O pulsar do campeonato – 18.ª jornada

15 Fevereiro, 2015 at 11:00 am Deixe um comentário

Pulsar - 18

(“O Templário”, 12.02.2015)

Diz o ditado que “não há duas sem três”… neste caso, não houve quatro sem cinco: pela quinta ronda sucessiva (todas as da segunda volta até agora disputadas) houve mudança de líder.

Com os primeiros classificados separados pontualmente por diferenças tangenciais, ainda nenhum deles conseguiu – enquanto ocupante de tal posição, e desde o início da segunda metade da prova – vencer, pelo que, ao sofrer um deslize, o adversário mais directo imediatamente lhe subtrai o comando: aconteceu assim com o Empregados do Comércio (empatando com o Fazendense na ronda inicial da segunda volta, e, na terceira jornada, perdendo com o Amiense), de seguida com o União de Tomar (empatando no Cartaxo), e depois com o Coruchense (também com uma igualdade ante o Fazendense).

Para, desta feita, ser de novo o União de Tomar a ceder, não conseguindo ir além da igualdade (1-1) na recepção à equipa de Mação. Ao intervalo, tudo era favorável aos unionistas, que, ganhando então (1-0), viam, em paralelo, o Coruchense empatar (1-1) em Benavente, e os Empregados do Comércio a perder (0-1) em casa, ante o Cartaxo. Porém, no final do tempo regulamentar, a configuração tinha-se invertido, com os tomarenses a consentir o tento do empate, enquanto as turmas de Coruche e dos “Caixeiros” marcavam, cada uma, mais um golo.

O Coruchense (ganhando portanto por 2-1 em Benavente, desforrando-se do desaire caseiro da primeira volta), somando quatro vitórias e um empate na segunda volta, é portanto o novo líder, mantendo, não obstante, um único ponto de diferença face ao União de Tomar (três vitórias e dois empates em igual período). Por seu lado, os Empregados do Comércio (empatando com o Cartaxo a uma bola), aparentando alguma quebra de rendimento (apenas duas vitórias, dois empates e uma derrota), atrasaram-se, estando agora já a três pontos do comandante.

Quem aproveitou esta alternância entre o trio da frente foram os perseguidores imediatos, Torres Novas e Fazendense, ambos agora a seis pontos do guia; os torrejanos, recebendo o “lanterna vermelha”, U. Santarém, venceram com naturalidade, por 3-0, somando quarto triunfo consecutivo; por seu lado, o grupo de Fazendas de Almeirim conseguiu enfim quebrar a série de quatro empates, ganhando no sempre difícil terreno de Amiais de Baixo (3-1), interrompendo o ciclo de quatro vitórias sucessivas do Amiense.

Nos outros dois desafios da jornada, defrontavam-se quatro equipas em posição delicada na tabela classificativa, com o Rio Maior a conseguir a melhor operação, ganhando em Pontével por 2-1 (equipas com simetria quase perfeita nos cinco jogos já disputados na segunda volta), isolando-se no 10.º posto, a somente um ponto do adversário da ronda (recorde-se que subsiste o risco de os cinco últimos classificados poderem vir a ser despromovidos à II Divisão Distrital, na eventualidade de despromoção de duas equipas de entre o trio formado por Alcanenense, Fátima e At. Ouriense, do Campeonato Nacional de Seniores); o U. Chamusca, goleando o Barrosense por 4-0 saciou a “fome de golos” (só tinha nove tentos apontados até então), igualando assim o seu opositor na classificação, e agravando a crise de resultados da turma da Barrosa, que regista derrotas em todos os encontros da segunda volta.

Também a II Divisão Distrital, rapidamente a aproximar-se do termo da primeira fase (faltando apenas disputar duas jornadas), se apresenta empolgante, em ambas as séries, na perspectiva da disputa dos três primeiros lugares, que darão acesso à série de disputa do título e de promoção.

Com o empate do Pego em Ferreira do Zêzere (2-2), tendo U. Abrantina (4-0 ao Alferrarede), Mindense (3-0 ao Sabacheira) e Assentis (4-0 no Rossio ao Sul do Tejo) ganho os seus jogos, torna-se ainda mais acesa a luta pelo 3.º lugar, com o Assentis agora apenas a dois pontos do par Mindense e Pego. Por seu lado, a formação de Abrantes, com cinco pontos de vantagem face ao 4.º classificado, tem praticamente garantido o apuramento para a fase seguinte.

A Sul, com os empates registados nos confrontos Samora Correia-Moçarriense (0-0) e Atalaiense-Glória do Ribatejo (1-1), o U. Almeirim foi o principal beneficiado, fazendo o seu trabalho, ganhando, embora com dificuldade (por 3-2) ao At. Pernes, ascendendo à 2.ª posição, a dois pontos do líder, Moçarriense, ultrapassando o Glória do Ribatejo (agora um ponto abaixo), com o Samora Correia também ainda na luta, a dois pontos do 3.º lugar.

No próximo fim-de-semana os campeonatos distritais sofrem nova pausa, para dar lugar à Taça do Ribatejo, com a disputa dos 1/8 de final, com a particularidade de se voltarem a cruzar os caminhos de Empregados do Comércio-Cartaxo (reedição do jogo da última ronda do campeonato) e Fazendense-Amiense (que se reencontram, agora em Fazendas de Almeirim). Outros desafios de grande cartaz serão o União de Tomar – Torres Novas e o Mação-Coruchense. Para além do Mindense-U. Santarém (única partida entre equipas de escalão diferente), menção ainda para a curiosidade de três eliminatórias entre equipas da II Divisão Distrital: Samora Correia – Pego, Assentis – U. Abrantina e Vale da Pedra – Glória do Ribatejo.

Estará de volta também o Campeonato Nacional de Seniores, com a ronda inaugural da 2.ª fase, com o Fátima a receber o Alcanenense, enquanto o At. Ouriense se desloca a Ponte de Sôr. Recordemos as pontuações de partida das equipas concorrentes na série de disputa da manutenção: U. Leiria, 17; Sertanense, 16; Eléctrico de Ponte de Sôr, 15; Torreense, 14; Alcanenense, 12; Fátima, 9; e At. Ouriense, 3 pontos. O último (7.º) classificado será despromovido aos Distritais; o penúltimo disputará a manutenção com o 6.º de outra série.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 12 de Fevereiro de 2015)

Anúncios

Entry filed under: Tomar.

O pulsar do campeonato – 17.ª jornada Liga Europa – 1/16 Final (1ª mão)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Fevereiro 2015
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • RT @trainmaniac: Felizmente que Pizzi é um jogador com pouco ou nenhum hype. Incrível centrocampista e na sua maturidade plena. 5 hours ago
  • RT @Bernardo_PL: "há um consenso bipartidário, o q adensa o drama britânico: sem rumo, sem estratégia, sem senso, sem alternativas" https:/… 11 hours ago
  • RT @insoniascarvao: O Benfica é que podia oferecer uma biblioteca inteira ao Geraldes, just saying 1 day ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: