Archive for 11 Setembro, 2010

Campeonato da Europa Hóquei em Patins – Final

Final – Espanha – Portugal – 8-2

3º / 4º lugar – França – Alemanha – 1-1 (2-1 g.p.)

5º / 6º lugar – Itália – Suíça – 4-2

7º / 8º lugar – Inglaterra – Áustria – 8-3

A Espanha sagrou-se hoje hexa-campeã da Europa, infligindo uma pesada derrota à selecção de Portugal, a qual não revelou argumentos para contrariar a superioridade espanhola, que rapidamente chegou a 3-0, conseguindo ainda a equipa portuguesa, dirigida por Rui Neto, reduzir para 2-3; contudo, um quarto tento a fechar a primeira parte praticamente decidiu a contenda. No segundo tempo, arriscando em busca do golo, Portugal veria a marca ser sucessivamente ampliada, atingindo uma expressão categórica.

Pedro Gil, Josep Ordeig e Jordi Bargalló, com dois golos cada, Marc Torra e Jordi Adroher foram os marcadores pela Espanha, tendo Ricardo Barreiros e André Azevedo marcado por Portugal. O português Ricardo Oliveira (“Caio”) sagrou-se melhor marcador da prova, com 14 golos, seguido de Luís Viana com 11 e de Reinaldo Ventura e Pedro Gil (Espanha), ambos com 9 tentos.

Nas 49 edições da prova, Portugal sagrou-se Campeão da Europa por 20 vezes (1947, 1948, 1949, 1950, 1952, 1956, 1959, 1961, 1963, 1965, 1967, 1971, 1973, 1975, 1977, 1987, 1992, 1994, 1996 e 1998); a Espanha conta agora com 15 títulos (1951, 1954, 1955, 1957, 1969, 1979, 1981, 1983, 1985, 2000, 2002, 2004, 2006, 2008 e 2010); a Inglaterra foi Campeã por 12 vezes, nas 12 edições iniciais da competição (1926, 1927, 1928, 1929, 1930, 1931, 1932, 1934, 1936, 1937, 1938 e 1939); e, por fim, a Itália foi 2 vezes Campeã Europeia (1953 e 1990).

A selecção de Portugal – marcando presença ininterrupta no pódio há mais de 70 anos, proeza porventura única a nível de qualquer modalidade desportiva – conseguiu alcançar já 42 lugares de honra: para além dos 20 títulos de Campeão da Europa, foi vice-campeã europeia por 12 vezes (1951, 1953, 1954, 1957, 1969, 1979, 1981, 1983, 2000, 2002, 2008 e 2010); classificou-se em 3º lugar em 8 ocasiões (1936, 1937, 1939, 1955, 1985, 1990, 2004 e 2006); quedando-se na 4ª posição apenas por 2 vezes (1932 e 1938).

Somente nas duas participações iniciais (1930 e 1931) a selecção nacional não obteve um dos lugares de honra, tendo concluído essas provas, respectivamente, em 5º e 6º lugar. Portugal apenas falhou a presença em 5 edições do campeonato europeu (1926, 1927, 1928, 1929 e 1934).

11 Setembro, 2010 at 8:15 pm Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Setembro 2010
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.