SPORTING – BENFICA – 0-2

1 Dezembro, 2006 at 10:34 pm Deixe um comentário

Num fraco espectáculo de futebol, o Benfica obteve hoje uma clara vitória no Estádio José Alvalade, no jogo que marca a 2000ª jornada da história dos Campeonatos Nacionais de Futebol.

Entrando em campo – de forma algo surpreendente – com mais tranquilidade, o Benfica assumiu a iniciativa: ainda antes dos dois minutos, obrigando Ricardo a excelente intervenção para evitar o golo… que chegaria na conversão do consequente canto, com Ricardo Rocha a cabecear sem hipóteses para o guarda-redes adversário, numa fulgurante antecipação à defesa sportinguista.

Não parecendo nunca dispor de soluções para impor o seu futebol, o Sporting veria o Benfica, sempre sereno, “arrumar a questão” cerca da meia hora de jogo, com Simão Sabrosa a concluir de forma excelente um rápido contra-ataque.

Ainda antes do intervalo, o Benfica poderia ter dado ao resultado uma expressão que seria porventura exagerada, com um poderoso remate a embater com estrondo na trave da baliza do Sporting e, a findar o primeiro tempo, na sequência de um livre, obrigando Ricardo a nova difícil defesa.

Na segunda parte, praticamente “não houve jogo”; a partida caiu numa fase de monotonia, com o Sporting sem encontrar antídoto para contrariar o sistema defensivo do Benfica, que, por seu lado, “descansado” sobre a vantagem obtida, confiante que a vitória não lhe escaparia, também não repetiria as iniciativas da primeira parte.

 Vitória incontestável do Benfica, que assim reduz o atraso na tabela classificativa face ao seu adversário de hoje.

Em termos estatísticos, nos 145 jogos já disputados entre Benfica e Sporting (a contar para o Campeonato Nacional, nas suas 73 edições), o Benfica somou a 67ª vitória (28ª no terreno do adversário), contra apenas 44 triunfos do Sporting, tendo sido registados 34 empates, com uma vantagem benfiquista de 258-212 a nível de golos marcados e sofridos.

Na globalidade, em 2 000 jogos disputados, o Sporting obteve 1 243 vitórias, 411 empates e 346 derrotas, com 4549-1949 em golos.

O Benfica, que realizou hoje o seu 1999º jogo na história dos Campeonatos Nacionais de Futebol (tem em atraso o jogo da 1ª jornada, com o Belenenses…), averbou já 1 351 vitórias, 379 empates, tendo consentido 269 derrotas, com 4 911-1826 em golos.

Por seu lado, o FC Porto, também com 1999 jogos (disputará amanhã o 2000º, com o Boavista), conta com 1 296 vitórias, 370 empates e 333 derrotas, com 4451-1883 em golos.

Anúncios

Entry filed under: Desporto. Tags: , , .

BLOGOSFERA EM 2006 (X) APDEITES

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Dezembro 2006
S T Q Q S S D
« Nov   Jan »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Erro: Twitter não está a responder. Por favor espere alguns minutos e recarregue esta página.

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: