Archive for 30 Setembro, 2015

Liga dos Campeões – 2ª Jornada (At. Madrid – Benfica)

At. MadridAt. Madrid – Jan Oblak, Juanfran, José María Giménez, Diego Godín, Filipe Luís, Gabi, Óliver Torres (63m – Saúl Ñíguez), Tiago, Ángel Correa (77m – Fernando Torres), Antoine Griezmann (71m – Luciano Vietto) e Jackson Martínez

BenficaBenfica – Júlio César, Nélson Semedo, Luisão, Jardel, Eliseu, Andreas Samaris (73m – Lubjomir Fejsa), Gonçalo Guedes, André Almeida, Nico Gaitán, Raúl Jiménez (72m – Kostas Mitroglou) e Jonas (80m – Pizzi)

1-0 – Correa – 23m
1-1 – Nico Gaitán – 36m
1-2 – Gonçalo Guedes – 51m

Cartões amarelos – Jackson Martínez (40m) e Óliver Torres (55m); Eliseu (25m), Luisão (28m), Andreas Samaris (40m) e Jardel (82m)

Árbitro – Gianluca Rocchi (Itália)

No regresso do Benfica às “grandes noites europeias”, fica o registo de uma excelente vitória, no terreno de um dos finalistas da competição há dois anos (em que deixou então escapar o troféu, já em período de compensação, ao consentir a igualdade ao Real Madrid, vindo a perder no prolongamento).

Uma noite fundada na solidariedade e entreajuda, denotando forte espírito colectivo, com capacidade para reagir, não apenas à intensa pressão a que a equipa foi sujeita por parte do adversário, mas também à adversidade de um golo surgido ainda numa fase relativamente inicial do desafio.

O que, necessariamente, provocaria alguma intranquilidade, até que o grupo conseguisse voltar a acalmar, no que teria um auxílio determinante no tento do empate, num lance em que o conjunto mostrou o seu entrosamento, e em que a individualidade – Nico Gaitán, que, curiosamente, até começara o encontro algo “apagado” – sobressairia, evidenciando a sua classe superior.

Mais confiante nas suas capacidades, o início do segundo tempo seria coroado com mais um magnífico golo, na sequência de um rápido contra-ataque, com o jovem Gonçalo Guedes, com muita personalidade, a surgir a rematar quase sem ângulo, junto ao poste, com um remate cruzado para o poste mais distante, enganando o antigo guardião benfiquista, o esloveno Jan Oblak.

No imediato, os “colchoneros” procuraram inverter a tendência do marcador, intensificando a pressão, a que o Benfica conseguiu responder com serenidade, contando também com a magnífica concentração do guarda-redes Júlio César.

A equipa encarnada – a alinhar de camisola branca, e calções vermelhos – beneficiaria ainda do período de substituições (cinco, entre os 70 e os 80 minutos, praticamente “suspendendo” o jogo nessa fase crucial) para quebrar o ímpeto do opositor, que, em boa verdade, à medida que a partida se encaminhava para o seu termo, foi perdendo discernimento, acabando, nessa fase, por não criar efectivas situações de perigo.

Um triunfo alcançado com a indispensável dose de fortuna, mas, paralelamente, um justo prémio à aplicação de toda a equipa, a funcionar como um todo, não obstante proporcionando também espaço às individualidades (com realce para Júlio César, Nico Gaitán, Jonas e Gonçalo Guedes) para brilhar ao mais alto nível, num grande palco do futebol europeu.

30 Setembro, 2015 at 8:37 pm Deixe um comentário

Liga dos Campeões – 2ª Jornada – Resultados e Classificações

Grupo A
Shakthar Donetsk – Paris St.-Germain – 0-3
Malmö – Real Madrid – 0-2

1º Real Madrid e Paris St.-Germain, 6; 3º Malmö e Shakthar Donestsk, 0  

Grupo B
Manchester United – Wolfsburg – 2-1
CSKA Moskva – PSV – 3-2

1º PSV, CSKA Moskva, Manchester United e Wolfsburg, 3

Grupo C
Astana – Galatasaray – 2-2
At. Madrid – Benfica – 1-2

1º Benfica, 6; 2º At. Madrid, 3; 3º Astana e Galatasaray, 1

Grupo D
Borussia M’gladbach – Manchester City – 1-2
Juventus – Sevilla – 2-0

1º Juventus, 6; 2º Sevilla e Manchester City, 3; 4º Borussia M’gladbach, 0

Grupo E
Barcelona – Bayer Leverkusen – 2-1
BATE Borisov – Roma – 3-2

1º Barcelona, 4; 2º Bayer Leverkusen e BATE Borisov, 3; 4º Roma, 1

Grupo F
Bayern – D. Zagreb – 5-0
Arsenal – Olympiakos – 2-3

1º Bayern, 6; 2º Olympiakos e D. Zagreb, 3; 4º Arsenal, 0

Grupo G
Maccabi Tel-Aviv – D. Kyiv – 0-2
FC Porto – Chelsea – 2-1

1º D. Kyiv e FC Porto, 4; 3º Chelsea, 3; 4º Maccabi Tel-Aviv, 0

Grupo H
Lyon – Valencia –  0-1
Zenit – Gent – 2-1

1º Zenit, 6; 2º Valencia, 3; 3º Gent e Lyon, 1

Da 2.ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, o principal destaque vai para os excelentes triunfos obtidos pelas equipas portuguesas, frente a At. Madrid e Chelsea. Mas, para além de Rui Vitória, houve outros treinadores portugueses em noite vitoriosa: desde logo, Marco Silva, com o Olympiakos, a ganhar em Londres, face ao Arsenal; Nuno Espírito Santo, com o Valencia, a triunfar em Lyon; e André Villas-Boas, com o Zenit a derrotar o Gent.

Mas esta ronda fica também indelevelmente assinalada pelo 500.º golo da carreira de Cristiano Ronaldo (o primeiro que marcou em Malmoe), tendo, com o segundo tento apontado, igualado Raúl como melhor marcador de sempre da história do Real Madrid (com um total de 323 golos)!

30 Setembro, 2015 at 8:36 pm Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Setembro 2015
S T Q Q S S D
« Ago   Out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.