Archive for 20 Junho, 2007

EURO SUB-21 2007 – 1/2 FINAIS

Holanda (Campeão em título, repetindo a presença na Final da prova, desta vez em casa) e Sérvia são os finalistas da presente edição do Campeonato da Europa de Sub-21 anos.

A perder com a Inglaterra até ao último minuto do tempo regulamentar, a Holanda conseguiria forçar o prolongamento (empatando a 1-1), a que se sucedeu uma alucinante série de 32 pontapés da marca de grande penalidade, com os holandeses a serem mais felizes, acabando por vencer por 13-12!

A Sérvia conseguiu, com alguma naturalidade, o apuramento, vencendo a Bélgica por 2-0, depois de inaugurar o marcador logo aos 4 minutos, fixando o resultado final… a 4 minutos do termo da partida.

Em jogo a realizar amanhã Portugal e Itália disputarão o 5º lugar… e a última vaga de acesso aos Jogos Olímpicos de 2008.

20 Junho, 2007 at 9:35 pm Deixe um comentário

MANCHETES DO DIA – 20.06.07

– Tratado de Tordesilhas e Corpo Cronológico (Torre do Tombo) declarados bens do património documental da “Memória do Mundo”, da UNESCO

– Estudo sobre localização de novo aeroporto em Alcochete acordado entre a CIP e o Governo

20 Junho, 2007 at 7:30 pm Deixe um comentário

MICROSOFT SURFACE

http://services.brightcove.com/services/viewer/federated_f8/271552687
(via Abrupto, a partir de http://www.microsoft.com/surface) 

20 Junho, 2007 at 1:58 pm Deixe um comentário

TRATADO DE TORDESILHAS INTEGRA "MEMÓRIA DO MUNDO DA UNESCO"

O Tratado de Tordesilhas, tal como o Corpo Cronológico (colecção que reúne mais de 80 mil documentos em papel e pergaminho, datados dos séculos XV e XVI, na Torre do Tombo, em Lisboa), foram inscritos no registo “Memória do Mundo da UNESCO”, como bens do património documental.

20 Junho, 2007 at 12:34 pm Deixe um comentário

CONVENTO DE CRISTO (III)

“Por tudo isto, o Convento de Cristo não se conhece numa visita a correr. Cada canto deve ser explorado com calma e circunspecção. É necessário “vestir” o hábito e, tal monge ou freira, palmilhar os vários claustros do convento ou deslumbrar-se na magistral igreja manuelina. Mas o espanto assombra-nos antes: no exterior, a entrada é feita com algum cerimonial, tanto pela monumentalidade do espaço como pela admiração com que se observa a inclusão de motivos góticos, renascentistas e manuelinos, sem que nenhum dos estilos choque com o outro.

Finalmente a igreja, onde se pode adquirir o bilhete de entrada para o convento. A obra, que se distingue pela charola românica (actual capela-mor, com uma planta em forma de rotunda, que cita o Santo Sepulcro de Jerusalém), é resultado das vivências dos cavaleiros do Templo em terras árabes e nela se distinguem os revestimentos com talha dourada e as esculturas em madeira, nas quais são representadas cenas da vida de Jesus, misturadas com episódios do reinado manuelino. São de notar, aliás, as fortes afinidades entre o coro da igreja do convento e alguns detalhes do Mosteiro dos Jerónimos, ex-libris do estilo manuelino. A sacristia é mais vulgarmente conhecida por Sala do Capítulo e é aqui que se encontra a deslumbrante Janela do Capítulo, bordada a pedra, da autoria de Diogo de Arruda.”

“Público”, suplemento “Fugas” (série “Lugares Mágicos de Portugal”), 30 de Dezembro de 2006 – texto de Carla B. Ribeiro

20 Junho, 2007 at 8:37 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Junho 2007
S T Q Q S S D
« Maio   Jul »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.