Archive for 5 Novembro, 2017

12

12

Quando os meses se transformam em anos… E isso é muito bom!

Anúncios

5 Novembro, 2017 at 7:53 pm Deixe um comentário

O Pulsar do Campeonato – 5ª Jornada

Pulsar-05

(“O Templário”, 02.11.2017)

Enquanto o Mação “soma e segue”, ampliando já para cinco o número de vitórias consecutivas no campeonato – o melhor arranque de qualquer clube no Distrital, nos últimos cinco anos, a par do registado pelo Torres Novas em 2013-14, época na qual, curiosamente, viria a terminar a prova apenas no 3.º lugar –, o União de Tomar foi surpreendido no seu terreno, perdendo com o Cartaxo, vendo cavar-se assim um fosso, já de oito pontos, face aos maçaenses.

Destaques – O primeiro destaque vai, uma vez mais, para o triunfo do Mação, em nova prova de força, impondo-se ao até então vice-líder, U. Almeirim, cedo chegando a uma vantagem de dois tentos, apenas vindo a consentir o 2-1 final já próximo do termo da partida. A questão que se começa a suscitar é a de quem poderá travar os maçaenses?

Noutro plano, o da disputa pela manutenção, merecem realce as importantes vitórias alcançadas pelo Ferreira do Zêzere e pelos Empregados do Comércio.

Se os Caixeiros, recebendo o Amiense, porventura ainda algo aturdido pelo desaire da semana anterior, conseguiram a proeza de operar uma reviravolta no marcador, para acabar por ganhar por 3-2, como que a demonstrar que haverá que contar, uma vez mais, com a capacidade de resiliência deste grupo, já os ferreirenses, indo ganhar a Riachos (2-1), perante um adversário directo, obtêm uma vantagem importante, não só a nível pontual, como, sobretudo, em termos anímicos, ao mesmo tempo que contribuem para agravar a crise do Riachense, nada habituado a estas “andanças” (mantém-se no penúltimo lugar, com um único ponto averbado até à data, tendo realizado já três jogos no seu terreno).

Surpresa – Outra vez surpresa pela negativa, o União de Tomar foi desfeiteado em casa, na recepção ao Cartaxo – segunda equipa sucessiva que troca de treinador precisamente antes de defrontar os tomarenses – consentindo a reviravolta no marcador, perdendo por 1-2.

Depois da descolorida exibição na Moçarria, o conjunto unionista entrou em campo com atitude bastante positiva, assumindo a iniciativa do jogo, tendo sido, ainda relativamente cedo, recompensado com o tento que inaugurou o marcador, podendo ter ainda dilatado tal vantagem. Porém, viria a pagar caro a desconcentração e falhas que possibilitaram, primeiro, o golo do empate, que acusou em demasia, e, pouco tempo volvido, a inversão do resultado.

Na segunda parte, os tomarenses, muito esforçados, tudo fizeram para tentar reverter a situação, mas, por infelicidade, alguma precipitação em tentar fazer “depressa e bem”, ou por mérito do opositor, foram impotentes para, pelo menos, chegar ao empate. Um desfecho muito penalizador face ao trabalho desenvolvido em campo, e que obrigará a reflexão e reposicionamento.

A partir de agora, já tão inesperadamente distante da frente, numa fase ainda tão prematura do campeonato (ainda no mês de Outubro!), o União terá de colocar de lado – possivelmente durante largas semanas – a ideia do 1.º lugar, deixando de pensar na tabela classificativa, concentrando-se exclusivamente em ganhar o “próximo jogo”. No final se farão as contas…

Confirmações – Confirmou-se o favoritismo do Torres Novas ante o Moçarriense, com um tranquilo e convincente triunfo (3-0), assim como do Samora Correia na recepção ao “lanterna vermelha”, U. Abrantina, pese embora os números tangenciais da vitória dos samorenses (2-1), perante um adversário que procura materializar em pontos o futebol que tem apresentado.

Também expectável seria o empate (1-1) registado em Fazendas de Almeirim, entre Fazendense e At, Ouriense, duas equipas que vêm demonstrando poder aspirar à metade de cima da tabela.

II Divisão Distrital – Na série a Norte, volta a merecer realce a U. Atalaiense, que, depois do 5-0 da ronda inaugural, voltou a golear (4-0), perante o Ortiga. Partilha a liderança com Aldeiense, Espinheirense e Tramagal. A Sul, o Benavente continua a ganhar (3-0 ao Vale da Pedra, somando terceira vitória em outros tantos jogos), seguido pelo Glória, que não foi além do nulo face ao U. Santarém. Merece ainda menção a goleada (4-1) do Forense ante o Pontével.

Campeonato de Portugal – Na 8.ª ronda da prova, no duelo entre dois clubes do Distrito, o Fátima, recebendo o Alcanenense, conseguiu finalmente quebrar o enguiço, ganhando pela primeira vez (2-1); poderá vir entretanto a somar mais três pontos por via administrativa, caso se confirme a sanção ao Lusitânia dos Açores. Por seu lado, também o Coruchense obteve uma importante vitória, frente à equipa do Loures (1-0). A turma de Alcanena ocupa agora o 6.º lugar, seguida de imediato pela formação de Coruche – mas, apenas, dois pontos e um ponto acima da “linha de água”, respectivamente –, mantendo os fatimenses, para já, a última posição.

Antevisão – Depois da disputa – no feriado, a meio da semana – da última jornada da fase de grupos da Taça do Ribatejo (com o primeiro dos jogos em que o U. Tomar se via “obrigado” a ganhar), prossegue a I Divisão Distrital, com outro desafio de crucial importância para os tomarenses, com uma deslocação de elevado grau de dificuldade, para defrontar o U. Almeirim.

Mas, também o líder, Mação, será mais uma vez colocado à prova, na visita a Amiais de Baixo, enquanto, por seu lado, o Samora Correia, agora 2.º classificado, somente dois pontos abaixo dos maçaenses, terá também de se aplicar na saída até à Moçarria. O Cartaxo-Torres Novas será também um encontro a merecer interesse, atenta a evolução que estas equipas vêm revelando.

Na II Divisão, apenas se jogará na série mais a Sul, com o Marinhais-Benavente a constituir novo teste ao líder, sendo, por outro lado, também de realçar o “derby” Salvaterrense-Glória do Ribatejo, pese embora pareça pender para a turma da Glória maior dose de favoritismo.

No Nacional, o Alcanenense recebe o Eléctrico de Ponte de Sôr, cabendo ao Coruchense ser visitado pelo Sintrense, esperando-se que possam fazer valer o “factor casa”. O Fátima procurará voltar a somar pontos, na deslocação a Pêro Pinheiro, actual penúltimo classificado.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 2 de Novembro de 2017)

 

5 Novembro, 2017 at 12:00 pm Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Novembro 2017
S T Q Q S S D
« Out    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.