Archive for 23 Maio, 2021

Títulos de Futebol – Clubes portugueses

23 Maio, 2021 at 10:40 pm Deixe um comentário

Taça de Portugal – Palmarés

          Vencedor Finalista   Épocas (Vencedor / Finalista)

Benfica        26     12   1939-40; 1942-43; 1943-44; 1948-49;
                           1950-51; 1951-52; 1952-53; 1954-55;
                           1956-57; 1958-59; 1961-62; 1963-64;
                           1968-69; 1969-70; 1971-72; 1979-80;
                           1980-81; 1982-83; 1984-85; 1985-86;
                           1986-87; 1992-93; 1995-96; 2003-04;
                           2013-14; 2016-17
                           1938-39; 1957-58; 1964-65; 1970-71;
                           1973-74; 1974-75; 1988-89; 1996-97;
                           2004-05; 2012-13; 2019-20; 2020-21
FC Porto       17     14   1955-56; 1957-58; 1967-68; 1976-77;
                           1983-84; 1987-88; 1990-91; 1993-94;
                           1997-98; 1999-00; 2000-01; 2002-03;
                           2005-06; 2008-09; 2009-10; 2010-11;
                           2019-20
                           1952-53; 1958-59; 1960-61; 1963-64;
                           1977-78; 1979-80; 1980-81; 1982-83;
                           1984-85; 1991-92; 2003-04; 2007-08;
                           2015-16; 2018-19
Sporting       17     12   1940-41; 1944-45; 1945-46; 1947-48;
                           1953-54; 1962-63; 1970-71; 1972-73;
                           1973-74; 1977-78; 1981-82; 1994-95;
                           2001-02; 2006-07; 2007-08; 2014-15;
                           2018-19                           
                           1951-52; 1954-55; 1959-60; 1969-70;
                           1971-72; 1978-79; 1986-87; 1993-94;
                           1995-96; 1999-00; 2011-12; 2017-18
Boavista        5      1   1974-75; 1975-76; 1978-79; 1991-92;
                           1996-97/ 1992-93
V. Setúbal      3      7   1964-65; 1966-67; 2004-05
                           1942-43; 1953-54; 1961-62; 1965-66
                           1967-68; 1972-73; 2005-06
Belenenses      3      5   1941-42; 1959-60; 1988-89/ 1939-40
                           1940-41; 1947-48; 1985-86; 2006-07
Sp. Braga       3      4   1965-66; 2015-16; 2020-21
                           1976-77; 1981-82; 1997-98; 2014-15
Académica       2      3   1938-39; 2011-12
                           1950-51; 1966-67; 1968-69
V. Guimarães    1      6   2012-13/ 1941-42; 1962-63; 1975-76;
                           1987-88; 2010-11; 2016-17
Leixões         1      1   1960-61/ 2001-02
Beira-Mar       1      1   1998-99/ 1990-91
E. Amadora      1      -   1989-90
D. Aves         1      -   2017-18
Atlético        -      2   1945-46; 1948-49
Marítimo        -      2   1994-95; 2000-01
Rio Ave         -      2   1983-84; 2013-14
Estoril         -      1   1943-44
Olhanense       -      1   1944-45
Torreense       -      1   1955-56
Covilhã         -      1   1956-57
Farense         -      1   1989-90
Campomaiorense  -      1   1998-99
U. Leiria       -      1   2002-03
Paços Ferreira  -      1   2008-09
Chaves          -      1   2009-10

