Liga dos Campeões – Final – Paris St.-Germain – Bayern München

23 Agosto, 2020 at 9:53 pm Deixe um comentário

Paris St.-GermainParis St.-Germain – Keylor Navas, Thilo Kehrer, Thiago Silva, Presnel Kinpembe, Juan Bernat (80m – Layvin Kurzawa), Ander Herrera (72m – Julian Draxler), Marquinhos, Leandro Paredes (65m – Marco Verratti), Ángel Di María (80m – Maxim Choupo-Moting), Kylian Mbappé e Neymar

Bayern München Bayern München – Manuel Neuer, Joshua Kimmich, Jérôme Boateng (25m – Niklas Süle), David Alaba, Alphonso Davies, Serge Gnabry (68m – Philippe Coutinho), Thiago Alcântara (86m – Corentin Tolisso), Leon Goretzka, Kingsley Coman (68m – Ivan Perišić), Thomas Müller e Robert Lewandowski

0-1 – Kingsley Coman – 59m

Cartões amarelos – Leandro Paredes (52m), Neymar (81m), Thiago Silva (84m) e Layvin Kurzawa (86m); Alphonso Davies (28m), Serge Gnabry (52m), Niklas Süle (56m) e Thomas Müller (90m)

Árbitro – Daniele Orsato (Itália)

Na segunda Final da Liga dos Campeões disputada no Estádio da Luz, em Lisboa, num intervalo de apenas seis anos, o Bayern evidenciou um colectivo superior ao do Paris Saint-Germain, mais dependente das suas individualidades, culminando uma fantástica campanha, de 11 triunfos em outros tantos jogos disputados na presente edição da “Champions League” – um record inédito. O 500.º golo dos bávaros na prova permitiu ao clube de Munique sagrar-se Campeão Europeu pela sexta vez no seu historial (terceira conquista no actual fomato).

A lista de vencedores, nas 65 edições já disputadas da competição (sob as designações de Taça dos Campeões Europeus e, desde 1992-93, Liga dos Campeões), passou a ser assim ordenada:

  • Real Madrid – 13 (1955-56, 1956-57, 1957-58, 1958-59, 1959-60, 1965-66, 1997-98, 1999-00, 2001-02, 2013-14, 2015-16, 2016-17 e 2017-18)
  • AC Milan – 7 (1962-63, 1968-69, 1988-89, 1989-90, 1993-94, 2002-03 e 2006-07)
  • Liverpool – 6 (1976-77, 1977-78, 1980-81, 1983-84, 2004-05 e 2018-19)
  • Bayern München – 6 (1973-74, 1974-75, 1975-76, 2000-01, 2012-13 e 2019-20)
  • Barcelona – 5 (1991-92, 2005-06, 2008-09, 2010-11 e 2014-15)
  • Ajax – 4 (1970-71, 1971-72, 1972-73 e 1994-95)
  • Inter – 3 (1963-64, 1964-65 e 2009-10)
  • Manchester United – 3 (1967-68, 1998-99 e 2007-08)
  • Benfica – 2 (1960-61 e 1961-62)
  • Nottingham Forest – 2 (1978-79 e 1979-80)
  • Juventus – 2 (1984-85 e 1995-96)
  • FC Porto – 2 (1986-87 e 2003-04)
  • Celtic (1966-67); Feyenoord (1969-70); Aston Villa (1981-82); Hamburg (1982-83); Steaua București (1985-86); PSV Eindhoven (1987-88); Crvena Zvezda (1990-91); Marseille (1992-93); Borussia Dortmund (1996-97); e Chelsea (2011-12).

Entry filed under: Desporto. Tags: , .

Liga Europa – Final – Sevilla-Inter Liga dos Campeões – 2019-20 – Fase Final (Lisboa)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Agosto 2020
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: