O pulsar do campeonato – 18ª jornada

27 Janeiro, 2013 at 10:30 am Deixe um comentário

Templario - 24-01-2013

(“O Templário”, 24.01.2013)

Na 18.ª jornada da Divisão Principal do Campeonato Distrital, aparentemente sem maiores dificuldades, os favoritos acabaram por impor a sua superioridade, não dando possibilidades aos adversários de provocar alguma surpresa.

Assim sucedeu no Moçarriense-Riachense, com a turma de Riachos a triunfar por 3-1, o que lhe permitiu recuperar a posição de liderança, que ocupara em várias rondas, e que perdera há quatro jornadas. Ou no Coruchense-Fazendense, com a formação de Fazendas de Almeirim a vencer por igual marca. E, também, no Benavente-Glória do Ribatejo, com a equipa da casa a conseguir finalmente “quebrar o enguiço”, obtendo a primeira vitória no seu terreno (depois de ter somado já cinco triunfos na condição de visitante!), por margem clara de 3-0.

Infelizmente para o União de Tomar, tal aconteceu igualmente na partida em que teve por opositor o Amiense, que, colocando termo a uma série de cinco resultados positivos da equipa unionista, se superiorizou por categóricos 5-2, depois de ter chegado a 4-0 ainda no primeiro quarto de hora do segundo tempo. Foi a sétima vitória em terreno alheio obtida pelo grupo de Amiais de Baixo, que assim se vem paulatinamente aproximando, em termos pontuais, do trio da frente da tabela. Para os tomarenses, este desfecho marca um curioso equilíbrio nos resultados obtidos em casa e fora, com três vitórias, um empate e cinco desaires em ambas as situações.

No encontro de maior cartaz desta jornada, o até então líder At. Ouriense somou segunda derrota sucessiva, após um ciclo de oito triunfos consecutivos, perdendo em Mação, por 3-0, assim baixando ao 3.º lugar da classificação. Por fim, no U. Abrantina-Pontével, o empate a um golo não será de todo surpreendente, e, para as aspirações do U. Tomar, poderá não ter sido um resultado negativo.

Em função destes resultados, o duo Riachense e Mação voltou a partilhar o comando, somando apenas um ponto a mais que o At. Ouriense, com o Amiense agora a somente quatro pontos dos líderes. Como aqui antevira, o Fazendense parece destinado a ocupar uma posição isolada, entre o grupo dos quatro primeiros e os restantes, estando agora equidistante (cinco pontos) da 4.ª e da 6.ª posição, o que lhe permitirá prosseguir na prova de forma tranquila, sem grandes preocupações.

Segue-se o quarteto que mais terá em jogo nas quatro rondas finais desta primeira fase: a disputa da última vaga de acesso ao grupo dos seis primeiros, o que permitirá garantir automaticamente a manutenção. A U. Abrantina viu agora reduzido a um escasso ponto a margem face ao Benavente, que poderá apresentar-se com ligeiro favoritismo nesta contenda; o U. Tomar mantém um atraso de cinco pontos em relação ao 6.º lugar, enquanto o Pontével está um ponto abaixo.

Por fim, os clubes integrantes do trio da retaguarda, formado por Glória do Ribatejo, Coruchense e Moçarriense, todos eles derrotados nesta jornada, viram ampliada, respectivamente, para seis, sete e oito pontos, a distância que os separa da 9.ª posição. Nada de definitivo, ainda, mas urge somar pontos.

Com 18 jornadas já decorridas, faltando disputar apenas quatro, é ocasião para recuperarmos a evolução comparativamente à época anterior, considerando o mesmo número de jogos realizados. Mação, At. Ouriense e Amiense ocupavam então também os lugares da frente da classificação (imediatamente após as duas equipas que viriam a ser promovidas, Torres Novas e Alcanenense); o Mação, somando este ano mais oito pontos, progrediu do 5.º até ao 2.º lugar (com o mesmo número de pontos do líder); o At. Ouriense totaliza mais seis pontos, tendo melhorado da 4.ª para a 3.ª posição, precisamente por troca com o Amiense, que conta apenas mais dois pontos que na prova precedente.

Seguiam-se, em 2011-12, Benavente e Fazendense: a turma benaventense, agora com menos seis pontos, desceu do 6.º ao 7.º lugar; a equipa de Fazendas de Almeirim, com uma excelente progressão de nove pontos, melhorou contudo apenas duas posições, passando da 7.ª à 5.ª. Por fim, tal como na época transacta, o U. Tomar mantém o 8.º lugar, somando agora, não obstante, mais quatro pontos. O Moçarriense, com menos dois pontos, baixou do 10.º ao 12.º lugar.

Com a competição a aproximar-se do termo da sua primeira fase, a próxima jornada tem agendado um particularmente interessante encontro entre Fazendense e Mação, de elevado grau de dificuldade para os visitantes. De entre as restantes equipas integrantes do quarteto da frente, Riachense, At. Ouriense e Amiense apresentam-se com claro favoritismo, respectivamente face a Benavente (não menosprezando a capacidade demonstrada por esta equipa nos jogos em que actua na condição de forasteira), Moçarriense e Coruchense. Finalmente, com uma tendência de maior equilíbrio, e portanto de desfecho mais difícil de prever, as partidas que opõem Glória do Ribatejo e U. Abrantina, e Pontével e U. Tomar, curiosamente envolvendo três das equipas que ambicionam ainda a possibilidade de poder atingir o 6.º lugar.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 24 de Janeiro de 2013)

Anúncios

Entry filed under: Tomar.

O mérito do Governo The Times… e as ondas da Nazaré

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Janeiro 2013
S T Q Q S S D
« Dez   Fev »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: