Archive for 10 Janeiro, 2006

MUNDIAL 2006 (LV) – 1970

Pela primeira vez na história, a Fase Final de um Campeonato do Mundo de Futebol assumia o cariz de grande espectáculo televisivo, à escala mundial, obrigando a disputar vários jogos ao meio-dia, sob um calor muito intenso.

Não obstante, esta prova seria caracterizada pelas excelentes partidas de futebol, de que se destacam os jogos: Brasil-Inglaterra (1-0), Inglaterra-RFA (reedição da Final do Mundial de 1966, desta vez com vitória dos alemães por 3-2) e Itália-RFA (uma ½ final alucinante, com a Itália a eliminar a RFA, por 4-3, com um record de 5 golos no prolongamento – em apenas 30 minutos!).

Uma outra estreia absoluta nesta edição do Mundial foi a possibilidade das equipas fazerem substituições durante os jogos!

E, continuando, em matéria de novidades, os famosos cartões amarelo e vermelho também teriam a sua “entrada em cena”, pela primeira vez, nesta prova (em 1986, o uruguaio José Batista seria expulso antes de cumprido o primeiro minuto de jogo!).

O Brasil, depois do falhado “tri” no Mundial de Inglaterra (eliminado por Portugal) – anedoticamente a expressão “tri” passou a ser glosada como “terminou recreio Inglaterra” ou “todos regressem imediatamente”!…), alcançaria finalmente o ambicionado Tri-Campeonato – conquistando definitivamente a Taça Jules Rimet –, com uma equipa em que pontificavam grandes figuras como Jairzinho (com golos marcados em todas as partidas), Pelé, Gerson, Rivelino, Tostão e Carlos Alberto, na que continua a ser considerada como uma das melhores equipas mundiais de sempre, “esmagando” na Final, no Estádio Azteca, a Itália, por concludente 4-1.

Foi também neste Mundial que o guarda-redes inglês (Gordon Banks) fez aquela que é, ainda hoje, considerada como uma “defesa impossível”.

10 Janeiro, 2006 at 6:08 pm Deixe um comentário

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS – 27.06.1976

António dos Santos Ramalho Eanes: 2.967.137 ( 61,6 %)
Otelo Nuno Romão Saraiva de Carvalho: 792.760 ( 16,5 %)
José Baptista Pinheiro de Azevedo: 692.147 ( 14,4 %)
Octávio Floriano Rodrigues Pato: 365.586 ( 7,6 %)

Abstenção: 24,5 %


Sondagens Marktest – TSF/Diário de Notícias:

                09/1  10/1
Cavaco Silva    61,0  60,2
Mário Soares    14,3  14,0
Manuel Alegre   11,5  13,1
Jerónimo Sousa   6,9   7,2
Francisco Louçã  6,1   5,5
Garcia Pereira   0,2   0,0

Naturalmente, a leitura de sondagens necessita de enquadramento, o que Pedro Magalhães vem fazendo no Margens de Erro, uma visita imprescindível.

P. S. A revista da campanha na blogosfera, por João Morgado Fernandes, no Diário de Notícias.

10 Janeiro, 2006 at 8:44 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Janeiro 2006
S T Q Q S S D
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

  • RT @majoliv: Cidadãos de todas as idades a passear nas ruas de Salamanca, em pisos não escorregadios; lojas abertas até às 21h; esplanadas… 29 minutes ago
  • RT @B24PT: De um lado o campeão espanhol, do outro o vencedor da Copa del Rey. Houve dupla guarda de honra antes do Real Madrid - Betis 👏… 41 minutes ago
  • RT @dherbinet: On my way back from Brussels this evening the British officer at Border Control asks me why I am going to the UK. I said I w… 41 minutes ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.