Posts tagged ‘Federer’

Novak Djokovic novo líder do ranking ATP

Ao atingir a presença na Final do Torneio de Wimbledon, o sérvio Novak Djokovic garantiu, pela primeira vez, a subida ao 1º lugar do ranking ATP, culminando um extraordinário ano em que obteve uma fantástica série de 41 vitórias consecutivas (apenas tendo sido derrotado, nas 1/2 Finais em Roland Garros, por Roger Federer) – não obstante contar, antes da Final de amanhã, apenas 2 triunfos em torneios do Grand Slam, ambos na Austrália (em 2008 e 2011), soma já 7 vitórias em torneios em 2011.

É a seguinte a lista completa de todos os (até agora 25) líderes do ranking ATP, desde a sua criação, pela Associação de Tenistas Profissionais, em 1973 (há 38 anos):

(mais…)

1 Julho, 2011 at 11:43 pm Deixe um comentário

The Best Magazine Articles Ever

The Top 25 Articles

Based on the number of times an article is recommended

********** Gay Talese, “Frank Sinatra Has a Cold.” Esquire, April 1966.

********* Hunter S. Thompson, “The Kentucky Derby is Decadent and Depraved.” Scanlan’s Monthly, June 1970.

********* Neal Stephenson, “Mother Earth, Mother Board: Wiring the Planet.” Wired, December 1996. On laying trans-oceanic fiber optic cable.

******* David Foster Wallace, “Federer As Religious Experience.” The New York Times, Play Magazine, August 20, 2006.

******* David Foster Wallace, “Consider the Lobster.” Gourmet Magazine, August 2004.

****** John Updike, “Hub Fans Bid Kid Adieu.” The New Yorker, October 22, 1960. About Ted Williams career framed by his last game. I read it every opening day without fail.

***** Hunter S. Thompson, “Fear and Loathing in Las Vegas: A Savage Journey to the Heart of the American Dream.” Rolling Stone. Part I: November 11, 1971; Part II: November 25, 1971.

***** Richard Ben Cramer, “What Do You Think of Ted Williams Now?” Esquire, June 1986.

**** Jon Krakauer, “Death of an Innocent: How Christopher McCandless Lost His Way in the Wilds.” Outside Magazine, January 1993. Article that became Into the Wild.

**** Susan Orlean, “The American Man at Age Ten.” Esquire, December 1992. [Ed.’s note: Not available in Esquire’s online archive, but you’ll find it with a little searching. Also republished in Orlean’s The Bullfighter Checks Her Makeupand Glass’s The New Kings of Nonfiction.]

**** Edward Jay Epstein, “Have You Ever Tried to Sell a Diamond?” Atlantic Magazine, February 1982. Diamonds, De Beers, monopoly & marketing.

**** Ron Rosenbaum, “Secrets of the Little Blue Box.” Esquire, October 1971. The first and best account of telephone hackers, more amazing than you might believe.

**** Tom Junod, “Can you say…”Hero”?” Esquire, November 1998. A profile of Mr. Rogers. [Ed.’s note: This article was also quoted in “Esquire’s 70 Greatest Sentences” published October 1, 2003.]

**** Michael Lewis, “The End.” Portfolio, November 11, 2008. Breaks down supposedly complex economic cause and effect into very engaging, easily understood analysis.  Real life characters as interesting and entertaining as the best fiction.  A must.

*** George Plimpton, “The Curious Case Of Sidd Finch.” Sports Illustrated, April 1, 1985. I remember being extremely angry (for a few minutes) that the Mets were going to get this guy instead of my A’s. I was an honest kid and man, it just seemed so unfair. When I realized it was a prank, I wasn’t as upset. Because I always thought this guy, in some form, would someday show up and blow away the Twins, the Angels, and the Giants wearing an A’s uniform. I’m still waiting!

*** David Foster Wallace, “Shipping Out: On the (Nearly Lethal) Comforts of a Luxury Cruise.” Harper’s Magazine, January 1996

*** Jon Krakauer, “Into Thin Air.” Outside Magazine, September 1996.

*** Tom Junod, “The Falling Man.” Esquire, September 2003.

*** Gene Weingarten, “The Peekaboo Paradox.” The Washington Post, Sunday Magazine, January 22, 2006. Story about the weirdest clown, the Great Zucchini, you’ll never want to meet. Keep reading….

*** David Foster Wallace, “Host.” Atlantic Magazine, April 2005.

*** Gene Weingarten, “Pearls Before Breakfast.” The Washington Post, Magazine, April 8, 2007. Joshua Bell is one of the world’s greatest violinists. His instrument of choice is a multimillion-dollar Stradivarius. If he played it for spare change, incognito, outside a bustling Metro stop in Washington, would anyone notice?

*** Chris Jones, “The Things That Carried Him.” Esquire, May 2008. It’s extremely moving without being saccharine or twee. It’s a military story, but utterly without jingoism or indictment. And it’s wonderfully observed.

*** Michael Lewis, “Wall Street on the Tundra.” Vanity Fair, April 2009. It’s an in depth analysis of the financial collapse of Iceland. Excellent. There are some great one liners (this isn’t actually one of them, but it’ll give you the idea): “This in a country the size of Kentucky, but with fewer citizens than greater Peoria, Illinois. Peoria, Illinois, doesn’t have global financial institutions, or a university devoting itself to training many hundreds of financiers, or its own currency. And yet the world was taking Iceland seriously.”

*** Gene Weingarten, “Fatal Distraction: Forgetting a Child in the Backseat of a Car Is a Horrifying Mistake. Is It a Crime?” The Washington Post, Magazine, March 8, 2009. Winner of the 2010 Pulitzer Prize in Feature Writing.

(via Ponto Media)

24 Setembro, 2010 at 10:51 am 1 comentário

Estoril Open – Final

O espanhol Albert Montanes revalidou hoje o título do Estoril Open, que havia já conquistado no ano passado, ao vencer Frederico Gil, numa Final muito disputada, com excelente oposição do tenista português, em três sets, com os parciais de 6-2 / 6-7 / 7-5.

É o seguinte o palmarés da prova:

2010 – Albert Montanes
2009 – Albert Montanes
2008 – Roger Federer
2007 – Novak Djokovic
2006 – David Nalbandian
2005 – Gaston Gaudio
2004 – Juan Ignacio Chela
2003 – Nikolay Davydenko
2002 – David Nalbandian
2001 – Juan Carlos Ferrero
2000 – Carlos Moya
1999 – Albert Costa
1998 – Alberto Berasategui
1997 – Alex Corretja
1996 – Thomas Muster
1995 – Thomas Muster
1994 – Carlos Costa
1993 – Andrei Medvedev
1992 – Carlos Costa
1991 – Sergi Bruguera
1990 – Emilio Sanchez

9 Maio, 2010 at 7:30 pm Deixe um comentário

Estoril Open – Resultados das 1/2 Finais

Roger Federer (nº 1) – Albert Montanes (nº 34) – 2-6 /6-7
Guillermo Garcia-Lopez (nº 40) – Frederico Gil (nº 133) – 2-6 / 7-5 / 3-6

O espanhol Albert Montanes (vencedor da edição de 2009 do Estoril Open) derrotou esta tarde o nº 1 do ranking mundial, Roger Federer, repetindo a presença na Final do torneio, onde defrontará o português Frederico Gil, primeiro tenista nacional a conseguir garantir a presença no jogo decisivo do principal torneio que se disputa em Portugal.

8 Maio, 2010 at 8:00 pm Deixe um comentário

Estoril Open – Resultados dos 1/4 Final

Roger Federer (nº 1) – Arnaud Clement (nº 83) – 7-6 /6-2
Albert Montanes (nº 34) – Pablo Cuevas (nº 57) – 6-4 / 6-3
Guillermo Garcia-Lopez (nº 40) – Alberto Martin (nº 136) – 6-0 / 2-0 (abandono)
Frederico Gil (nº 133) – Rui Machado (nº 114) – 4-6 / 7-6 / 6-3

Nas 1/2 Finais defrontar-se-ão Roger Federer e Albert Montanes (vencedor da edição de 2009 do Estoril Open), enquanto o português Frederico Gil terá como oponente Guillermo Garcia-Lopez (actual nº 40 do ranking ATP).

7 Maio, 2010 at 6:55 pm Deixe um comentário

Estoril Open – Resultados dos 1/8 Final

Roger Federer (nº 1) – Bjorn Phau (nº 138) – 6-3 / 6-4
Arnaud Clement (nº 83) – Alejandro Falla (nº 70) – 6-4 / 6-3
Albert Montanes (nº 34) – Daniel Gimeno-Traver (nº 99) – 6-1 / 6-2
Marcel Granollers (nº 89) – Pablo Cuevas (nº 57) – 6-7 / 6-7
Guillermo Garcia-Lopez (nº 40) – Leonardo Tavares (nº 246) – 6-2 / 6-2
Alberto Martin (nº 136) – David Marrero (nº 262 – repescado) – 6-1 / 6-2
Frederico Gil (nº 133) – Santiago Giraldo (nº 61) – 6-4 / 6-4
Rui Machado (nº 114) – Michal Przysiezny (nº 97 – repescado) – 6-4 / 6-4

Os portugueses Frederico Gil e Rui Machado qualificaram-se hoje para os 1/4 Final da prova, fase em que se defrontarão, estando consequentemente garantida a presença de um tenista português nas 1/2 Finais, pela primeira vez no Torneio.

6 Maio, 2010 at 3:55 pm Deixe um comentário

Estoril Open – Resultados da 1ª ronda

Roger Federer (nº 1 do Ranking ATP) – isento
Marc Lopez (nº 951) – Bjorn Phau (nº 138) – 4-6 /6-4 / 1-6
Igor Kunitsyn (nº 104) – Arnaud Clement (nº 83) –  5-7 / 6-4 / 4-6
Alejandro Falla (nº 70) – Juan Ignacio Chela (nº 54) – 6-4 / 7-6
Albert Montanes (nº 34) – isento
Nicolas Lapentti (nº 126) – Daniel Gimeno-Traver (nº 99) – 3-6 / 1-3 abandono
Marcel Granollers (nº 89) – Oscar Hernandez (nº 100) – 6-2 / 6-1
Pablo Andujar (nº 149) – Pablo Cuevas (nº 57) –  6-1 / 5-7 / 0-6
Guillermo Garcia-Lopez (nº 40) – Xavier Malisse (nº 84) – 6-2 / 7-6
Leonardo Tavares (nº 246) –  Ricardo Mello (nº 94) – 6-3 / 6-3
Alberto Martin (nº 136) – Federico Del Bonis (nº 152) – 7-6 / 6-1
Gael Monfils (nº 18) – isento
Florian Mayer (nº 49) – Frederico Gil (nº 133) – 2-6 / 7-6 / 3-6
Steve Darcis (nº 110) – Santiago Giraldo (nº 61) – 4-6 / abandono
Nicolas Massu (nº 92) – Rui Machado (nº 114) – 2-6 / 4-6
Ivan Ljubicic (nº 14) – isento

4 Maio, 2010 at 8:05 pm Deixe um comentário

Roger Federer vence, na Austrália, o 16º Grand Slam

Precisamente há um ano (faz amanhã…), Roger Federer era derrotado por Rafael Nadal e não conseguia evitar um choro compulsivo. Nesse momento, perante um implacável Nadal, ter-lhe-á passado pela mente a dúvida se viria a ser capaz de chegar à (então) almejada 14ª vitória em torneios do Grand Slam, que lhe permitiria igualar a marca de Pete Sampras. 

Hoje, porventura com mais facilidade do que se poderia supor – não obstante um terceiro set muito disputado – Federer, vencendo o escocês Andy Murray por 3-0 (parciais de 6-3, 6-4 e 7-6, com 13-11 no tie-break), vence novamente o Open da Austrália, elevando para 16 o número de torneios conquistados – em 22 Finais disputadas em provas do Grand Slam, num percurso vitorioso iniciado em Wimbledon em 2003:

2003 (1) – Wimbledon
2004 (3) – Austrália, Wimbledon e Open dos EUA
2005 (2) – Wimbledon e Open dos EUA (sendo semi-finalista em Roland Garros)
2006 (3) – Austrália, Wimbledon e Open dos EUA (finalista em Roland Garros)
2007 (3) – Austrália, Wimbledon e Open dos EUA (finalista em Roland Garros)
2008 (1) – Open dos EUA (finalista em Wimbledon e Roland Garros)
2009 (2) – Roland Garros e Wimbledon (finalista na Austrália e no Open dos EUA)
2010 (1) – Austrália

Para além destas 16 vitórias (6 em Wimbledon, 5 nos EUA, 4 na Austrália e 1 em Roland Garros), venceu também, já por 4 vezes (em 2003, 2004, 2006 e 2007), o “Tennis Masters Cup”; totaliza agora 62 vitórias em torneios.

Roger Federer obteve os referidos 16 triunfos frente a: Andy Roddick (EUA – 4), Andy Murray (Escócia – 2), Rafael Nadal (Espanha – 2), Andre Agassi (EUA), Fernando González (Chile), Lleyton Hewitt (Austrália), Marat Safin (Rússia), Marcos Baghdatis (Chipre), Mark Philippoussis (Austrália), Novak Djokovic (Sérvia) e Robin Soderling (Suécia). As finais perdidas em torneios do Grand Slam foram contra Rafael Nadal (5) e o argentino Juan Martin Del Potro (nos EUA, na temporada passada).

Nos últimos 19 torneios do Grand Slam (desde o Torneio de Wimbledon de 2005), Roger Federer atingiu a Final por 18 vezes, apenas tendo falhado a do Open da Austrália em 2008 (em que foi semi-finalista)!

Federer regista ainda uma espantosa série de 23 presenças consecutivas em 1/2 Finais de provas do Grand Slam, iniciada em Wimbledon em 2004.

Lista completa de todos os (até agora 24) líderes do ranking ATP, desde a sua criação, pela Associação de Tenistas Profissionais, em 1973 (há 37 anos):

(mais…)

31 Janeiro, 2010 at 12:23 pm Deixe um comentário

Roger Federer vence, em Wimbledon, o 15º Grand Slam

No termo de (mais) uma épica Final do Torneio de Wimbledon, após mais de quatro horas de jogo, o suíço Roger Federer – vencendo o estado-unidense Andy Roddick por 3-2, com os parciais de 5-7 / 7-6 / 7-6 / 3-6 / 16-14 (!) – alcançou a sua 15ª vitória em torneios do Grand Slam, superando o registo de Pete Sampras, tornando-se no tenista com maior número de vitórias na história, ao mesmo tempo que recupera a posição de nº1 do ranking mundial (que ocupara já desde Fevereiro de 2004 a Agosto de 2008).


(foto via Record – ver outros fotos da Final, também no Diário Notícias e El País)

Tendo surgido na ribalta do ténis pela primeira vez em 2000, contando então 19 anos (sendo semi-finalista nos Jogos Olímpicos de Sidney, sem contudo alcançar qualquer medalha), Roger Federer soma agora 15 triunfos em 20 Finais disputadas em provas do Grand Slam, num percurso vitorioso iniciado em Wimbledon em 2003:

2003 (1) – Wimbledon
2004 (3) – Austrália, Wimbledon e Open dos EUA
2005 (2) – Wimbledon e Open dos EUA (sendo semi-finalista em Roland Garros)
2006 (3) – Austrália, Wimbledon e Open dos EUA (finalista em Roland Garros)
2007 (3) – Austrália, Wimbledon e Open dos EUA (finalista em Roland Garros)
2008 (1) – Open dos EUA (finalista em Wimbledon e Roland Garros)
2009 (2) – Roland Garros e Wimbledon (finalista na Austrália)

Para além destas 15 vitórias (6 em Wimbledon, 5 nos EUA, 3 na Austrália e 1 em Roland Garros), venceu também, já por 4 vezes (em 2003, 2004, 2006 e 2007 – tendo sido finalista em 2005), o “Tennis Masters Cup”; somando um total de 60 vitórias em Torneios ATP. As 5 finais perdidas em torneios do Grand Slam foram – todas elas – contra Rafael Nadal.

Nos últimos 17 torneios do Grand Slam (desde o Torneio de Wimbledon de 2005, prova em que marcou presença na Final pela 7ª vez), Roger Federer atingiu a Final por 16 vezes (10 delas consecutivas), apenas tendo falhado a do Open da Austrália em 2008 (em que foi semi-finalista)!

Federer regista ainda uma espantosa série de 21 presenças consecutivas em 1/2 Finais de provas do Grand Slam, iniciada em Wimbledon em 2004.

Na Final hoje disputada, entrando mal no encontro, perdendo a primeira partida, parecia ter também o segundo set perdido, quando, no tie-break, perdia por 2-6; com uma espantosa reviravolta, evitou 4 set-points, somando 6 pontos consecutivos, para ganhar por 8-6! Venceria, novamente no tie-break (7-5), a terceira partida, consentindo a igualdade, ao ceder no 4º set, por 3-6. Mas o melhor ainda estava para vir: numa disputadíssima última partida, foram necessários 30 jogos (!) para que Federer, estabelecendo o resultado final em 16-14, garantisse a 15ª conquista de um Grand Slam.

(vídeo de tributo da ATP)

Lista completa de todos os (até agora 24) líderes do ranking ATP, desde a sua criação, pela Associação de Tenistas Profissionais, em 1973 (há 36 anos):

(mais…)

5 Julho, 2009 at 8:10 pm Deixe um comentário

Roger Federer vence Torneio de Roland Garros

Vencendo na Final, hoje disputada, o sueco Robin Soderling (que, nos 1/8 Final, havia afastado Rafael Nadal, tetra-campeão da prova francesa), por 3-0, com os parciais de 6-1, 7-6 e 6-4, o suíço Roger Federer, actual nº 2 do ranking mundial, conquistou pela primeira vez o Torneio de Roland Garros, igualando o record de 14 títulos do Grand Slam (em 19 Finais disputadas), até agora pertença exclusiva do estado-unidense Pete Sampras.

Roger Federer - Roland Garros
(foto via Record)

Com o triunfo na única das principais provas que lhe faltava vencer (após derrotas na Final nos três anos anteriores, frente a Rafael Nadal), Federer torna-se apenas no terceiro tenista a conseguir – na era “Open” (desde 1968) – vencer os quatro grandes torneios do ténis mundial (Austrália, Roland Garros, Wimbledon, e o Open dos Estados Unidos, disputados em diferentes superfícies), repetindo as proezas do australiano Rod Laver e do também estado-unidense Andre Agassi.

O suíço somou o seu 59º título como profissional, estando agora a 10 triunfos da marca de Andre Agassi.

7 Junho, 2009 at 6:20 pm Deixe um comentário

Artigos Mais Antigos Artigos mais recentes


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Abril 2021
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.