23 Maio, 2021 at 10:32 pm Deixe um comentário

Finais da Taça de Portugal

Edição    Época     Vencedor      Finalista
LXXXI    2020-21   Sp. Braga     Benfica         2-0
LXXX     2019-20   FC Porto      Benfica         2-1
LXXIX    2018-19   Sporting      FC Porto        2-2 (5-4 g.p.)
LXXVIII  2017-18   D. Aves       Sporting        2-1
LXXVII   2016-17   Benfica       V. Guimarães    2-1
LXXVI    2015-16   Sp. Braga     FC Porto        2-2 (4-2 g.p.)
LXXV     2014-15   Sporting      Sp. Braga       2-2 (3-1 g.p.)
LXXIV    2013-14   Benfica       Rio Ave         1-0
LXXIII   2012-13   V. Guimarães  Benfica         2-1
LXXII    2011-12   Académica     Sporting        1-0
LXXI     2010-11   FC Porto      V. Guimarães    6-2
LXX      2009-10   FC Porto      Chaves          2-1
LXIX     2008-09   FC Porto      Paços Ferreira  1-0
LXVIII   2007-08   Sporting      FC Porto        2-0 (a.p.)
LXVII    2006-07   Sporting      Belenenses      1-0
LXVI     2005-06   FC Porto      Setúbal         1-0
LXV      2004-05   Setúbal       Benfica         2-1
LXIV     2003-04   Benfica       FC Porto        2-1 (a.p.)
LXIII    2002-03   FC Porto      U. Leiria       1-0
LXII     2001-02   Sporting      Leixões         1-0
LXI      2000-01   FC Porto      Marítimo        2-0
LX       1999-00   FC Porto      Sporting        1-1   2-0
LIX      1998-99   Beira-Mar     Campomaiorense  1-0
LVIII    1997-98   FC Porto      Sp. Braga       3-1
LVII     1996-97   Boavista      Benfica         3-2
LVI      1995-96   Benfica       Sporting        3-1
LV       1994-95   Sporting      Marítimo        2-0
LIV      1993-94   FC Porto      Sporting        0-0   2-1 (a.p.)
LIII     1992-93   Benfica       Boavista        5-2
LII      1991-92   Boavista      FC Porto        2-1
LI       1990-91   FC Porto      Beira-Mar       3-1 (a.p.)
L        1989-90   E. Amadora    Farense         1-1   2-0
XLIX     1988-89   Belenenses    Benfica         2-1
XLVIII   1987-88   FC Porto      V. Guimarães    1-0
XLVII    1986-87   Benfica       Sporting        2-1
XLVI     1985-86   Benfica       Belenenses      2-0
XLV      1984-85   Benfica       FC Porto        3-1
XLIV     1983-84   FC Porto      Rio Ave         4-1
XLIII    1982-83   Benfica       FC Porto        1-0
XLII     1981-82   Sporting      Sp. Braga       4-0
XLI      1980-81   Benfica       FC Porto        3-1
XL       1979-80   Benfica       FC Porto        1-0
XXXIX    1978-79   Boavista      Sporting        1-1   1-0
XXXVIII  1977-78   Sporting      FC Porto        1-1   2-1
XXXVII   1976-77   FC Porto      Sp. Braga       1-0
XXXVI    1975-76   Boavista      V. Guimarães    2-1
XXXV     1974-75   Boavista      Benfica         2-1
XXXIV    1973-74   Sporting      Benfica         2-1 (a.p.)
XXXIII   1972-73   Sporting      V. Setúbal      3-2
XXXII    1971-72   Benfica       Sporting        3-2 (a.p.)
XXXI     1970-71   Sporting      Benfica         4-1
XXX      1969-70   Benfica       Sporting        3-1
XXIX     1968-69   Benfica       Académica       2-1
XXVIII   1967-68   FC Porto      V. Setúbal      2-1
XXVII    1966-67   V. Setúbal    Académica       3-2 (a.p.)
XXVI     1965-66   Sp. Braga     V. Setúbal      1-0
XXV      1964-65   V. Setúbal    Benfica         3-1
XXIV     1963-64   Benfica       FC Porto        6-2
XXIII    1962-63   Sporting      V. Guimarães    4-0
XXII     1961-62   Benfica       V. Setúbal      3-0
XXI      1960-61   Leixões       FC Porto        2-0
XX       1959-60   Belenenses    Sporting        2-1
XIX      1958-59   Benfica       FC Porto        1-0
XVIII    1957-58   FC Porto      Benfica         1-0
XVII     1956-57   Benfica       Sp. Covilhã     3-1
XVI      1955-56   FC Porto      Torreense       2-0
XV       1954-55   Benfica       Sporting        2-1
XIV      1953-54   Sporting      V. Setúbal      3-2
XIII     1952-53   Benfica       FC Porto        5-0
XII      1951-52   Benfica       Sporting        5-4
XI       1950-51   Benfica       Académica       5-1
X        1948-49   Benfica       Atlético        2-1
IX       1947-48   Sporting      Belenenses      3-1
VIII     1945-46   Sporting      Atlético        4-2
VII      1944-45   Sporting      Olhanense       1-0
VI       1943-44   Benfica       Estoril         8-0
V        1942-43   Benfica       V. Setúbal      5-1
IV       1941-42   Belenenses    V. Guimarães    2-0
III      1940-41   Sporting      Belenenses      4-1
II       1939-40   Benfica       Belenenses      3-1
I        1938-39   Académica     Benfica         4-3

23 Maio, 2021 at 10:30 pm

O Pulsar do Campeonato – Taça do Ribatejo – 1/16 de final

(“O Templário”, 20.05.2021)

Na retoma da Taça do Ribatejo – cujo “pontapé de saída” (pré-eliminatória) tinha sido dado já em Outubro, portanto há sete meses! –, agora para disputa da 1.ª eliminatória, correspondente aos 1/16 avos de final, tendo, todavia, sido disputados apenas onze encontros, não houve “tomba-gigantes”, nem, sequer, grandes surpresas. Apuraram-se para os 1/8 avos de final nada menos de 13 clubes primodivisionários, a que se juntam três da divisão secundária (dois deles tendo eliminado adversários do mesmo escalão, e, o terceiro, beneficiando de desistência).

Os três clubes da I Divisão entretanto já afastados da prova (Amiense, Ferreira do Zêzere e Torres Novas) foram, pois, eliminados por rivais do mesmo campeonato.

Destaques – Ainda assim, estiveram em evidência, em especial, o Rio Maior e o Moçarriense. No primeiro caso, os riomaiorenses venceram por 2-1 o Amiense, afastando da prova a turma de Amiais de Baixo, emblema de grandes tradições nesta competição – que já por três vezes se sagrou vencedor do troféu – e que, pela primeira vez, pelo menos nas últimas 13 épocas, falhará a presença nos 1/8 avos de final.

No caso do Moçarriense, “lanterna vermelha” do campeonato, tendo imposto uma igualdade a um golo na deslocação a Torres Novas, revelou-se de plena eficácia no desempate da marca de grande penalidade (converteu seis em outras tantas tentativas), apurando-se também para a fase seguinte, contribuindo assim para agravar a “crise” de resultados dos torrejanos.

Em geral esta eliminatória foi marcada por um acentuado desnível entre as equipas, traduzido em múltiplas goleadas, de que se destacam: os 6-0 aplicados pelo Alcanenense ao Ferreira do Zêzere (conjunto a atravessar período muito difícil, tendo sido também já goleado, na retoma do campeonato, por 7-0, em Samora Correia); assim como as vitórias por 4-0 do U. Tomar em Marinhais e do Mação em Ourém, frente ao At. Ouriense (equipa que lidera a série Norte da II Divisão Distrital, mas que não conseguiu oferecer melhor réplica ao seu poderoso oponente).

No que respeita ao U. Tomar, a equipa unionista encarou este desafio com uma atitude de seriedade e responsabilidade, respeitando o adversário (5.º classificado na série Sul do escalão secundário), acabando por impor-se com naturalidade. Não esteve porém, a salvo de alguns sustos, com o grupo de Marinhais, logo na fase inicial do encontro, a ter duas ou três ocasiões de grande perigo junto da baliza tomarense. Por coincidência, os nabantinos tinham também eliminado, na época passada, este mesmo adversário, e, igualmente, na eliminatória de acesso aos 1/8 avos de final, então em Tomar, e pelo resultado de 4-1, o que, inclusivamente conseguiram agora superar, mesmo actuando em terreno alheio.

Com esta vitória, U. Tomar e Fazendense passam a ser os únicos “totalistas”, que garantiram o apuramento para os 1/8 avos de final em todas as últimas 13 edições da Taça do Ribatejo!.

Confirmações – Foram também por margem dilatada os triunfos obtidos pelos outros quatro clubes da I Divisão que defrontaram rivais do escalão inferior, mesmo tendo jogado também, todos eles, na condição de visitantes: 4-1 da Glória do Ribatejo no “derby”, em Benfica do Ribatejo; e vitórias por 3-0 do Cartaxo, do Abrantes e Benfica e do Entroncamento AC, respectivamente nas Caxarias, em Boleiros (Fátima), frente ao Vasco da Gama, e em Alpiarça, ante o Águias.

Realça-se, assim, o que será a 9.ª participação do grupo da Glória do Ribatejo nos 1/8 avos de final, portanto uma presença assídua em fases relativamente avançadas da prova. Por seu lado, o Entroncamento AC, em função da qualificação agora obtida, irá estrear-se em tal eliminatória.

Nas duas partidas entre formação da II Divisão, o Espinheirense goleou também, em Coruche, o grupo do Rebocho, por 5-2, apurando-se – apenas pela segunda vez nos últimos 13 anos –, para a próxima ronda, eliminatória na qual receberá o U. Tomar; por fim, no Porto Alto, houve lugar à reedição do confronto com o Salvaterrense, que, depois de ali ter vencido por 3-0 na semana anterior, para o campeonato, não foi agora além do empate a uma bola, mas acabando por superiorizar-se no desempate da marca de grande penalidade, conseguindo apurar-se também.

As equipas do Pego e do Pontével (que haviam abdicado da competição logo no início da temporada) e do Aldeiense, Ortiga e Tramagal, as quais decidiram não retomar a actividade neste final de época, desistiram da prova, pelo que Riachense, Samora Correia, Fazendense, Coruchense e Fátima tinham já antecipadamente assegurado presença nos 1/8 avos de final da Taça do Ribatejo, sem necessidade de entrar em campo.

Campeonato de Portugal – O U. Santarém, depois de ter atravessado fase mais difícil a meio da temporada, parece agora revigorado, tendo obtido um excelente triunfo em Condeixa, ganhando por 3-2, o que lhe proporcionou isolar-se no 2.º posto, colocando-se em posição de acesso à futura “Liga 3”, apresentando-se em situação privilegiada, com três pontos de vantagem sobre esse mesmo adversário, a duas rondas do termo desta competição.

Antevisão – No fim-de-semana estarão de regresso os campeonatos distritais. Na I Divisão, o “jogo-grande” da 13.ª (e antepenúltima) jornada será o que coloca frente-a-frente os dois primeiros da classificação, com o U. Tomar a receber o Coruchense, com a turma do Sorraia a poder festejar, desde já, a conquista do título, em caso de vitória, num desafio em que os tomarenses têm também em jogo a ambição de, pelo menos, conseguir alcançar o 2.º lugar final.

Outros encontros de interesse serão também, muito especialmente, o Fazendense-Cartaxo (respectivamente, 6.º e 3.º classificados) e o Samora Correia-Mação (no 8.º e 4.º lugares). Por seu lado, o Rio Maior, recebendo o Riachense, e o Entroncamento, que terá a visita do Moçarriense, enfrentam partidas cruciais na perspectiva da manutenção no escalão principal.

Na II Divisão, a Norte, realce para o Espinheirense-Fátima, actuais 2.º e 3.º classificados, na perseguição ao líder, At. Ouriense, o qual folgará nesta 12.ª ronda. A Sul, o guia, Benavente, recebe o Forense (3.º), enquanto o Salvaterrense (2.º) defronta o Benfica do Ribatejo (5.º).

Na penúltima jornada da fase de apuramento para a “Liga 3”, o U. Santarém terá deslocação de elevado grau de dificuldade, a Alverca, para defrontar o comandante da série, ao qual bastará um ponto para confirmar o apuramento para tal novo escalão, em estreia na próxima época.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 20 de Maio de 2021)

23 Maio, 2021 at 11:00 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Maio 2021
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.