O Pulsar do Campeonato – Taça do Ribatejo – 1/4 de final

6 Março, 2016 at 11:00 am Deixe um comentário

Pulsar - TRibatejo-1-4-final

(“O Templário”, 03.03.2016)

Numa ronda (1/4 de final) em que acabou por imperar alguma lógica, estão apurados os semi-finalistas da Taça do Ribatejo, tendo Riachense e Mação imposto o factor casa, enquanto Amiense e Fazendense, actuando em terreno alheio, confirmaram o seu favoritismo, no caso da turma de Fazendas de Almeirim, apenas no desempate da marca de grande penalidade.

A título de curiosidade, anote-se que, destes quatro emblemas, Riachense, Amiense e Fazendense integram precisamente o lote dos clubes com mais troféus conquistados na prova (três cada), sendo que o Mação conta também já com um título nesta competição. Entre eles, somam nada menos de oito Taças do Ribatejo ganhas nas últimas onze edições realizadas.

Destaque – Disputando como que uma “final antecipada”, em Riachos, as equipas do Riachense e do União de Tomar protagonizaram um desafio de grande intensidade, jogado a “alta rotação”, com ambas as equipas a jogar o jogo pelo jogo, em busca do golo e da vitória, do que resultaria um par de boas oportunidades de golo para cada formação, contudo não concretizadas até final da primeira metade do encontro.

Na fase inicial da segunda parte, o cariz da partida não se alteraria, vindo o Riachense a inaugurar o marcador, colocando-se assim em vantagem, a qual, contudo, seria de curta duração, com o União de Tomar a restabelecer a igualdade apenas quatro minutos volvidos… a qual, porém, perduraria apenas mais dois minutos, até ao segundo tento do grupo visitado, a retomar a liderança do marcador.

Faltavam então cerca de vinte minutos para o termo do prélio, vindo a ansiedade a crescer progressivamente nas hostes unionistas, ao passo que a turma da casa ia baixando as linhas, povoando mais o seu meio campo, passando então as ocasiões de perigo a rarear.

Já a cruzar a passagem dos noventa minutos, o árbitro não terá visto uma infracção do guardião riachense, em plena área de rigor, a apoiar-se nas costas de Wemerson, como que a servir de “trampolim”, para socar a bola, afastando-a da zona de risco, derrubando o avançado do União.

Em conclusão, um triunfo do Riachense por tangencial 2-1, que acaba por se justificar, em função da maior iniciativa assumida, com a formação nabantina a ser penalizada pelas falhas cometidas, que proporcionaram os dois tentos do adversário, vendo mais uma vez adiada a ambição de conquista deste troféu. Ainda uma referência final à novidade que constituiu a transmissão integral do encontro, em directo, em vídeo, pela Internet, uma iniciativa de enaltecer da Hertz, a levar as imagens do jogo a todo o mundo da diáspora tomarense.

Surpresa – Como referido inicialmente, não chegou a haver surpresa nesta eliminatória, mas, mais uma vez, quem mais próximo esteve de o conseguir foi o habitual ocupante desta secção, o Moçarriense, a forçar um nulo na recepção ao Fazendense, vindo a ser eliminado apenas na designada “lotaria dos penalties”.

Confirmações – Terminou também a sua campanha na prova um dos heróis da eliminatória anterior (em que afastara o Fátima), com a U. Abrantina, desta feita, a não conseguir evitar a derrota, pese embora pela margem mínima, mercê de um único tento apontado pela equipa do Mação, que somava à sua condição de favorito o facto de actuar no seu terreno.

Por fim, já não há equipas sobreviventes da II Divisão Distrital na Taça do Ribatejo (nas últimas duas edições, o Glória do Ribatejo, militando no escalão secundário, bisara a presença nas meias-finais), em função do (difícil) triunfo alcançado pelo Amiense em Ferreira do Zêzere, também por tangencial 2-1.

Campeonato de Portugal Prio – Na série  F (fase de manutenção), o Alcanenense obteve mais um resultado bem positivo, vencendo o Peniche por 3-1, consolidando o 2.º posto, somente a um ponto do líder, Caldas, mas, mais importante, dilatando já para confortáveis dez pontos a vantagem sobre a “linha de água” (com Sertanense e Águias do Moradal a repartirem agora o 6.º e 7.º lugares). Ao invés, na série H, o Coruchense, perdendo por tangencial 0-1 em Torres Vedras, ante o Torreense, praticamente hipotecou a possibilidade de alcançar a manutenção automática, dado distar já sete pontos do adversário mais próximo, agora o Sintrense; a luta será com o Sacavenense, visando manter a 6.ª posição (que continua a partilhar com a formação de Sacavém), a qual dará acesso a um “play-off”… que poderá ser de “salvação”.

Antevisão – No próximo fim-de-semana são retomados os campeonatos distritais, com a disputa da 20.ª jornada na I Divisão, na qual avultam os confrontos U. Tomar-Fazendense e Mação-Cartaxo. Em Fátima, menção ao “derby” municipal, com o líder amplamente favorito na recepção ao At. Ouriense. Na luta pela manutenção, realce para o U. Abrantina-Rio Maior, que poderá vir ainda “baralhar” mais as contas, em caso de triunfo do conjunto de Abrantes.

A II Divisão Distrital atinge a penúltima ronda desta 1.ª fase, ainda com algumas decisões por definir. A Norte, com Ferreira do Zêzere e Pego já apurados para a fase de apuramento de Campeão (e de promoção ao escalão principal), folgando o Alferrarede, a atenção estará focada no Caxarias-At. Pernes, com a equipa de Marco Marques também com uma ténue esperança de que o U. Santarém possa eventualmente sofrer algum deslize no Tramagal. A Sul, com os quatro primeiros encaixados num intervalo de apenas dois pontos, o campeonato está ao “rubro”, pelo que serão cruciais todos os quatro desafios da jornada: Porto Alto-Glória do Ribatejo, Forense-Benavente, Marinhais-Samora Correia e Benfica do Ribatejo-Barrosense.

No “Campeonato de Portugal”, o Alcanenense desloca-se precisamente ao terreno do líder, Caldas, cabendo ao Coruchense, por coincidência, receber também o guia da sua série, Loures.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 3 de Março de 2016)

Anúncios

Entry filed under: Tomar.

Óscares – 2016 – Vencedores Liga dos Campeões – 1/8 Final (2ª mão) – Zenit – Benfica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Março 2016
S T Q Q S S D
« Fev   Abr »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • RT @SebastienRiglet: Manuel Valls annonce qu'il quitte le PS. Une annonce qui a le mérite de m'apprendre qu'il y était encore #valls 2 hours ago
  • RT @sergiolavos: Tem de se fazer qualquer coisa já, antes que aconteça uma tragédia. Já mesmo, não é fazer-se um estudo, como disse o minis… 11 hours ago
  • RT @ruimtovar: Felix Mourinho (1938-2017) 😢 o único guarda-redes a defender penáltis de Matateu (CFB 1957), Eusébio (SLB 1961) e Yazalde (S… 11 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: