Archive for 19 Maio, 2013

I Liga / I Divisão – Historial de lugares de honra

 Época  Campeão           2º           3º           4º        
2012-13 FC Porto     Benfica      P. Ferreira  Sp. Braga
2011-12 FC Porto     Benfica      Sp. Braga    Sporting
2010-11 FC Porto     Benfica      Sporting     Sp. Braga
2009-10 Benfica      Sp. Braga    FC Porto     Sporting
2008-09 FC Porto     Sporting     Benfica      Nacional
2007-08 FC Porto     Sporting     V. Guimarães Benfica
2006-07 FC Porto     Sporting     Benfica      Sp. Braga
2005-06 FC Porto     Sporting     Benfica      Sp. Braga
2004-05 Benfica      FC Porto     Sporting     Sp. Braga
2003-04 FC Porto     Benfica      Sporting     Nacional
2002-03 FC Porto     Benfica      Sporting     V. Guimarães
2001-02 Sporting     Boavista     FC Porto     Benfica
2000-01 Boavista     FC Porto     Sporting     Sp. Braga
1999-00 Sporting     FC Porto     Benfica      Boavista
1998-99 FC Porto     Boavista     Benfica      Sporting
1997-98 FC Porto     Benfica      V. Guimarães Sporting
1996-97 FC Porto     Sporting     Benfica      Sp. Braga
1995-96 FC Porto     Benfica      Sporting     Boavista
1994-95 FC Porto     Sporting     Benfica      V. Guimarães
1993-94 Benfica      FC Porto     Sporting     Boavista
1992-93 FC Porto     Benfica      Sporting     Boavista
1991-92 FC Porto     Benfica      Boavista     Sporting
1990-91 Benfica      FC Porto     Sporting     Boavista
1989-90 FC Porto     Benfica      Sporting     V. Guimarães
1988-89 Benfica      FC Porto     Boavista     Sporting
1987-88 FC Porto     Benfica      Belenenses   Sporting
1986-87 Benfica      FC Porto     V. Guimarães Sporting
1985-86 FC Porto     Benfica      Sporting     V. Guimarães
1984-85 FC Porto     Sporting     Benfica      Boavista
1983-84 Benfica      FC Porto     Sporting     Sp. Braga
1982-83 Benfica      FC Porto     Sporting     V. Guimarães
1981-82 Sporting     Benfica      FC Porto     V. Guimarães
1980-81 Benfica      FC Porto     Sporting     Boavista
1979-80 Sporting     FC Porto     Benfica      Boavista
1978-79 FC Porto     Benfica      Sporting     Sp. Braga
1977-78 FC Porto     Benfica      Sporting     Sp. Braga
1976-77 Benfica      Sporting     FC Porto     Boavista
1975-76 Benfica      Boavista     Belenenses   FC Porto
1974-75 Benfica      FC Porto     Sporting     Boavista
1973-74 Sporting     Benfica      V. Setúbal   FC Porto
1972-73 Benfica      Belenenses   V. Setúbal   FC Porto
1971-72 Benfica      V. Setúbal   Sporting     CUF
1970-71 Benfica      Sporting     FC Porto     V. Setúbal
1969-70 Sporting     Benfica      V. Setúbal   Barreirense
1968-69 Benfica      FC Porto     V. Guimarães V. Setúbal
1967-68 Benfica      Sporting     FC Porto     Académica
1966-67 Benfica      Académica    FC Porto     Sporting
1965-66 Sporting     Benfica      FC Porto     V. Guimarães
1964-65 Benfica      FC Porto     CUF          Académica
1963-64 Benfica      FC Porto     Sporting     V. Guimarães
1962-63 Benfica      FC Porto     Sporting     Belenenses
1961-62 Sporting     FC Porto     Benfica      CUF
1960-61 Benfica      Sporting     FC Porto     V. Guimarães
1959-60 Benfica      Sporting     Belenenses   FC Porto
1958-59 FC Porto     Benfica      Belenenses   Sporting
1957-58 Sporting     FC Porto     Benfica      Belenenses
1956-57 Benfica      FC Porto     Belenenses   Sporting
1955-56 FC Porto     Benfica      Belenenses   Sporting
1954-55 Benfica      Belenenses   Sporting     FC Porto
1953-54 Sporting     FC Porto     Benfica      Belenenses
1952-53 Sporting     Benfica      Belenenses   FC Porto
1951-52 Sporting     Benfica      FC Porto     Belenenses
1950-51 Sporting     FC Porto     Benfica      Atlético
1949-50 Benfica      Sporting     Atlético     Belenenses
1948-49 Sporting     Benfica      Belenenses   FC Porto
1947-48 Sporting     Benfica      Belenenses   Estoril
1946-47 Sporting     Benfica      FC Porto     Belenenses
1945-46 Belenenses   Benfica      Sporting     Olhanense
1944-45 Benfica      Sporting     Belenenses   FC Porto
1943-44 Sporting     Benfica      Atlético     FC Porto
1942-43 Benfica      Sporting     Belenenses   Unidos Lisboa
1941-42 Benfica      Sporting     Belenenses   FC Porto
1940-41 Sporting     FC Porto     Belenenses   Benfica
1939-40 FC Porto     Sporting     Belenenses   Benfica
1938-39 FC Porto     Sporting     Benfica      Belenenses
1937-38 Benfica      FC Porto     Sporting     Carcavelinhos
1936-37 Benfica      Belenenses   Sporting     FC Porto
1935-36 Benfica      FC Porto     Sporting     Belenenses
1934-35 FC Porto     Sporting     Benfica      Belenenses

Resumo:

Benfica – 32 vezes Campeão / 27 vezes 2º / 15 vezes 3º / 4 vezes 4º classificado
FC Porto – 27 vezes Campeão / 24 vezes 2º / 11 vezes 3º / 11 vezes 4º classificado
Sporting – 18 vezes Campeão / 19 vezes 2º / 25 vezes 3º / 12 vezes 4º classificado
Belenenses – 1 vez Campeão / 3 vezes 2º / 14 vezes 3º / 9 vezes 4º classificado
Boavista – 1 vez Campeão / 3 vezes 2º / 2 vezes 3º / 10 vezes 4º classificado
V. Setúbal – 1 vez 2º / 3 vezes 3º / 2 vezes 4º classificado
Sp. Braga – 1 vez 2º / 1 vez 3º / 10 vezes 4º classificado
Académica – 1 vez 2º / 2 vezes 4º classificado
V. Guimarães – 4 vezes 3º / 9 vezes 4º classificado
Atlético – 2 vezes 3º / 1 vez 4º classificado
CUF – 1 vez 3º / 2 vezes 4º classificado
P. Ferreira – 1 vez 3º classificado
Nacional – 2 vezes 4º classificado
Barreirense – 1 vez 4º classificado
Estoril – 1 vez 4º classificado
Olhanense – 1 vez 4º classificado
Unidos Lisboa – 1 vez 4º classificado
Carcavelinhos – 1 vez 4º classificado

19 Maio, 2013 at 10:40 pm Deixe um comentário

I Liga 2012-13 – Classificação Final

                      J     V     E     D    GM   GS     P
 1º FC Porto         30    24     6     -    70 - 14    78
 2º Benfica          30    24     5     1    77 - 20    77
 3º Paços Ferreira   30    14    12     4    42 - 29    54
 4º Sp. Braga        30    16     4    10    60 - 44    52
 5º Estoril          30    13     6    11    47 - 37    45
 6º Rio Ave          30    12     6    12    35 - 42    42
 7º Sporting         30    11     9    10    36 - 36    42
 8º Nacional         30    11     7    12    45 - 51    40
 9º V. Guimarães     30    11     7    12    36 - 47    40
10º Marítimo         30     9    11    10    34 - 45    38
11º Académica        30     6    10    14    33 - 45    28
12º V. Setúbal       30     7     5    18    30 - 55    26
13º Gil Vicente      30     6     7    17    31 - 54    25
14º Olhanense        30     5    10    15    26 - 42    25
15º Moreirense       30     5     9    16    30 - 51    24
16º Beira-Mar        30     5     8    17    35 - 55    23

Apurados para a fase de Grupos da Liga dos Campeões – FC Porto e Benfica
“Play-off” de apuramento para a Liga dos Campeões – Paços Ferreira
Apurados para a Liga Europa – V. Guimarães, Sp. Braga e Estoril

Despromovidos – Moreirense e Beira-Mar
Promovidos à I Liga – Belenenses e Arouca

19 Maio, 2013 at 10:36 pm Deixe um comentário

A língua ameaçada e os “corretores” ameaçadores

Não é tarde para voltar atrás, apesar do caminho criminoso que se seguiu. É só preciso coragem. E alguma clarividência.

(Nuno Pacheco, “Público”)

19 Maio, 2013 at 2:41 pm Deixe um comentário

O pulsar do campeonato – 10ª jornada

(“O Templário”, 16.05.2013)

Com a disputa da derradeira jornada terminaram os Campeonatos Distritais de Futebol. Na Divisão Principal, numa ronda em que já nada havia a decidir, apenas para cumprir calendário, o já sagrado Campeão Riachense deslocou-se ao terreno do vice-campeão Amiense, para um jogo que seria o da consagração, mas em que a turma de Amiais de Baixo – beneficiando também da natural descompressão do adversário – não esteve com contemplações, vencendo por categórico 3-0. Em Mação, com a equipa da casa a receber o Benavente, não houve golos. Por fim, o Fazendense impôs-se com naturalidade a um já conformado At. Ouriense (3.º classificado, em igualdade pontual com os maçaenses), vencendo por 3-1.

Na série de manutenção, os três primeiros, aproveitando a situação de tranquilidade absoluta de que desfrutavam já, venceram confortavelmente: a U. Abrantina, na Moçarria (2-0); o Coruchense, na Glória do Ribatejo (4-1); enfim, o líder Pontével goleou o União de Tomar por 4-0. Num penoso final de prova – começando pelo inesperado (e porventura determinante) desaire sofrido na Glória do Ribatejo, a turma unionista não evitaria somar quatro derrotas consecutivas, a fechar a época –, com o plantel gradualmente dizimado, e, consequentemente, a equipa cada vez mais limitada, a cada jogo que passava, este desafio final foi já, claramente, um confronto “a mais” (que, aliás, parecia nunca mais acabar).

O União, agora inclusivamente já sem poder contar com alguns dos elementos juniores a que se viu obrigado a recorrer em larga fase da competição, entrou mal na partida, não conseguindo “agarrar no jogo” e, logo aos três minutos, o Pontével ameaçou, com uma bola a ser cabeceada, com estrondo, à trave. Pouco depois, dois tentos sofridos, no espaço de cerca de três minutos, logo em torno da passagem do quarto de hora, definiram a tendência da partida. Que seria irremediavelmente confirmada com a invalidação, pelo árbitro, cerca de dez minutos volvidos, do que seria o golo da formação tomarense, que lhe poderia conferir ainda outro ânimo. Após o terceiro golo, a findar o primeiro tempo, chegou a recear-se que o marcador pudesse continuar a dilatar-se e atingir números demasiado elevados. Mas, na etapa complementar, o desgaste acumulado, agravado pelo forte calor que se fazia sentir, fez com que o jogo se arrastasse lentamente até ao final, apenas tendo havido mais um golo – ainda para o Pontével – a assinalar.

É, portanto, tempo de balanço. Em grandes linhas, o que subsistirá desta temporada: o Riachense conquista pela terceira vez sucessiva, nas suas três últimas participações na prova (2008-09, 2009-10 e 2012-13) o título de Campeão Distrital, garantindo paralelamente a promoção ao futuro Campeonato Nacional de seniores da próxima época; o Glória do Ribatejo e o Moçarriense são despromovidos à futura II Divisão Distrital; o U. Chamusca – que conquistou o título de Campeão da Divisão Secundária – é promovido, conjuntamente com os Emp. Comércio e Assentiz à futura I Divisão Distrital.

Por seu lado, o União de Tomar – vítima de uma conjuntura particularmente adversa, dadas as severas sanções disciplinares de que foi alvo (cinco jogadores suspensos durante oito meses e o Estádio Municipal interditado durante quatro jogos), que condicionaram inevitável e determinantemente o seu desempenho na competição – terá de aguardar o termo do Campeonato Nacional da III Divisão (apenas a 1 de Junho) para saber se se mantém na Divisão Principal (caso o Alcanenense obtenha a promoção ao Campeonato Nacional de Seniores), ou se será despromovido (caso o Alcanenense seja também despromovido ao Distrital, como sucedeu com o Torres Novas e o Cartaxo).

A finalizar deixo ainda breves números, a ilustrar o que foi a carreira dos diversos concorrentes, com a indicação, a título de curiosidade, dos pontos obtidos em cada uma das fases da prova – tendo os da 1.ª fase sido posteriormente reduzidos a metade –, por ordem da respectiva classificação final: Riachense (49+20); Amiense (45+19); At. Ouriense (47+11); Mação (49+10); Fazendense (35+15); Benavente (30+6); Pontével (22+22); Coruchense (16+20); U. Abrantina (29+13); U. Tomar (26+9); Glória do Ribatejo (14+9); Moçarriense (11+10).

Com o alargamento da I Divisão Distrital, na próxima temporada, a 14 clubes, são já conhecidos 13 dos participantes apurados: Torres Novas, Cartaxo, Amiense, At. Ouriense, Mação, Fazendense, Benavente, Pontével, Coruchense, U. Abrantina, U. Chamusca, Emp. Comércio e Assentiz. O 14.º participante será, ou o União de Tomar, ou o Alcanenense…

No que promete ser um permanente carrossel de emoções, para alcanenenses… e tomarenses, essa será uma questão a definir apenas mais tarde. Para já, o Alcanenense, tendo empatado (“in-extremis”) nesta ronda (7.ª) mantém-se – a três jornadas do final – em posição de promoção (3.º lugar); porém, está agora em igualdade pontual com o 4.º classificado, sendo que, dos três jogos que lhe resta disputar, os próximos dois serão em terreno alheio (frente, respectivamente, aos actuais 1.º e 5.º classificados), apenas jogando em casa na derradeira ronda (defrontando o actual 2.º classificado). Uma tarefa árdua, que se espera possa vir a ser coroada de êxito.

Concluída que foi a época futebolística a nível Distrital, esta coluna entra agora também, naturalmente, em período de “defeso”… Assim, aproveito a oportunidade para agradecer publicamente o amável convite da Directora de “O Templário”, Isabel Miliciano, assim como endereçar o meu Obrigado aos leitores que se possam ter interessado por estes textos, que escrevi com grande prazer, e que, com grata satisfação pessoal, aqui foram sendo publicados ao longo das últimas 28 semanas.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 16 de Maio de 2013)

19 Maio, 2013 at 10:30 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Maio 2013
S T Q Q S S D
« Abr   Jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.