O Pulsar do Campeonato – 5ª Jornada

16 Outubro, 2016 at 11:00 am Deixe um comentário

pulsar-5

(“O Templário”, 13.10.2016)

Temos campeonato! Ou como, num ápice, tudo pode mudar. De facto, na sequência dos resultados da 5.ª jornada da I Divisão Distrital, o desequilíbrio que aqui tinha assinalado parecer começar a manifestar-se, foi prontamente anulado, com um reagrupamento na frente da tabela, agora com os cinco primeiros classificados separados somente por dois pontos – sendo oito os clubes compreendidos num curto intervalo de apenas três pontos –, tendo passado a registar-se uma liderança partilhada, precisamente entre os dois principais candidatos ao título.

Destaques – O grande realce da última ronda vai para a vitória do Mação sobre o Coruchense, por 2-1, assim interrompendo a senda triunfal da formação de Coruche, que viu, também, pela primeira, as suas balizas violadas. Por curiosidade, nesta altura, União de Tomar e Coruchense registam as defesas menos batidas – tendo consentido somente dois golos, em ambos os casos, sofridos em Mação. Os maçaenses, que repartem agora o 4.º posto com os tomarenses, reafirmam portanto a sua candidatura aos lugares cimeiros, com a credencial de terem desfeiteado já dois oponentes do nível das turmas do Sorraia e do Nabão.

O principal beneficiado do desaire do grupo de Coruche foi o Riachense, que, prosseguindo a sua campanha segura, foi vencer a Ourém, face ao At. Ouriense, por tangencial 1-0, o necessário e suficiente para se alcandorar à posição de comandante (igualando em pontos o Coruchense).

Quem continua também a fazer sensação é o Samora Correia – agora o único clube ainda invicto! –, tendo conseguido forçar um nulo na deslocação a Tomar, numa partida com duas partes distintas: uma primeira metade em que ambos os conjuntos encaixaram um no outro, sem que se tivessem assinalado grandes ocasiões de perigo; na etapa complementar, veio ao de cima a maior pujança unionista, que remeteu o adversário para a sua zona defensiva, acabando contudo o União por ser penalizado pelas dificuldades que vem denotando a nível de concretização, com tradução no facto de apenas ter apontado seis tentos em cinco jornadas. Deste modo, os samorenses continuam a pontificar na frente da pauta classificativa, pese embora tenham baixado uma posição, para o 3.º lugar.

Surpresa – Não terá sido um resultado de todo inesperado – recorde-se que o Pego derrotara já uma equipa com o potencial do Fazendense (para além de ter ido vencer também a Ourém) –, mas talvez não se esperasse a “facilidade” com que os pegachos se desembaraçaram do Cartaxo, ganhando por 4-2, frente a uma formação cartaxense, por agora, muito aquém do desempenho da época passada, ocupando aliás posição de risco na classificação, com um modesto 11.º lugar.

Confirmações – Para além do categórico triunfo do Fazendense sobre o Benavente (4-1), que coloca a formação das Fazendas também na compita pelos lugares de topo da tabela – enquanto, ao invés, os benaventenses somaram preocupante quinto desaire sucessivo – também o Amiense confirmou o poderio que usualmente revela nos jogos disputados no seu terreno, derrotando o U. Almeirim (3-1), com os almeirinenses igualmente com um arranque difícil, bastante abaixo das expectativas (apenas cinco pontos averbados, que lhe conferem um discreto 10.º lugar).

Por fim, confirmam-se também as dificuldades que o grupo de Torres Novas vem evidenciando, sofrendo mais uma derrota (a quarta em cinco jogos, a que se soma a registada na Taça do Ribatejo), perdendo na Ribeira de Santarém, ante os Empregados do Comércio, igualmente por 3-1. Os torrejanos mantêm assim a penúltima posição, somente com um único ponto.

II Divisão Distrital – Teve início o campeonato distrital da II Divisão, com um total de 18 clubes concorrentes, repartidos em duas séries. Na ronda inaugural, na Série A, destaque para os categóricos triunfos do Caxarias (4-1) na recepção ao estreante Aldeiense, e do Ferreira do Zêzere no Tramagal (3-0). Na Série B, realce para as vitórias do Benfica do Ribatejo sobre o Barrosense (3-1) e do U. Santarém frente ao Moçarriense (3-2).

Campeonato de Portugal – O Fátima voltou aos resultados positivos, ganhando por 1-0 ao U. Leiria (tento apontado mesmo ao “cair do pano”), o que lhe permite (com quatro triunfos obtidos em cinco encontros disputados), ainda com um jogo a menos, voltar a subir ao 3.º lugar, a quatro pontos do líder, Sertanense. Por seu lado, o Alcanenense não foi além do nulo na recepção ao Vilafranquense, posicionando-se a meio da tabela, com quatro pontos de margem em relação à “linha de água”, após a disputa do primeiro terço desta fase inicial do campeonato.

Antevisão – Na próxima jornada do Distrital da I Divisão, as atenções estarão focadas, em especial, no Riachense-Fazendense e no Cartaxo-União de Tomar, desafios nos quais, em ambos os casos, não deverá certamente repetir-se o desequilíbrio verificado na temporada transacta, então com duas goleadas dos grupos visitados (curiosamente por igual marca, de 6-1).

O outro líder, Coruchense, apresenta-se como natural favorito na recepção ao Pego. Uma menção final ainda ao Torres Novas-Amiense, um encontro já a revestir-se de contornos determinantes para o futuro dos torrejanos na prova, a necessitar urgentemente de pontuar para inverter a negativa tendência de arranque.

Na II Divisão Distrital, o Ferreira do Zêzere terá a visita do U. Atalaiense, enquanto, a Sul, o Glória do Ribatejo (que folgou na ronda inicial) se estreia recebendo o U. Santarém.

O Campeonato de Portugal volta a sofrer breve pausa, para disputa da eliminatória correspondente aos 1/32 de final da Taça de Portugal, na qual participam já os clubes da I Liga. Precisamente, o Alcanenense defronta o Feirense, clube a militar no principal escalão, onde vem marcando prestação positiva, enquanto, por seu lado, o Fátima é visitado pelo destacado “lanterna vermelha” da II Liga, Olhanense.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 13 de Outubro de 2016)

Anúncios

Entry filed under: Tomar.

Prémio Nobel da Literatura – 2016 Liga dos Campeões – 3ª Jornada (D. Kiev – Benfica)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Outubro 2016
S T Q Q S S D
« Set   Nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: