Archive for 5 Março, 2008

E se os 26 delegados de John Edwards viessem a ser decisivos?

Eis uma interrogação que poderá vir a ser mais do que uma questão de retórica…

Numa disputa tão acerrimamente disputada como tem sido – e promete continuar a ser, possivelmente até ao último momento – a de Barack Obama e Hillary Clinton, consumada como parece a impossibilidade de um deles atingir o número de delegados eleitos que lhe confeririam automaticamente a nomeação, para além do papel de arbitragem que se adivinha para os “Superdelegados”, os 26 representantes eleitos em nome de John Edwards poderão vir a ter uma palavra final a dizer…

Agora que são finalmente conhecidos os resultados – quanto ao número de delegados eleitos – das votações de ontem, mais uma vez se constata que nem sempre os vencedores da noite eleitoral ganham em termos aritméticos: já aquando da “Super Tuesday”, com os triunfos de Hillary Clinton na California e em New York, a candidata surgira como vitoriosa; apurados os resultados finais, viria de facto a perder em número de delegados eleitos (833, face a 848 de Barack Obama); ontem, emergindo novamente como vencedora, acabaria por vir efectivamente a perder nos caucus do Texas e, em termos globais, recuperar apenas 6 delegados, reduzindo a sua desvantagem de 156 para 150 delegados (elegeu 188 representantes, face a 182 de Obama).

Ou – sem prejuízo da crucial importância da vitória no Ohio, a qual, a não ter ocorrido, poderia significar o termo das aspirações de Hillary Clinton) – de como as vitórias nas noites (televisivas) eleitorais nem sempre têm correspondência na fria linguagem dos números…

5 Março, 2008 at 11:45 pm 1 comentário

Liga dos Campeões – 1/8 Final (2ª mão) – act.

Barcelona – Celtic – 1-0 / 3-2 (4-2)
Manchester United – Lyon – 1-0 / 1-1 (2-1)
FC Porto – Schalke – 1-0 / 0-1 (1-1) – 1-4 g.p.
Inter – Liverpool – 0-1 / 0-2 (0-3)
Real Madrid – Roma – 1-2 / 1-2 (2-4)
AC Milan – Arsenal – 0-2 / 0-0 (0-2)
Chelsea – Olympiakos – 3-0 / 0-0 (3-0)
Sevilla – Fenerbahce – 3-2 / 2-3 (5-5) – 2-3 g.p.

Numa partida intensa de emoção, jogando cerca de 40 minutos em inferioridade (por expulsão de Fucile, aos 82 minutos), o FC Porto conseguiria – já com um jogador a menos, e a apenas cerca de 5 minutos do termo da partida – escapar ao espartilho que constituía a necessidade imperiosa de marcar… sem sofrer. A equipa portuguesa, então com alguma felicidade (não obstante as oportunidades de golo antes desperdiçadas ou anuladas pelo guarda-redes alemão), anulava a desvantagem, forçando o prolongamento.

Não havendo alteração do marcador nesse período extra de 30 minutos – com mais uma incrível perdida de Quaresma -, tornou-se inevitável o recurso ao desempate por pontapés da marca de grande penalidade… no qual o FC Porto acabaria por não ser feliz, muito por mérito de Manuel Neuer, com duas excelentes defesas (a segunda delas estupenda) opondo-se aos remates de Bruno Alves e Lisandro López.

Depois das eliminações de equipas como o AC Milan (Campeão Europeu em título), Real Madrid e Sevilla, ou o Lyon, subsistem em prova 3 equipas inglesas (Manchester United, Chelsea e Arsenal… com o Liverpool bem colocado para se formar um quarteto), Barcelona, Roma, Schalke e o surpreendente Fenerbahce.

P. S. Actualização a 11.03.2008 – O Liverpool, vencendo novamente, desta vez em Itália, completa o fabuloso quarteto inglês nos 1/4 Final da Liga dos Campeões, ao mesmo tempo que dita a eliminação da segunda das equipas de Milão a quedar-se pelos 1/8 Final da prova.

5 Março, 2008 at 10:35 pm Deixe um comentário

A Expressão na Rede – O Caso dos Blogues

No próximo dia 6 de Março, pelas 18h30, na Casa Fernando Pessoa, terá lugar a apresentação, a cargo de Eduardo Pitta, do livro de Luís Carmelo A Expressão na Rede – O Caso dos Blogues (Magna Editora).

Autor e apresentador juntar-se-ão depois a um conjunto de pessoas convidadas a debater “o modo como as linguagens seculares (que aprendemos sem ter em conta a rede) se moldam, hoje em dia, à rede e mais concretamente aos blogues.” A moderação é da responsabilidade de Paulo Gorjão e os bloggers presentes serão: Carla Hilário Quevedo, Isabela, Pedro Rolo Duarte e Vasco M. Barreto.

5 Março, 2008 at 1:57 pm Deixe um comentário

Hillary Clinton vence Texas, Ohio e Rhode Island

Dando provas de grande resiliência, Hillary Clinton conseguiu ontem deter o momentum de Barack Obama (que acumulara mais de uma dezena de vitórias consecutivas), surgindo como vencedora desta segunda “Super Tuesday”, derrotando o seu competidor em Estados cruciais como o Texas (neste caso, com a nuance de Obama – vencendo os caucus – angariar mais delegados) e Ohio (para além de Rhode Island).

Mais do que a expressão numérica destas vitórias (expressa em percentagem de votos ou em número de delegados eleitos), numas eleições com o cariz das Primárias Democratas, em que é decisiva a gestão das expectativas, Hillary parece renascer, ao mesmo tempo que consegue suscitar de novo a dúvida sobre a capacidade de Obama de se impor em Estados em que as eleições presidenciais se irão decidir.

Na sequência das votações de ontem parece definitivamente afastado o cenário de abdicação de um dos concorrentes; muito provavelmente, a disputa prosseguirá até à Convenção, com o papel de árbitro a ser assumido pelos Superdelegados.

No campo Republicano, ao contrário, a competição terminou ontem, com John McCain a atingir finalmente o número de delegados que lhe conferirão a nomeação como candidato.

Democratas

Texas (193 delegados)
– Hillary Clinton – 51 % (65 delegados) / 44 % (caucus – 29 delegados)
– Barack Obama – 48 % (61 delegados) / 56 % (caucus – 38 delegados)

Ohio (141 delegados)
– Hillary Clinton – 54 % (74 delegados)
– Barack Obama – 44 % (67 delegados)

Rhode Island (21 delegados)
– Hillary Clinton – 58 % (13 delegados)
– Barack Obama – 40 % (8 delegados)

Vermont (15 delegados)
– Barack Obama – 59 % (9 delegados)
– Hillary Clinton – 39 % (6 delegados)

Com os resultados provisórios até agora apurados, Hillary Clinton conquista 187 delegados adicionais (passando a acumular um total de 1 232 delegados eleitos); Barack Obama, com mais 183 delegados, soma agora um total de 1 384 eleitos.

Republicanos

Texas – Resultados provisórios
– John McCain – 51 % (121 delegados)
– Mike Huckabee – 38 % (16 delegados)

Ohio ( delegados) – Resultados provisórios
– John McCain – 60 % (79 delegados)
– Mike Huckabee- 31 %

Rhode Island ( delegados) – Resultados provisórios
– John McCain – 65 % (13 delegados)
– Mike Huckabee – 22 % (4 delegados)

Vermont ( delegados) – Resultados provisórios
– John McCain – 72 % (17 delegados)
– Mike Huckabee – 14 %

5 Março, 2008 at 8:52 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Março 2008
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.