O Pulsar do Campeonato – 3ª Jornada

14 Outubro, 2018 at 11:00 am Deixe um comentário

O pulsar do campeonato - 2018-19 - 3jornada

(“O Templário”, 11.10.2018)

Num desafio de cariz histórico, que traduziu a estreia absoluta em jogos oficiais da equipa “B” do União de Tomar (integrada na disputa do Campeonato Distrital da II Divisão), os unionistas ganharam por 1-0 (com o golo inaugural deste novo grupo a ser apontado por Ricardo Natividade), acompanhando o triunfo igualmente obtido pela formação principal do clube, na deslocação às Fazendas de Almeirim, assim somando os primeiros pontos da época.

Destaques – O primeiro realce da 3.ª ronda do Distrital da I Divisão vai, precisamente, para a vitória dos tomarenses no terreno do Fazendense, por 2-1, terceira consecutiva nas últimas temporadas, com a turma nabantina a conseguir dar a melhor sequência aos sinais positivos que patenteara já no jogo da Taça de Portugal, na semana anterior.

Tendo começado por inaugurar o marcador logo na fase inicial da partida, num lance muito contestado pelos visitados, reclamando de contacto irregular sobre o guardião, na altura da marcação de um pontapé de canto, os unionistas viriam a consentir a igualdade, antes de se recolocarem em vantagem, num remate de excelente execução, que viria a fixar o resultado final, interrompendo, portanto, a prolongada seca de golos da turma “rubro-negra”, que há quase um mês não marcava, desde a vitória em Idanha-a-Nova, em encontro da Taça de Portugal.

No desafio que concitava as principais atenções da jornada, o recém-promovido U. Santarém confirmou as suas credenciais, impondo-se, pese embora por tangencial 1-0, ao candidato U. Almeirim. Depois do empate em Coruche, os escalabitanos conseguem outro excelente resultado, que, para já, lhes confere a liderança da prova, precisamente a par do Coruchense.

A destacar, ainda, a vitória obtida pelo Cartaxo, na deslocação a Alcanena, por 2-1, após ter operado reviravolta no marcador. Apenas com três jogos disputados, portanto ainda numa fase muito prematura da competição, os lugares do pódio são já ocupados por três dos principais favoritos, tendo os cartaxeiros ascendido ao 3.º posto, enquanto, ao invés, os almeirinenses estão, por agora, bastante mais para trás, pese embora somente a três pontos do duo da frente.

Surpresa – Depois da goleada obtida na Glória do Ribatejo – e, também, após o empate na estreia no campeonato, em Samora Correia –, o Marinhais volta a surpreender pela positiva, tendo empatado em Ourém, a uma bola, ante o At. Ouriense. Não obstante, não tendo ainda vencido, somando apenas dois pontos, ocupa… o penúltimo lugar.

Confirmações – Nos outros encontros, vitórias expectáveis do Amiense sobre o agora “lanterna vermelha”, Ferreira do Zêzere (única equipa a somar três desaires, em todas as partidas até agora disputadas no campeonato), por convincente 3-0, numa boa desforra da derrota sofrida para a Taça do Ribatejo, perante o mesmo oponente, no reduto ferreirense; assim como do líder, Coruchense, na Glória do Ribatejo (4-1).

Tal como não surpreende o nulo registado em Samora Correia, na recepção ao Torres Novas, equipa que, a par de registar a defesa menos batida do campeonato (um tento sofrido), ampliou para seis desafios – o que se traduz já em nove horas de futebol – a sua série sem se conseguir ainda ter estreado a marcar na presente época (três jogos no campeonato, dois na Taça de Portugal e um na Taça Ribatejo), pelo que segue na classificação, por ora, a par do Marinhais.

II Divisão Distrital – A par da curiosidade da estreia a vencer do U. Tomar “B”, num projecto de transição entre os escalões de formação e o plantel principal, o destaque maior da ronda inaugural da prova vai para a goleada (6-0) imposta pelo centenário Abrantes e Benfica (no regresso do clube ao futebol senior, na sequência da fusão com a U. Abrantina), frente ao Aldeiense, assim como, na série mais a Sul, os triunfos na condição de forasteiros, de Benavente (2-0, na Ribeira de Santarém, ante os recém-despromovidos Empregados do Comércio) e do Moçarriense (2-1, em Rio Maior).

Noutro plano, perdurará a memória do jovem João Laranjeiro, de apenas 30 anos, que partiu na passada semana, vítima de doença prolongada, homenageado pelo triunfo (3-1) do último clube que representou, Riachense, na estreia no regresso a este escalão, ante o histórico Tramagal.

Campeonato de Portugal – Na 7.ª ronda, os dois representantes do Distrito foram desfeiteados. Se não constituirá grande surpresa o desfecho averbado pelo Fátima, batido em Sintra, pelo líder, Sintrense (que, até agora, cedeu apenas um empate), por tangencial 2-1 – no que, aliás, constitui a primeira derrota dos fatimenses –, já o sexto desaire consecutivo do Mação (goleado em Oleiros por contundente 0-4, perante um adversário que, antes deste jogo, se posicionava imediatamente acima na pauta classificativa) começa a ser motivo de forte preocupação para os maçaenses, pela impotência que vêm denotando em se afirmar neste patamar competitivo.

Antevisão – Na próxima jornada do Distrital da I Divisão, perspectivam-se de especial interesse os embates entre Coruchense e Alcanenense, com favoritismo do grupo do Sorraia; do Cartaxo com o Samora Correia, também com os donos da casa com maior probabilidade de vencer; assim como do Ferreira do Zêzere perante o U. Santarém, num desafio que se antevê de elevada importância para ambos os contendores, pelas tendências que poderá apontar para o futuro.

Também de teórico equilíbrio se perfilam os confrontos U. Tomar-At. Ouriense e Torres Novas-Fazendense, em que os visitados terão de se aplicar a fundo em ordem a atingir o visado triunfo.

No escalão secundário, realce para o Tramagal-Abrantes e Benfica, num reencontro de dois emblemas de longa tradição no futebol distrital, enquanto o U. Tomar “B” terá uma difícil deslocação até ao Pego. A Sul, destaca-se o Moçarriense-Pontével.

Por fim, no Campeonato de Portugal, o Fátima recebe o Caldas, equipa com a qual, por curiosidade, reparte actualmente a 10.ª posição (sendo que os fatimenses continuam a ter um jogo em atraso), esperando-se que possa retomar a senda dos resultados positivos, de forma a integrar a parte superior da tabela. Quanto ao Mação, recebendo a visita do “lanterna vermelha”, Peniche, terá uma boa oportunidade, que não deverá desperdiçar, de somar pontos ao seu até agora magro pecúlio, sob pena de agudizar severamente a sua crise de resultados.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 11 de Outubro de 2018)

Anúncios

Entry filed under: Tomar.

Liga das Nações da UEFA – 2018/19 – 3ª Jornada 250 Títulos ATP de Federer, Nadal e Djokovic

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Outubro 2018
S T Q Q S S D
« Set   Nov »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: