Liga dos Campeões – 2ª Jornada – A.E.K. – Benfica

2 Outubro, 2018 at 9:58 pm Deixe um comentário

A.E.K. – Vassilis Barkas, Michalis Bakakis, Marios Oikonomou (68m – Uroš Ćosić), Dmytro Chygrynskiy, Niklas Hult, Tasos Bakasetas, Kostas Galanopoulos, Viktor Klonaridis, André Simões (79m – Rodrigo Galo), Petros Mantalos e Ezequiel Ponce (60m – Giorgos Giakoumakis)

BenficaBenfica – Odysseas Vlachodimos, André Almeida, Rúben Dias, Germán Conti, Alex Grimaldo, Ljubomir Fejsa, Eduardo Salvio (46m – Cristián Lema), Pizzi (62m – Alfa Semedo), Gedson Fernandes, Rafa Silva (84m – Franco Cervi) e Haris Seferović

0-1 – Haris Seferović – 6m
0-2 – Alex Grimaldo – 15m
1-2 – Viktor Klonaridis – 53m
2-2 – Viktor Klonaridis – 63m
2-3 – Alfa Semedo – 74m

Cartões amarelos – Ezequiel Ponce (34m) e Tasos Bakasetas (40m); Rúben Dias (8m), André Almeida (79m) e Alex Grimaldo (90m)

Cartão vermelho – Rúben Dias (45m)

Árbitro – Orel Grinfeld (Israel)

Costuma dizer-se que os jogos têm, por vezes, “duas partes distintas”; este teve-as de facto, mas com uma repartição peculiar a nível de tempo de jogo…

O Benfica começou por ter uma entrada fulgurante, marcando dois golos num fantástico quarto de hora inicial (recarga oportuna de Seferović, após defesa incompleta a remate de Gedson e um curioso golo de cabeça de Grimaldo, a surgir isolado na área, junto ao segundo poste, a centro de Pizzi), aproveitando da melhor forma as fragilidades defensivas patenteadas pelo adversário – podia, inclusivamente, ter chegado antes ao segundo golo, noutras duas boas oportunidades, por Seferović e Fejsa, “salvas in-extremis” -, o que se supunha o colocaria a salvo de qualquer percalço; porém, a partir do meio da primeira parte, baixando o ritmo, cedendo a iniciativa ao adversário, perderia também o controlo do jogo, o que se agravaria drasticamente com a expulsão de Rúben Dias, sancionado por uma entrada excessivamente impetuosa.

No curto intervalo de dez minutos – tal como sucedera com a equipa portuguesa na metade inicial do desafio -, aproveitando o completo desnorte dos benfiquistas – com uma defesa completamente improvisada, com Conti e Lema pela primeira vez a jogarem juntos no eixo central -, incapazes de suster as investidas contrárias, o A.E.K. apontou também dois tentos, igualando o marcador, mas denotando então uma tendência de superioridade que, tudo apontava, conduziria a uma tão inesperada como gravosa reviravolta no resultado.

Logo depois de Vlachodimos – uma vez mais a grande nível, com intervenções determinantes – ter, com uma soberba intervenção, evitado o terceiro golo de Klonaridis, valeria então a acção de Alfa Semedo, que entrara com a missão de procurar reforçar o meio-campo, visando o reequilíbrio do jogo e a contenção do adversário o mais longe possível da zona defensiva, mas que, melhor que isso, numa excelente iniciativa individual – com grande similitude com o golo de Éder na final do Europeu, em 2016 -, se foi libertando dos oponentes que o procuravam travar, conseguindo, com um magnífico remate de meia distância, visar com êxito a baliza, assim recolocando – completamente “contra a corrente do jogo” -, o Benfica em vantagem!

Até final, a partida mudaria novamente – de forma radical -, de figura, então com os gregos a acusar sobremaneira o golo, já sem capacidade de reagir outra vez à sua “desventura”, numa partida que, pelas suas incidências, acabou por ter um desfecho bem lisonjeiro para as cores benfiquistas.

Anúncios

Entry filed under: Desporto. Tags: , , , .

Prémio Nobel da Física – 2018 Prémio Nobel da Química – 2018

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Outubro 2018
S T Q Q S S D
« Set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: