N. Zelândia – Portugal (Taça Confederações – 3ª Jor)

24 Junho, 2017 at 5:55 pm Deixe um comentário

N. Zelândia N. Zelândia – Stefan Marinovic, Dane Ingham, Michael Boxall, Andrew Durante (74m – Shane Smeltz), Tommy Smith, Thomas Doyle, Clayton Lewis (65m – Kosta Barbarouses), Michael McGlinchey (37m – Bill Tuiloma), Ryan Thomas, Marco Rojas e Chris Wood

Portugal Portugal – Rui Patrício, Nélson Semedo, Pepe, Bruno Alves, Eliseu, Danilo Pereira, Ricardo Quaresma (83m – Gelson Martins), João Moutinho, Bernardo Silva (45m – Pizzi), Cristiano Ronaldo (67m – Nani) e André Silva

0-1 – Cristiano Ronaldo (pen.) – 33m
0-2 – Bernardo Silva – 37m
0-3 – André Silva – 80m
0-4 – Nani – 90m

Cartões amarelos – Clayton Lewis (19m) e Dane Ingham (82m); Nélson Semedo (21) e Pepe (56m)

Árbitro – Mark Geiger (EUA)

Sabendo que o empate lhe bastaria para garantir a qualificação para as meias-finais nesta sua estreia na Taça das Confederações, a selecção portuguesa encarou de forma séria este desafio, que se antevia pudesse ser fácil, respeitando o adversário, jogando de forma determinada, não apenas para procurar vencer, mas, inclusivamente, não descansando depois de, ainda relativamente cedo – e num lapso de menos de cinco minutos – ter alcançado uma vantagem de dois golos.

Não foi, evidentemente – nem tal seria expectável – uma exibição ao nível da realizada frente à Rússia, com Fernando Santos a prosseguir a sua estratégia de rotação da equipa, introduzindo cinco alterações no “onze” inicial (entradas de Nélson Semedo, Eliseu, Danilo Pereira, João Moutinho e Ricardo Quaresma).

Mas, defrontando o mais frágil adversário do grupo – e, certamente, do torneio -, a turma lusa fez o seu trabalho, não desistindo nunca de porfiar, até ao derradeiro minuto, garantindo, não apenas o apuramento (finalmente, nem precisaria do empate, dado o triunfo do México sobre a Rússia), como, inclusivamente, o 1.º lugar do Grupo, o que lhe confere a vantagem, pelo menos teórica, de ter mais um dia de descanso, face ao seu opositor das meias-finais (provavelmente, Alemanha, ou Chile).

Para tal encontro decisivo, que lhe poderá proporcionar o acesso à final da competição, volta – tal como sucedeu no Europeu – a não poder contar com Pepe, que cumprirá suspensão, devido ao facto de ter sido sancionado com segundo cartão amarelo, subsistindo, por outro lado, a incógnita sobre a possibilidade de recuperação, por parte de Raphaël Guerreiro e de Bernardo Silva, das lesões que os apoquentam.

Amanhã saberemos se iremos defrontar o Campeão do Mundo em título, ou o Campeão Sul-Americano…

Anúncios

Entry filed under: Desporto.

Taça das Confederações – 2ª Jornada Taça das Confederações – 3ª Jornada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Junho 2017
S T Q Q S S D
« Maio   Jul »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: