Archive for 22 Janeiro, 2007

A CAIXA QUE MUDOU O MUNDO – 50 ANOS EM PORTUGAL (I)

A 7 de Março de 1957, pelas 21h30, a RTP iniciava – a partir dos Estúdios do Lumiar, em Lisboa – as emissões regulares de televisão em Portugal.

A propósito da comemoração do 50º aniversário, por aqui pretendo recordar alguns dos programas que marcaram uma época, assim como algumas das principais figuras que a televisão daria a conhecer.

Em termos formais, a constituição da RTP – Radiotelevisão Portuguesa, SARL ocorreu em 15 de Dezembro de 1955 – na sequência de projecto desenvolvido em 1954/55 pelo Gabinete de Estudos da antiga Emissora Nacional –, sendo o seu capital social (60 000 contos) detido pelo Estado, por emissoras de radiodifusão privadas e por particulares.

Tendo a concessão do serviço público de televisão sido atribuída à RTP em 16 de Janeiro de 1956, a primeira emissão televisiva (experimental) em Portugal ocorreria a 4 de Setembro de 1956, em estúdio instalado no recinto da Feira Popular, com cerca de vinte monitores espalhados no Parque de Palhavã, e outros aparelhos expostos em lojas de electrodomésticos (cujo custo rondava entre 6 a 8 contos – cerca de 8 meses do salário médio dos portugueses).

De 17 a 23 de Fevereiro de 1957, a visita oficial da Rainha Isabel II de Inglaterra a Portugal seria pretexto para reportagens televisivas, prenunciando o arranque das emissões regulares, no mês seguinte.

As primeiras estrelas televisivas seriam os locutores Maria Helena Varela Santos, Gina Esteves, Henrique Mendes, Jorge Alves, Fernando Pessa, Gomes Ferreira e José Fialho Gouveia, a par de João Villaret (declamando teatro), Maria de Lurdes Modesto (com o seu programa de culinária), Artur Agostinho (com os primeiros concursos), José Alves dos Santos (“o comentador [desportivo] que o país inteiro consagrou”), Vasco Santana (com a “anedota da semana”), Rui de Carvalho (estreando o “tele-teatro” na televisão, com o “Monólogo do Vaqueiro”, de Gil Vicente, em directo, a 11 de Março de 1957).

No primeiro mês, registam-se vendas de cerca de 1 000 receptores; cerca de um ano depois, em 1958, contavam-se já cerca de 30 000 televisões em Portugal!

22 Janeiro, 2007 at 8:35 am 2 comentários


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Janeiro 2007
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.