Archive for Junho, 2011

Festa dos Tabuleiros – Tomar – 2 a 11 de Julho

30 Junho, 2011 at 8:45 pm Deixe um comentário

Há limites para os sacrifícios que se podem exigir ao comum dos cidadãos (?)

09.03.2011Discurso de tomada de Posse do Presidente da República«Há limites para os sacrifícios que se podem exigir ao comum dos cidadãos.»

11.05.2011 – «O PSD acha que o aumento de impostos que já está previsto por este Governo (demissionário e liderado pelo socialista José Sócrates) e no documento que assinámos com a ‘troika’ da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional já é mais do que suficiente. Não é preciso fazer mais aumento de impostos.» – Pedro Passos Coelho, em campanha no distrito de Vila Real.

30.06.2011Primeiro discurso do Primeiro-Ministro no Parlamento – após a tomada de posse do novo Governo no dia 21 de Junho, e da apresentação, anteontem, do Programa do Governo -, anunciando a necessidade de medidas extraordinárias adicionais:

«O Governo está a preparar a adopção, com carácter extraordinário, de uma Contribuição Especial para o Ajustamento Orçamental que incidirá sobre todos os rendimentos que estão sujeitos a englobamento no IRS, respeitando o princípio da universalidade, isto é, abrangendo todos os tipos de rendimento. Esta medida cujo detalhe técnico está ainda a ser ultimado será apresentada nas próximas duas semanas. Mas posso adiantar que a intenção é que o peso desta medida fiscal temporária seja equivalente a 50 por cento do subsídio de Natal acima do salário mínimo nacional. Esta Contribuição Especial apenas vigorará no ano de 2011.»

30 Junho, 2011 at 7:19 pm 1 comentário

Censos 2011

«Somos 10 555 853 residentes, constituímos 4 079 577 famílias e dispomos de 5 879 845 alojamentos em 3 550 823 edifícios» são os dados-chave do “Censos 2011 – V recenseamento geral da habitação“, realizado tendo por data de referência o passado dia 21 de Março.

De acordo com os resultados preliminares verificou-se um ligeiro crescimento da população em relação a 2001: a população residente cresceu cerca de 1,9% e a população presente cerca de 3,2%.

As famílias apresentam um crescimento mais significativo, cerca de 11,6%. Relativamente a 2001, verifica-se também um elevado crescimento dos alojamentos e dos edifícios, cerca de 16,3% e 12,4%, respectivamente.

Os maiores crescimentos da população e das famílias, bem como dos alojamentos e edifícios, ocorreram nas regiões do Algarve e Autónoma da Madeira.

30 Junho, 2011 at 2:34 pm Deixe um comentário

20 mil fotos de Henri Cartier-Bresson

O site alafoto.com disponibiliza cerca de 20 mil imagens do fotógrafo francês Henri Cartier-Bresson, um dos mais importantes fotógrafos do século XX, considerado como o “pai do fotojornalismo”, fundador da agência fotográfica Magnum, cujas imagens ilustraram revistas como: “Life”, “Vogue” e “Harper’s Bazaar”.

Henri Cartier-Bresson foi o primeiro fotógrafo da Europa Ocidental a fotografar de forma aberta a vida na União Soviética, tendo também acompanhado os últimos dias de Gandhi.

Da sua obra publicada, destaca-se “Images à la Sauvette”, editado em inglês sob o título “The Decisive Moment” (1952).

29 Junho, 2011 at 10:16 pm 1 comentário

Programa do Governo

Foi hoje apresentado o Programa do Governo, de que destaco de seguida algumas das medidas propostas:

  • Suspender o projecto de “Alta Velocidade” Lisboa – Madrid (p. 41); proceder à avaliação de todos os contratos de Parcerias Público-Privadas e Concessões em vigor e promover posteriormente a renegociação (p. 22); reavaliar a oportunidade de construção de um novo aeroporto na Área Metropolitana de Lisboa (p. 41)
  • Privatização de um dos canais públicos de televisão a ser concretizada oportunamente e em modelo a definir face às condições de mercado (p. 94)
  • Alienar a totalidade das participações na EDP, REN (p.20) e Lusa (p. 94) e privatização da TAP (p. 20), ANA (pp. 40, 41 e 43) e CTT (p. 43)
  • Eliminação dos direitos especiais do Estado enquanto accionista (golden shares) (p. 20)
  • Redução das deduções fiscais e dos regimes especiais em sede de IRC (p. 22)
  • Redução dos benefícios e das deduções fiscais em sede de IRS (p.22) e redução do número de escalões (p. 23)
  • Tributação sobre o Património (IMI/IMT), reduzindo isenções temporárias aplicáveis às habitações próprias e actualizando o valor patrimonial matricial (p. 22)
  • Redução de isenções em sede de IVA e transferência de categorias de bens e serviços das taxas de IVA reduzida e intermédia para taxas mais elevadas (p. 22)
  • Política de “desvalorização fiscal” que visará criar emprego e promover o crescimento económico – através da redução da TSU (p. 23); revisão do Código Contributivo, tendo em particular atenção a injustiça do Código Contributivo em relação aos recibos verdes dos trabalhadores independentes (p. 29)
  • Limitar as admissões de pessoal na administração pública para obter decréscimos anuais de 1% por ano na Administração Central e de 2% na Administração Local e Regional (p. 25)
  • Reduzir os cargos dirigentes e dos serviços em, pelo menos, 15% na Administração Central, Local e Regional (p. 25)
  • Rever tabelas de preços pagas pelo Estado dos cuidados de saúde introduzindo mecanismos de adequação do preço ao custo da prestação de cuidados (p. 75)
  • Estimular o envelhecimento activo e promover medidas que aproximem a idade média da reforma da idade legal da reforma (p. 92)
  • Criação de um sistema nacional de indicadores de avaliação da Educação, em linha com as melhores práticas internacionais (p. 111)
  • Generalização da avaliação nacional: provas para o 4.º ano; provas finais de ciclo no 6.º e 9.º anos; exames nacionais no 11.º e 12.º ano (p. 111)
  • Reestruturação do Programa Novas Oportunidades (p. 111)
  • Promover de forma coordenada a “Marca Portugal”, nas vertentes “Comprar Portugal” (mercado interno) e Buy Portugal (mercado externo) (p. 31)
  • Saúde – Incluir Portugal como destino para tratamento de doenças crónicas; desenvolver centros de diagnóstico e tratamento de ponta com enfoque em terapêuticas high-tech e de medicina contínua; desenvolver centros de I&D (p. 128)
  • Educação e conhecimento – Atrair e reter estudantes estrangeiros (CPLP, Erasmus e “países-alvo”); atrair empresas tecnológicas que, estabelecendo bases de I&D em Portugal, possam criar laços com empresas e universidades portuguesas e atrair investimento e talento estrangeiro (p. 128)
  • Tecnologia e entretenimento – Apoiar clusters empresariais na área tecnológica e indústrias criativas (p. 129)

28 Junho, 2011 at 4:17 pm 1 comentário

“Fugas” – Tomar


(“Fugas” – Suplemento do jornal Público, de 25.06.2011 – clicar na imagem para abrir o ficheiro PDF)

28 Junho, 2011 at 12:55 pm Deixe um comentário

Relatório e contas

  • 8 anos
  • 5.826 entradas
  • 1.300.000 visitantes
  • quase 1.900.000 visitas
  • a minha enorme gratidão

28 Junho, 2011 at 12:45 pm 2 comentários

28 Junho, 2011 at 8:43 am 4 comentários

Galicia Hoxe sae mañá a rúa por derradeira vez

A crise económica e o radical recorte das axudas institucionais converten en inviable o proxecto do único diario en galego // Herdeiro de O Correo Galego, publicouse por primeira vez o 17 de maio de 2003 // Dezanove profesionais, entre periodistas e filólogos, quedan sen traballo // O Grupo Correo Gallego manterá o espírito do xornal na rede dende www.galiciahoxe.com

27 Junho, 2011 at 8:00 pm Deixe um comentário

Pela suspensão imediata do Acordo Ortográfico

26 Junho, 2011 at 12:42 pm Deixe um comentário

Artigos Mais Antigos


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Junho 2011
S T Q Q S S D
« Maio   Jul »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.