Liga dos Campeões – Sorteio das 1/2 Finais

Barcelona – Bayern München
Juventus – Real Madrid

Os jogos da primeira mão serão disputados nas seguintes datas: 5 e 6 de Maio de 2015. Por seu lado, as partidas da segunda mão estão agendadas para a semana seguinte, nos dias 12 e 13 de Maio.

24 Abril, 2015 at 9:39 pm Deixe o seu comentário

Liga Europa – Sorteio das 1/2 Finais

Napoli – Dnipro
Sevilla – Fiorentina

Os jogos desta eliminatória serão disputados nos dias 7 e 14 de Maio de 2015.

24 Abril, 2015 at 9:27 pm Deixe o seu comentário

Liga Europa – 1/4 Final (2ª mão)

                                  2ª mão    1ª mão     Total
Zenit - Sevilla                    2-2        1-2       3-4
Dnipro - Brugge                    1-0        0-0       1-0
Fiorentina - D. Kyiv               2-0        1-1       3-1
Napoli - Wolfsburg                 2-2        4-1       6-3

A equipa do Dnipro é a principal surpresa nas meias-finais, fase em que marcam presença dois clubes italianos, assim como o actual detentor do troféu, Sevilla, que eliminou o Zenit, de André Villas-Boas.

23 Abril, 2015 at 8:59 pm Deixe o seu comentário

Liga dos Campeões – 1/4 Final (2ª mão)

                                  2ª mão    1ª mão     Total
Barcelona - Paris St.-Germain      2-0        3-1       5-1
Real Madrid - At. Madrid           1-0        0-0       1-0
Bayern München - FC Porto          6-1        1-3       7-4
Monaco - Juventus                  0-0        0-1       0-1

Depois do excelente comportamento no jogo da 1.ª mão, com uma fantástica eficácia no aproveitamento e concretização em golos dos clamorosos erros do Bayern, não se esperaria o naufrágio portista que se verificou na primeira parte da partida em Munique, absolutamente impotente para suster a fúria alemã – sofrendo cinco golos em cerca de 25 minutos, entre os 14 e os 40 minutos -, com a única atenuante de não ter podido actuar com os dois defesas laterais habituais, tendo de improvisar, jogando com uma defesa composta por quatro defesas centrais…

Ferida no seu orgulho, era expectável que a equipa bávara entrasse em jogo a “todo o gás”, o que acabou por ser facilitado pela incapacidade do FC Porto em sair da sua zona defensiva, “ausente”, nunca conseguindo pegar no jogo, como que a “convidar” o adversário a atacar de forma insistente… e permanente.

Com a eliminatória tão cedo sentenciada, a segunda parte pouco teve para contar, dado o significativo abaixamento do ritmo, acabando o encontro por se saldar num desfecho pesado, que não reflecte a real diferença de valor entre as equipas, mas que, em termos globais, confirma o amplo favoritismo que era atribuído ao Bayern e reitera a sua evidente superioridade.

Depois de o Barcelona ter confirmado igualmente a sua superioridade face ao Paris St.-Germain, Real Madrid e Juventus garantiram também o apuramento para as meias-finais graças a um solitário tento (no caso do Real Madrid, obtido a dois minutos do termo do jogo da 2.ª mão). Teremos assim quatro clássicos do futebol europeu em disputa da presença na final: Barcelona, Bayern, Juventus e Real Madrid – quatro das mais conceituadas e melhores equipas do mundo, aliás, as que mais presenças em meias-finais de provas europeias têm em termos históricos.

22 Abril, 2015 at 10:40 pm Deixe o seu comentário

O Pulsar do Campeonato – 24.ª jornada

Pulsar - 24

(“O Templário”, 16.04.2015)

A duas jornadas do final da prova, o Coruchense – coroando uma excelente segunda volta, em que regista nove vitórias e apenas dois empates – confirmou o que vinha sendo esperado já há algumas semanas, fazendo também jus ao favoritismo que reunia desde o início da época, garantindo matematicamente o título de Campeão Distrital da I Divisão da Associação de Futebol de Santarém e consequente promoção ao Campeonato Nacional de Seniores.

E fê-lo de forma categórica, ganhando por 3-0 em Amiais de Baixo, face ao Amiense, num desafio em que se defrontaram as duas equipas até agora com melhor desempenho na segunda metade da competição, no que, curiosamente, e em paralelo, se constituiu também como que numa espécie de ensaio para a final da Taça do Ribatejo, que ambos os clubes disputarão no próximo dia 1 de Maio, depois de, na passada Sexta-feira Santa terem afastado nas 1/2 finais, respectivamente, as formações dos Empregados do Comércio (1-1, ganhando no desempate da marca de grande penalidade) e da Glória do Ribatejo (3-0).

Viu assim terminado o sonho do 1.º lugar o União de Tomar, ao mesmo tempo que jogou cartada decisiva na disputa do 2.º posto, com um igualmente categórico triunfo em Santarém, perante os Empregados do Comércio, por 4-2 – equipa com a particularidade de manter ainda a defesa menos batida do campeonato (agora a par do Fazendense) –, curiosamente repetindo o marcador da ronda anterior, frente ao Pontével, então em Tomar. Finalmente nova vitória, frente a uma das equipas do topo da tabela (depois dos dois desaires sofridos com o Coruchense, e da igualdade com este mesmo grupo dos Empregados do Comércio, averbada em Tomar, ou dos dois empates registados em ambos os jogos face ao Fazendense, Cartaxo e Mação, para além da derrota em Torres Novas – o que significa que a turma unionista venceu todos os outros desafios, perante os restantes opositores, incluindo ainda o jogo em casa ante os torrejanos).

Numa partida já de final de temporada, com ambas as equipas a revelaram fases de desconcentração, a turma da casa pareceu querer entrar em campo mais afirmativa, mas rapidamente os tomarenses equilibraram a toada de jogo, colocando-se mesmo em vantagem, num lance algo feliz, com um muito oportuno “chapéu” ao adiantado guarda-redes contrário, num remate… de cabeça. E, ainda antes do intervalo, o União ampliava a vantagem para dois tentos. No recomeço, os escalabitanos surgiram novamente mais pressionantes, colocando dificuldades acrescidas, beneficiando de uma grande penalidade logo no início do segundo tempo, com o guardião unionista a brilhar, com uma soberba defesa. Mas o grupo santareno reduziria mesmo para a diferença mínima, antes de, de imediato, em apenas dois minutos, o União marcar o terceiro e quarto golos, chegando então a fazer pairar no ar o desfecho da temporada transacta (o histórico 8-0); porém, seriam os “Caixeiros” a fixar o marcador em 2-4, com uma fase final de jogo algo quezilenta, sem necessidade, uma vez que o resultado estava feito. Neste encontro em que se jogava a vice-liderança do campeonato, um destaque ainda para a larga presença de muitos adeptos unionistas, apoiando o clube, o que apraz registar.

Tendo feito a “sua parte”, o União beneficiaria também do desaire do Fazendense em Rio Maior (perdendo por 1-3) e do empate do Torres Novas em Pontével (2-2), bastando-lhe agora um ponto mais para confirmar a 2.ª posição final. Nos restantes jogos da jornada, destaque para a goleada infligida pelo Mação na Barrosa (5-1), e para o surpreendente empate do U. Santarém no Cartaxo (1-1), o que não invalida que Barrosense e U. Santarém estejam já matematicamente despromovidos; por fim, numa tenaz luta pela manutenção, o Benavente foi vencer à Chamusca, frente ao União local (1-0), no que constitui a sua segunda vitória sucessiva, colocando o opositor também à beira da despromoção, agora a quatro pontos do seu adversário nesta ronda.

Na próxima jornada, o U. Chamusca é, precisamente, o oponente do União de Tomar, com os tomarenses a dispor da possibilidade de garantir, desde logo, o 2.º lugar, em caso de vitória ou empate… que até poderá nem vir a ser necessário, caso Torres Novas e Empregados do Comércio empatem o jogo entre ambos. Na disputa da manutenção, agora aparentemente concentrada em Rio Maior, Pontével e Benavente, estes defrontarão, respectivamente, U. Santarém, Fazendense e Amiense, apenas os riomaiorenses actuando em terreno alheio.

Na II Divisão Distrital, realizou-se a 4.ª ronda da fase de apuramento de Campeão, com realce para os triunfos da U. Abrantina na Glória do Ribatejo (4-1), e do U. Almeirim na Moçarria (4-3); em função da vitória do Pego sobre o Assentis (2-1), as três equipas da frente da tabela (U. Abrantina, com 10 pontos, e Pego e U. Almeirim, com um ponto a menos) passam a dispor de importante vantagem sobre os restantes concorrentes, com o Moçarriense já a cinco pontos dos lugares de promoção, e o Assentis, a seis pontos. Na próxima jornada, última da primeira volta, a U. Abrantina recebe o Pego, tendo o U. Almeirim a visita do Glória do Ribatejo, com o Assentis a receber o Moçarriense.

No Campeonato Nacional de Seniores, na abertura da segunda volta da fase final, menção à vitória do At. Ouriense sobre o Eléctrico de Ponte de Sôr (1-0), tendo Alcanenense e Fátima empatado a dois golos. A formação de Alcanena mantém assim o 3.º lugar, e os sete pontos de vantagem sobre a zona perigosa da tabela, com Fátima e Torreense agora igualados em pontos, defrontando-se na próxima ronda, em desafio que poderá assumir importância crucial para a definição de uma posição de manutenção directa nos campeonatos nacionais. Pese embora o triunfo, o Ar. Ouriense continua a oito pontos da “salvação”, tendo mais uma tarefa difícil, com a visita ao líder, U. Leiria. Por seu lado, o Alcanenense desloca-se a Ponte de Sôr, em busca de um resultado que lhe possibilite um final de prova em tranquilidade.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 16 de Abril de 2015)

19 Abril, 2015 at 11:00 am Deixe o seu comentário

Artigos mais antigos


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Abril 2015
S T Q Q S S D
« Mar    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.