Grandes clássicos das competições europeias – (12) AC Milan – Ajax

18 Fevereiro, 2020 at 7:00 pm Deixe um comentário

AC Milan Ajax

 Época Prova Ronda       1.ª Mão                2.ª mão
1968-69 TCE  Final AC Milan-Ajax    4-1 (Sant.Bernabéu,Madrid)
1972-73 STE  Final AC Milan-Ajax    1-0   Ajax-AC Milan    6-0
1994-95 LCE  Grupo Ajax-AC Milan    2-0   AC Milan-Ajax    0-2
1994-95 LCE  Final Ajax-AC Milan    1-0  (Ernst Happel, Viena)
2002-03 LCE   1/4  Ajax-AC Milan    0-0   AC Milan-Ajax    3-2
2003-04 LCE  Grupo AC Milan-Ajax    1-0   Ajax-AC Milan    0-1
2010-11 LCE  Grupo Ajax-AC Milan    1-1   AC Milan-Ajax    0-2
2013-14 LCE  Grupo Ajax-AC Milan    1-1   AC Milan-Ajax    0-0

      Balanço global                J    V    E    D   GM   GS
AC Milan - Ajax                    14    5    4    5   12 – 18

Completaram-se já 50 anos do embate inaugural entre estes dois históricos do futebol europeu – com um balanço global igualado, com cinco vitórias para cada um, apenas desnivelado a nível de golos marcados e sofridos – , disputado no Santiago Bernabéu, em Madrid, na primeira de três finais entre AC Milan e Ajax (um “record”, partilhado com o clássico entre Barcelona e Manchester United), sendo que, no caso presente, uma delas corresponde à 1.ª edição, reconhecida pela UEFA, da Supertaça Europeia.

Para marcar presença naquela Final da Taça dos Campeões Europeus, de 1968-69, o Ajax, com Cruijff, necessitara de três jogos – depois de ter começado por ser derrotado, em Amesterdão, por 3-1, “retribuindo” o mesmo resultado no Estádio da Luz – para superar o Benfica, enquanto o AC Milan, em que alinhava Rivera, deixara pelo caminho os dois precedentes Campeões Europeus (Celtic e Manchester United). Mas, nessa noite, a estrela maior seria o italiano Pierino Prati, que obteve o último “hat-trick” numa Final, até à data.

Um pouco mais de quatro anos volvidos – então com o emblema de Amesterdão já coroado “Rei da Europa”, tendo-se sagrado tri-Campeão Europeu, em 1971, 1972 e 1973 -, precisamente em tal contenda, da Supertaça Europeia, a partida da 2.ª mão ficaria marcada pelos 6-0 infligidos pelo Ajax ao AC Milan, no que constitui a maior derrota de sempre de um clube italiano em jogos a contar para competições da UEFA.

A terceira Final entre ambos os clubes, já na era da “Liga dos Campeões”, disputou-se em 1994-95, em Viena, com o Ajax (com Louis van Gaal a orientar uma “geração dourada”, apenas com Danny Blind e Rijkaard acima de 25 anos, numa equipa na qual pontificavam também nomes como os de Seedorf, Davids, os irmãos De Boer, ou o “menino” Kluivert, autor do solitário tento) a conquistar o seu 4.º título de Campeão Europeu, sucedendo precisamente ao AC Milan (treinado por Fabio Capello, com figuras como Maldini, Baresi e Costacurta – e que, na época precedente, goleara o Barcelona por 4-0, em Atenas).

Por coincidência, as duas formações tinham-se cruzado já, nessa mesma época, na fase de Grupos, e, igualmente, com triunfo dos holandeses em ambos os desafios, por 2-0… E, antes de chegar ao encontro decisivo, o Ajax goleara já o Bayern, nas meias-finais, por 5-2!

Curiosamente, AC Milan e Ajax defrontaram-se em jogos a eliminar numa única ocasião, na temporada de 2002-03, tendo, dessa feita, os rossoneri (liderados por Ancelotti, alinhando com Rui Costa) sido mais fortes, apurando-se mercê de um tangencial 3-2 (com o golo decisivo apontado já em período de compensação), após o nulo em Amesterdão. A turma de Milão afastaria ainda, nas meias-finais, o arqui-rival Inter, antes de ganhar a Final, ante outro emblema italiano, Juventus, no desempate da marca de grande penalidade (na sequência do 0-0 no termo do prolongamento), conquistando o seu 6.º troféu de Campeão Europeu.

Para além da época de 1994-95, as duas equipas integraram o mesmo grupo da Liga dos Campeões por três vezes, em 2003, 2010 e 2013.

Logo na temporada de 2003-04, o AC Milan – em defesa do título averbado na época precedente -, ganhou os dois jogos por igual marca (1-0), vencendo o Grupo (tendo o Ajax sido então o último classificado), vindo a sucumbir, inesperadamente, nos 1/4 de final, ante o Deportivo da Coruña, goleado por 4-0, depois de ter vencido por 4-1 na 1.ª mão, numa edição da Liga dos Campeões conquistada pelo FC Porto.

Em 2010-11, ao empate cedido em casa, contrapôs o Ajax novo triunfo em Milão, o que, contudo, seria insuficiente para se qualificar, posicionando-se atrás do Real Madrid e do AC Milan, com os italianos a caírem na ronda imediata (1/8 de final), batidos pelo Tottenham.

Por fim, em 2013-14, duas igualdades nos confrontos directos, repetindo-se o desfecho da ocasião anterior: Ajax (3.º do grupo, atrás de Barcelona e AC Milan), outra vez eliminado; por seu lado, o conjunto de Milão quedar-se-ia, novamente, pelos 1/8 de final, derrotado nos jogos das duas mãos pelo At. Madrid (tendo sido mesmo goleado por 4-1 em Madrid), na caminhada dos colchoneros para a Final de Lisboa, no Estádio da Luz.

Entry filed under: Desporto. Tags: , .

O Pulsar do Campeonato – 18ª Jornada Grandes clássicos das competições europeias – (11) Juventus – Ajax

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Fevereiro 2020
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
242526272829  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • RT @zepissa: Espero que todos os candidatos apoiem esta proposta... ando nesta luta desde 2014... https://t.co/hfl0V6qW3X 2 hours ago
  • RT @alf_jons: "Não vamos ceder a aventuras" é argumento da candidatura que nos últimos meses inverteu completamente o rumo desportivo, real… 3 hours ago
  • RT @jorgeraa: João Félix, Rúben Dias, Ederson, Renato Sanches, Nélson Semedo, Victor Lindelof, Gonçalo Guedes, todos no top 10 das vendas d… 4 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: