º Red Bull Racing-Honda – 417
4º McLaren-Renault – 145
5º Renault – 91
6º Scuderia Toro Rosso-Honda – 85
7º Racing Point-BWT Mercedes – 73
8º Alfa Romeo Racing-Ferrari – 57
9º Haas-Ferrari – 28
10º Williams-Mercedes – 1

Nota – Os pontos averbados por Pierre Gasly (63) nos doze primeiros Grandes Prémios da temporada (incluindo 2 “voltas mais rápidas”), foram obtidos em representação da equipa “Red Bull Racing-Honda”; por seu lado, os pontos de Alexander Albon (16), obtidos também nessas doze provas, foram registados em representação da “Scuderia Toro Rosso-Honda” – tendo estes dois pilotos trocado de equipa a partir do Grande Prémio da Bélgica.

É o seguinte o palmarés de Campeões do Mundo: Michael Schumacher (7); Lewis Hamilton (6); Juan Manuel Fangio (5); Alain Prost e Sebastien Vettel (4); Jack Brabham, Jackie Stewart, Niki Lauda, Nelson Piquet e Ayrton Senna (3); Alberto Ascari, Graham Hill, Jim Clark, Emerson Fittipaldi, Mika Häkkinen e Fernando Alonso (2); Giuseppe Farina, Mike Hawthorn, Phil Hill, John Surtees, Denis Hulme, Jochen Rindt, James Hunt, Mario Andretti, Jody Scheckter, Alan Jones, Keke Rosberg, Nigel Mansell, Damon Hill, Jacques Villeneuve, Kimi Räikkönen, Jenson Button e Nico Rosberg (1).

1 Dezembro, 2019 at 10:19 pm Deixe um comentário

O Pulsar do Campeonato – 11ª Jornada

O pulsar do campeonato - 2019-20 - 11jornada

(“O Templário”, 28.11.2019)

Com o acumular da sucessão triunfal do U. Almeirim a começar a “não ser notícia”, a novidade passa pelas perdas de pontos de Abrantes e Benfica e Cartaxo, que os fazem descolar dos dois primeiros, agora com atrasos já dificilmente recuperáveis face ao líder (dez e onze pontos, respectivamente). Com a prova a avançar para o termo da sua primeira metade parece já imprevisível que o Campeão possa vir a ser outro que não U. Almeirim, U. Tomar ou Coruchense.

Destaques – O principal destaque da 11.ª jornada vai, pois, para a vitória (2-1) do Fazendense sobre o Cartaxo, um desfecho que, paradoxalmente, até nem deveria constituir já motivo de menção especial, dado ter-se tratado do 7.º jogo consecutivo entre ambos os clubes, nas Fazendas de Almeirim, ganho pela equipa da casa (todos os desafios disputados desde a época de 2013-14!). Não obstante, tal resultado proporciona à turma das Fazendas ascender a um excelente 4.º posto, a par da formação abrantina, e um único ponto abaixo do Coruchense.

Apesar de não ser imprevisto, terá de sublinhar-se o 11.º triunfo do U. Almeirim em outros tantos desafios, ainda para mais num campo difícil, frente ao Samora Correia, onde os almeirinenses não tinham conseguido ter sucesso nas três ocasiões em que, na última década, ali se tinham deslocado. Mais, a “facilidade” com que o comandante chegou à vantagem de 3-0, expressa uma consistência que parece difícil de abalar, em nada afectada pelo tento de honra dos visitados.

Merece igualmente realce a vitória (2-0) averbada pelo Amiense em Rio Maior, com o grupo de Amiais de Baixo agora a integrar um quarteto (juntamente com Torres Novas, Samora Correia e Ferreira do Zêzere), a meio da pauta classificativa, a começar a adquirir alguma tranquilidade, decorrente da margem de segurança (sete pontos) de que dispõe em relação à “linha de água”.

Ainda uma nota para o embate entre os dois últimos classificados, Pego e Moçarriense, com os pegachos a alcançarem um triunfo (1-0) que se revelava crucial, reentrando de “pleno direito” na luta pela manutenção, a qual, entretanto, parece circunscrever-se ao quinteto formado por Glória do Ribatejo, Rio Maior, Pego, Riachense e Moçarriense, separados entre si por apenas três pontos.

Surpresa – Atendendo ao desempenho que ambas as equipas vêm apresentando no campeonato, o empate (1-1) averbado pelo Torres Novas em Abrantes, ante o Abrantes e Benfica, não deixa de constituir, pelo menos, uma “meia-surpresa”, considerando que os donos da casa se perfilavam como teóricos favoritos, isto pese embora pareçam vir, paulatinamente, a perder algum “gás”, tendo vencido apenas uma das quatro últimas partidas.

Confirmações – Nos restantes três encontros, os resultados foram os esperados, com o Mação – ganhando, com naturalidade, por 2-0, à formação da Glória do Ribatejo – a ser um dos mais beneficiados desta ronda, tendo somado terceira vitória consecutiva, descolando dos mais próximos perseguidores (já a seis pontos), ao mesmo tempo que se aproxima do pelotão da frente (dista agora apenas três pontos do Cartaxo).

Em Tomar, num reencontro entre dois grupos que se conhecem muito bem, desde técnicos a jogadores, o União, a necessitar vencer para superar o “trauma” do desaire sofrido em Almeirim, não entrou bem no jogo, começando por ser surpreendido pela determinação do bem organizado conjunto de Ferreira do Zêzere, que dificultou sobremaneira a saída para o ataque por parte dos locais, tendo chegado a ameaçar numa ou outra ocasião.

Por curiosidade, em duas semanas seguidas, os tomarenses jogariam em superioridade numérica durante cerca de 70 minutos, o que, desta feita, aproveitaram, para, desde logo, na conversão da grande penalidade decorrente do lance que motivou a expulsão do guarda-redes contrário, inaugurar o marcador. A partir daí, os unionistas controlaram o jogo, tendo insistentemente procurado ampliar a vantagem, o que, perante a notável exibição de um “improvisado” guardião (o treinador de guarda-redes, Pedro Pardal), apenas conseguiriam por uma vez, fixando o “placard” em 2-0, acabando o jogo em toada mais conservadora, minimizando eventuais riscos.

Nos Riachos, perante uma equipa do Riachense que continua a sua “travessia no deserto” – tal como o Moçarriense somou quinta derrota consecutiva –, o Coruchense aproveitou para se impor pela primeira vez em tal reduto, ganhando por 2-0, ascendendo assim à 3.ª posição da tabela.

II Divisão Distrital – O empate (1-1) alcançado pelo Entroncamento AC em Alcanena, mesmo que não lhe traga, no imediato, grandes dividendos a nível pontual, constitui, não obstante, um indicador positivo, de que este novo clube será, a par do líder, Alcanenense, e do Tramagal, um dos principais candidatos a integrar o trio que avançará para a fase final, de disputa do título e da promoção ao principal escalão – isto se o U. Tomar “B”, que prossegue uma boa campanha, tendo vencido o Caxarias por 2-1, não persistir em intrometer-se nos lugares do pódio.

Na série mais a Sul, o Marinhais foi surpreendido, em casa, pelo Benavente, perdendo 0-1, vendo-se igualado no comando pelo Pontével (vitória tangencial, por 1-0, ante o Goleganense), com o Espinheirense (3-0 ao Fazendense “B”) somente a dois pontos… e o Benavente a três.

Antevisão – A próxima jornada do Distrital da I Divisão integra quatro encontros de maior chamariz: desde logo, o U. Almeirim-Mação, em que se defrontam o actual líder isolado, 100% vitorioso, e um anterior Campeão Distrital, relegado do Nacional, mas que vem em crescendo, podendo eventualmente causar surpresa; por seu lado, Coruchense e Fazendense disputam um desafio que assume cariz de grande relevância, principalmente para a turma do Sorraia, “impedida” de perder pontos; em Monsanto, o Amiense, que parece revitalizado, constituirá decerto um difícil obstáculo para o U. Tomar, a solicitar empenho total por parte dos unionistas. Noutro plano, o “derby” Torres Novas-Riachense não deixa de constituir um jogo sempre de interesse, apesar de os torrejanos serem, no contexto actual, claros favoritos à vitória.

No escalão secundário, realce para as seguintes partidas: Ortiga-Alcanenense, Tramagal-U. Atalaiense, Benavente-Pontével e Porto Alto-Marinhais.

Após o interregno para disputa dos 1/16 de final da Taça de Portugal, é retomado o Campeonato de Portugal, com o Fátima, recebendo o Torreense, com o qual partilha o 7.º lugar, a ter boa oportunidade para consolidar a sua posição; também o U. Santarém, que terá a visita do V. Sernache (actual 16.º classificado), poderá somar mais três importantes pontos ao seu pecúlio.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 28 de Novembro de 2019)

1 Dezembro, 2019 at 11:00 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Dezembro 2019
S T Q Q S S D
« Nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.