Archive for 3 Novembro, 2015

Liga dos Campeões – 4ª Jornada (Benfica – Galatasaray)

BenficaBenfica – Júlio César, Sílvio, Jardel, Luisão, Eliseu, Gonçalo Guedes (73m – Mehdi Carcela-González), André Almeida, Talisca (90m – Bryan Cristante), Nico Gaitán, Raúl Jiménez e Jonas (81m – Pizzi)

GalatasarayGalatasaray – Fernando Muslera, Jason Denayer (74m – Emre Çolak), Aurélien Chedjou, Hakan Balta, Olcan Adın, Sabri Sarıoğlu, Selçuk İnan, Bilal Kisa (69m – Yasin Öztekin), Lukas Podolski, Wesley Sneijder e Burak Yılmaz (74m – Umut Bulut)

1-0 – Jonas – 52m
1-1 – Lukas Podolski – 58m
2-1 – Luisão – 67m

Cartões amarelos – André Almeida (31m), Gonçalo Guedes (43m), Nico Gaitán (44m) e Sílvio (56m); Burak Yılmaz (41m), Selçuk İnan (55m) e Olcan Adın (90m)

Cartão vermelho – Nico Gaitán (85m)

Árbitro – Milorad Mažić (Sérvia)

Depois do desaire sofrido em Istambul, a equipa do Benfica tinha plena consciência de que este era o “jogo-chave” da qualificação, que lhe permitiria “rentabilizar” o excelente triunfo alcançado em Madrid, face ao favorito At. Madrid.

Pretendendo assumir a iniciativa do jogo, a equipa portuguesa revelar-se-ia contudo falha de velocidade e intensidade, com reduzida dinâmica, facilitando a tarefa defensiva da formação turca.

Já no segundo tempo, e logo na sua fase inicial, o Benfica conseguiria desbloquear a situação, inaugurando o marcador, colocando-se em importante posição de vantagem.

Todavia, tal posição seria de muito curta duração; em mais uma falha defensiva, o oportuno Lukas Podolski não perdoaria, voltando a marcar, como fizera já em Istambul, restabelecendo a igualdade.

Receou-se que a equipa portuguesa pudesse acusar o tento sofrido e passar por fase de alguma intranquilidade. Valeria então a decisão de Luisão, de forma determinada, a dar novamente preciosa vantagem ao Benfica.

Que, então, a equipa benfiquista conseguiria preservar, de forma mais concentrada, não permitindo grandes veleidades ao Galatasaray.

Um desfecho que deixa caminho aberto para o apuramento, podendo chegar, para consumar tal objectivo, um empate no Cazaquistão.

3 Novembro, 2015 at 9:34 pm Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Novembro 2015
S T Q Q S S D
« Out   Dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • Só o Sp. Braga e o Gent não perderam qualquer jogo na fase de grupos da Liga Europa! 2 hours ago
  • RT @laligaennumeros: Y hasta aquí llegó el récord 🤷🏼‍♂️ Más partidos seguidos sin perder en competición europea: 2⃣6⃣ 🇪🇸@RCDEspanyol (2006… 10 hours ago
  • RT @SexoGratweeto: A compra da Media Capital pela Cofina provavelmente vai ser esquecida, mas daqui a uns anos quando já for impossível de… 10 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.