Archive for Outubro, 2018

Prémio Nobel da Economia – 2018

O prémio Nobel da Economia 2018 foi hoje atribuído a Wiliam D. Nordhaus e a Paul M. Romer (EUA), pela associação das alterações climáticas à análise do comportamento da economia e pela integração das inovações tecnológicas na análise macro-económica a longo prazo.

8 Outubro, 2018 at 12:06 pm Deixe um comentário

O Pulsar do Campeonato – Taça de Portugal / Taça do Ribatejo

O pulsar do campeonato - 2018-19 - TPortugal-TRibatejo

(“O Templário”, 04.10.2018)

Repescado da 1.ª eliminatória, o Fátima foi uma das cinco equipas que mais se evidenciaram na 2.ª ronda da Taça de Portugal, a par de Pedras Salgadas, Águeda, Sacavenense e Limianos, tendo eliminado, respectivamente, os seguintes clubes da II Liga: Oliveirense, Académica, Famalicão, Varzim e Mafra. Por seu lado, na jornada inaugural da Taça Ribatejo, o Marinhais averbou, na Glória do Ribatejo, um resultado que ficará para a história de ambas as formações.

Destaques – Recebendo um adversário de escalão superior, o Fátima impôs-se à turma de Oliveira de Azeméis – o que nunca antes conseguira, nas quatro ocasiões em que se haviam cruzado na II Liga, nas épocas de 2009-10 e 2010-11 –, mercê de um solitário tento, o suficiente para passar a ser o único representante do Distrito entre os 64 clubes apurados para a próxima fase da Taça de Portugal, fase a partir da qual entrarão em cena as equipas primodivisionárias.

Na Taça do Ribatejo, no “derby” salvaterrense, entre dois recém-promovidos à divisão principal, de valia sensivelmente aproximada – que, aliás, haviam repartido triunfos por margem tangencial nos jogos que disputaram na época precedente –, o conjunto da Glória do Ribatejo foi desfeiteado, no seu próprio reduto, pela vizinha equipa de Marinhais, sofrendo um desfecho de todo imprevisível, uma rotunda goleada de 6-0, um resultado que, por boas e más razões (consoante a perspectiva…), certamente não será esquecido durante muitos anos.

Merecem ainda referência, pela robusta expressão do “placard”, as vitórias do Cartaxo, também no município de Salvaterra de Magos, ante o Salvaterrense (7-0), assim como do Pego, na recepção ao Aldeiense (5-0), ou do Coruchense (4-0 ao Espinheirense). Por outro lado, é igualmente de assinalar o empate (1-1) imposto pelo Moçarriense, face ao favorito U. Almeirim.

Confirmações – Quanto aos outros dois clubes do Distrito, que agora se despediram da Taça de Portugal, confirmaram-se as dificuldades já antecipadas, no confronto perante grupos de escalão e argumentos superiores: no caso do Torres Novas, foi também goleado, por 4-0, no seu terreno, pelo Maria da Fonte; tendo o U. Tomar sido igualmente batido, por 0-3, pelo Vilafranquense.

Sem, de todo, se questionar a justiça do resultado, este foi um desfecho pesado face ao que ambos os conjuntos apresentaram dentro das quatro linhas, com os tomarenses a registar a sua melhor exibição da temporada, encarando o adversário “olhos nos olhos”, assumindo a iniciativa, sem recear o superior potencial do oponente, nem se refugiar em tácticas defensivas.

Aliás, ao longo dos primeiros 45 minutos, e, à medida que o relógio avançava, e o grupo ia ganhando confiança – perante uma formação vilafranquense que sempre denotou respeitar o adversário – várias vezes a imagem que transpareceu foi a de que este terá sido o jogo no qual o U. Tomar se sentiu porventura mais “confortável” a explanar o seu fio de jogo, mais consentâneo face ao tipo de futebol praticado no escalão superior àquele em que milita. Assim, num encontro bastante repartido, sem que tivesse havido registo de soberanas oportunidades de golo, o nulo que se registava ao intervalo era um bom prémio ao esforço de todos os unionistas.

Para a segunda metade, era expectável que o conjunto de Vila Franca de Xira entrasse mais pressionante e a colocar maior intensidade no jogo. Não obstante, acabou por ser algo fortuita a forma como, ainda cedo, antes do quarto de hora, chegou ao tento inaugural, numa transição rápida, a “queimar” a linha de fora-de-jogo. Apesar da situação de desvantagem, o União não se ressentiu, prosseguindo a sua boa actuação, pese embora o guardião Nuno Ribeiro tenha sido, então, chamado a duas ou três notáveis intervenções, em salvaguarda da sua baliza, enquanto, na zona nevrálgica do terreno, o capitão Nuno Rodrigues ia pautando o jogo da sua equipa.

A quatro minutos do final, os nabantinos dispuseram de uma flagrante oportunidade para igualar o marcador, com a bola, com um efeito caprichoso, a “desviar-se” milimetricamente das redes contrárias. No lance imediato, outra vez muito rápido, e, também, a suscitar eventuais dúvidas sobre a sua regularidade, os visitantes ampliavam para 2-0, sentenciando a eliminatória. O terceiro golo, apontado em cima dos 90 minutos foi já castigo excessivo para o labor unionista, que, dentro das suas condicionantes, perdeu (bem) o jogo, mas terá ganho uma equipa…

Surpresas – Para além das proezas já antes referidas em relação à Taça de Portugal, que resultaram na eliminação de cinco equipas da II Liga (a que acresce o apuramento, perante equipas do Nacional, de Vila Real e Silves, ambos a militar nos Distritais), a principal surpresa da Taça do Ribatejo foi o empate do Ortiga frente ao U. Santarém (1-1), com os escalabitanos a evitar o desaire apenas já na fase derradeira do encontro.

De assinalar, ainda, igual desfecho no Benavente-Fazendense. Em relação ao 2-0 com que o Pontével derrotou os Empregados do Comércio – grupo recém-despromovido da I Divisão – só mais adiante será possível aquilatar se se terá tratado efectivamente de uma surpresa.

Antevisão – Neste fim-de-semana estão de regresso os campeonatos, com as atenções focadas num “clássico” entre dois históricos do futebol distrital, U. Santarém-U. Almeirim, de prognóstico reservado; assim como, em paralelo, no Fazendense-U. Tomar, com os tomarenses, em mais um difícil desafio, ansiando por colocar termo à “seca” de golos, assim como retomar o rumo dos resultados positivos, procurando colocar termo a uma prolongada série de desaires, já de quatro partidas (antes disso, agendado para o feriado de 5 de Outubro, os tomarenses disputarão o jogo que foi adiado da jornada inicial da Taça do Ribatejo, recebendo o Tramagal).

Na I Divisão, menção ainda a outros confrontos de especial interesse: Alcanenense-Cartaxo, Samora Correia-Torres Novas, para além da curiosidade de Amiense e Ferreira do Zêzere se reencontrarem (agora em Amiais de Baixo), imediatamente após, no passado domingo, os ferreirenses terem ganho, em casa, por 1-0, em jogo da Taça.

A II Divisão terá a sua jornada inaugural, com a estreia absoluta da equipa “B” do União de Tomar, a receber a regressada formação do Sardoal. Por seu lado, o Riachense defronta o Tramagal, enquanto o também revindo Abrantes e Benfica (no âmbito da fusão operada com a U. Abrantina) terá a visita do Aldeiense. A Sul, destaque para o Rio Maior-Moçarriense.

Por fim, no Nacional, o Fátima terá uma difícil deslocação a Sintra, onde encontrará o líder, Sintrense, enquanto o Mação, numa curta viagem até Oleiros, procurará – entretanto já com Rui Gaivoto a substituir José Torcato – quebrar o enguiço de cinco derrotas consecutivas.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 4 de Outubro de 2018)

7 Outubro, 2018 at 11:00 am Deixe um comentário

Prémio Nobel da Paz – 2018

O prémio Nobel da Paz 2018 foi hoje atribuído a Denis Mukwege (R. D. Congo) e Nadia Murad (Iraque), pelo trabalho desenvolvido na erradicação da violência sexual como arma de guerra.

5 Outubro, 2018 at 12:32 pm Deixe um comentário

Liga Europa – 2ª Jornada – Resultados e Classificações

Grupo E
Qarabağ – Arsenal – 0-3
Vorskla Poltava – Sporting – 1-2

1º Arsenal e Sporting, 6; 3º Vorskla Poltava e Qarabağ, 0

(mais…)

4 Outubro, 2018 at 9:55 pm Deixe um comentário

Liga dos Campeões – 2ª Jornada – Resultados e Classificações

Grupo A
B. Dortmund – Monaco – 3-0
At. Madrid – Brugge – 3-1

1º B. Dortmund e At. Madrid, 6; 3º Brugge e Monaco, 0

Grupo B
PSV – Inter – 1-2
Tottenham – Barcelona – 2-4

1º Barcelona e Inter, 6; 3º Tottenham e PSV, 0

Grupo C
Paris St.-Germain – Crvena Zvezda – 6-1
Napoli – Liverpool – 1-0

1º Napoli, 4; 2º Paris St.-Germain e Liverpool, 3; 4º Crvena Zvezda, 1

Grupo D
Lokomotiv Moskva – Schalke 04 – 0-1
FC Porto – Galatasaray – 1-0

1º FC Porto e Schalke 04, 4; 3º Galatasaray, 3; 4º Lokomotiv Moskva, 0

Grupo E
AEK – Benfica – 2-3
Bayern – Ajax – 1-1

1º Ajax e Bayern, 4; 3º Benfica, 3; 4º AEK, 0

Grupo F
Hoffenheim – Manchester City – 1-2
Lyon – Shakhtar Donetsk – 2-2

1º Lyon, 4; 2º Manchester City, 3; 3º Shakhtar Donetsk, 2; 4º Hoffenheim, 1

Grupo G
Roma – Viktoria Plzeň – 5-0
CSKA Moskva – Real Madrid – 1-0

1º CSKA Moskva, 4; 2º Roma e Real Madrid, 3; 4º Viktoria Plzeň, 1

Grupo H
Manchester United – Valencia – 0-0
Juventus – Young Boys – 3-0

1º Juventus, 6; 2º Manchester United, 4; 3º Valencia, 1; 4º Young Boys, 0

3 Outubro, 2018 at 9:55 pm Deixe um comentário

Prémio Nobel da Química – 2018

O prémio Nobel da Química 2018 foi hoje atribuído aos investigadores Frances H. Arnold (EUA), George P. Smith (EUA) e Gregory P. Winter (Reino Unido), pela utilização dos princípios da evolução para desenvolver proteínas que possibilitem resolver os problemas químicos da humanidade.

3 Outubro, 2018 at 1:39 pm Deixe um comentário

Liga dos Campeões – 2ª Jornada – A.E.K. – Benfica

A.E.K. – Vassilis Barkas, Michalis Bakakis, Marios Oikonomou (68m – Uroš Ćosić), Dmytro Chygrynskiy, Niklas Hult, Tasos Bakasetas, Kostas Galanopoulos, Viktor Klonaridis, André Simões (79m – Rodrigo Galo), Petros Mantalos e Ezequiel Ponce (60m – Giorgos Giakoumakis)

BenficaBenfica – Odysseas Vlachodimos, André Almeida, Rúben Dias, Germán Conti, Álex Grimaldo, Ljubomir Fejsa, Eduardo Salvio (46m – Cristián Lema), Pizzi (62m – Alfa Semedo), Gedson Fernandes, Rafa Silva (84m – Franco Cervi) e Haris Seferović

0-1 – Haris Seferović – 6m
0-2 – Alex Grimaldo – 15m
1-2 – Viktor Klonaridis – 53m
2-2 – Viktor Klonaridis – 63m
2-3 – Alfa Semedo – 74m

Cartões amarelos – Ezequiel Ponce (34m) e Tasos Bakasetas (40m); Rúben Dias (8m), André Almeida (79m) e Alex Grimaldo (90m)

Cartão vermelho – Rúben Dias (45m)

Árbitro – Orel Grinfeld (Israel)

Costuma dizer-se que os jogos têm, por vezes, “duas partes distintas”; este teve-as de facto, mas com uma repartição peculiar a nível de tempo de jogo…

O Benfica começou por ter uma entrada fulgurante, marcando dois golos num fantástico quarto de hora inicial (recarga oportuna de Seferović, após defesa incompleta a remate de Gedson e um curioso golo de cabeça de Grimaldo, a surgir isolado na área, junto ao segundo poste, a centro de Pizzi), aproveitando da melhor forma as fragilidades defensivas patenteadas pelo adversário – podia, inclusivamente, ter chegado antes ao segundo golo, noutras duas boas oportunidades, por Seferović e Fejsa, “salvas in-extremis” -, o que se supunha o colocaria a salvo de qualquer percalço; porém, a partir do meio da primeira parte, baixando o ritmo, cedendo a iniciativa ao adversário, perderia também o controlo do jogo, o que se agravaria drasticamente com a expulsão de Rúben Dias, sancionado por uma entrada excessivamente impetuosa.

No curto intervalo de dez minutos – tal como sucedera com a equipa portuguesa na metade inicial do desafio -, aproveitando o completo desnorte dos benfiquistas – com uma defesa completamente improvisada, com Conti e Lema pela primeira vez a jogarem juntos no eixo central -, incapazes de suster as investidas contrárias, o A.E.K. apontou também dois tentos, igualando o marcador, mas denotando então uma tendência de superioridade que, tudo apontava, conduziria a uma tão inesperada como gravosa reviravolta no resultado.

Logo depois de Vlachodimos – uma vez mais a grande nível, com intervenções determinantes – ter, com uma soberba intervenção, evitado o terceiro golo de Klonaridis, valeria então a acção de Alfa Semedo, que entrara com a missão de procurar reforçar o meio-campo, visando o reequilíbrio do jogo e a contenção do adversário o mais longe possível da zona defensiva, mas que, melhor que isso, numa excelente iniciativa individual – com grande similitude com o golo de Éder na final do Europeu, em 2016 -, se foi libertando dos oponentes que o procuravam travar, conseguindo, com um magnífico remate de meia distância, visar com êxito a baliza, assim recolocando – completamente “contra a corrente do jogo” -, o Benfica em vantagem!

Até final, a partida mudaria novamente – de forma radical -, de figura, então com os gregos a acusar sobremaneira o golo, já sem capacidade de reagir outra vez à sua “desventura”, numa partida que, pelas suas incidências, acabou por ter um desfecho bem lisonjeiro para as cores benfiquistas.

2 Outubro, 2018 at 9:58 pm Deixe um comentário

Prémio Nobel da Física – 2018

O prémio Nobel da Física 2018 foi hoje atribuído  aos investigadores Arthur Ashkin (EUA), Gérard Mourou (França) e Donna Strickland (Canadá), pelas suas invenções no campo da física do laser.

2 Outubro, 2018 at 11:23 am Deixe um comentário

Prémio Nobel da Medicina – 2018

O prémio Nobel da Medicina 2018 foi hoje atribuído  aos investigadores James P. Allison (EUA) e Tasuku Honjo (Japão), pelas suas descobertas a nível da imunoterapia do cancro.

1 Outubro, 2018 at 11:25 am Deixe um comentário

Artigos mais recentes


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Outubro 2018
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

  • @Fever_PitchFC O que o Henrique Araújo mais tem é dificuldade em se expressar... 6 hours ago
  • RT @OPastel1: BSAD - é a designação oficial da sociedade do Jamor. Espero que amanhã nenhum órgão de comunicação social se “engane”… https… 8 hours ago
  • RT @goitiatenis: ¡PARA LA HISTORIA! Djokovic venció 5-7, 2-6, 6-3, 6-2 y 6-2 a Sinner en Wimbledon y entre el serbio, Nadal y Federer hay a… 9 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.