O Pulsar do Campeonato – 19ª Jornada

27 Fevereiro, 2022 at 11:00 am Deixe um comentário

(“O Templário”, 24.02.2022)

Era grande a expectativa para avaliar como reagiriam – vencidos e vencedores – às emoções fortes da ronda anterior, em que os dois guias tinham sido derrotados pelos dois 3.º classificados. Pois, três destes clubes saíram-se bem a contento na jornada 19, somando importantes triunfos. A excepção acabou por ser o U. Tomar, outra vez derrotado pelo Samora Correia (a única equipa que, nesta edição da prova, “subtraiu” os seis pontos aos unionistas), desfecho que se traduziu na perda da liderança que ostentava desde o primeiro dia deste campeonato, há cinco meses!

Trata-se, não obstante, de uma perda “à condição”, dado que, mantendo os tomarenses um jogo em atraso, desperdiçaram, até agora, o mesmo número de pontos (onze) que os riomaiorenses. Assinala-se, contudo, uma importante vantagem na diferença de golos – saldo de 15 – a favor do grupo de Rio Maior, nesta altura com o ataque mais concretizador e a defesa menos batida.

Destaques – O maior destaque vai para o bom momento do Mação – vindo de três desafios sucessivos ante os dois comandantes, nos quais tinha batido o U. Tomar, e imposto dois empates ao Rio Maior (um deles em jogo da Taça, mesmo que tenha acabado por ser afastado no desempate da marca de grande penalidade) – que obteve uma vitória afirmativa em Torres Novas, por 3-1.

Apesar de ter entrado a perder, sofrendo um golo logo no minuto inicial (o 21.º de Miguel Miguel no campeonato), os maçaenses mantiveram a serenidade, operando reviravolta que se revestiu de alguma naturalidade, marcando por três vezes num espaço de vinte minutos (entre os 56 e os 77).

Noutro plano, esteve também em evidência o Ferreira do Zêzere, que, ganhando ao Abrantes e Benfica por 2-1, não só confirma a boa recuperação que vem realizando (dos 14 pontos somados, dez foram averbados nas últimas seis jornadas), como, tendo reduzido o atraso face ao U. Almeirim para um único ponto (e tendo o At. Ouriense agora a cinco pontos), volta a estar bem dentro da disputa pela permanência, o que, a dada altura, chegou a parecer tarefa ciclópica.

Precisamente, o U. Almeirim foi derrotado, no seu próprio reduto, pelo Benavente, por convincente marca de 1-3, voltando a ver-se em situação muito delicada na pauta classificativa – enquanto, em paralelo, os benaventenses, igualando assim o Abrantes e Benfica no 7.º posto, praticamente garantiram, desde já, um final de temporada bastante tranquilo.

Também o Amiense fez boa operação, indo ganhar 2-0 ao Cartaxo, ascendendo mesmo à 6.ª posição, e somente um ponto abaixo do Alcanenense, podendo, pois, visar mais alto na tabela. Quanto aos cartaxeiros, a atravessar crise de resultados, tendo somado apenas um ponto nos quatro últimos encontros, não estarão ainda definitivamente a salvo de maiores preocupações.

Surpresa – A grande surpresa da ronda foi o desaire – segundo consecutivo, depois de uma excelente série de onze vitórias – sofrido pelo U. Tomar, novamente batido (1-2) pelo Samora Correia (10.º), única equipa que, na primeira volta, tinha conseguido já desfeitear os nabantinos.

Entrando praticamente a perder (sofrendo o primeiro golo logo aos dois minutos), a turma unionista “acusou o toque”, não conseguindo, ao longo da primeira metade, atingir o rendimento habitual. Na segunda parte, pese embora a pressão intensa, com múltiplas ocasiões de perigo, os homens da casa mostraram-se deveras ineficazes. Já próximo do minuto 90, arriscando tudo, abdicando de um defesa central, uma perda de bola viria a custar o segundo tento adversário. O ponto de honra do União acabaria por chegar demasiado tarde, já em período de compensação.

Trata-se de um forte contratempo face às aspirações dos tomarenses, os quais terão de reagir de pronto, face aos muito exigentes compromissos que se perfilam no horizonte (deslocações às Fazendas de Almeirim, já neste fim-de-semana, e, em Março, a Benavente… e a Rio Maior).

Confirmações – Reagindo positivamente a momento que parecia poder ser de alguma oscilação (dois empates com o Mação e derrota ante o Fazendense), o Rio Maior aproveitou da melhor forma tal surpresa, recebendo e goleando categoricamente (5-0) o Alcanenense, ainda 5.º classificado, em mais uma inequívoca prova de força. Os riomaiorenses seguem com registos notáveis, quer a nível de golos marcados (51, à média de 2,7), como de golos sofridos (11).

Quanto ao Fazendense, prossegue a sua excelente fase, com um único empate cedido (por curiosidade, em Samora Correia) nas últimas oito rondas, tendo, pois, somado nesse período um total de 22 pontos, de um máximo possível de 24! Desta vez, coube ao At. Ouriense (13.º) ser derrotado em casa, mesmo que por tangencial 0-1, pela formação das Fazendas de Almeirim.

Por fim, no “derby” do município de Salvaterra, numa partida repleta de incerteza, com reviravoltas no marcador, o Salvaterrense ganhou por 3-2 à equipa da Glória do Ribatejo, dando um passo importante a caminho da manutenção, ao mesmo tempo que afasta ainda mais o adversário de tal aspiração, agora já com seis pontos de atraso do penúltimo classificado.

II Divisão Distrital – O principal realce vai para o empate (1-1) imposto pelo Porto Alto ao líder Forense, o que possibilitou ao Águias de Alpiarça reduzir para três pontos a desvantagem.

Entroncamento AC (vitória por 2-0 frente ao Riachense) e Fátima (após um empolgante 5-4 no terreno do Vasco da Gama) praticamente garantiram já o apuramento para a fase final, o mesmo se podendo dizer de Moçarriense (12.º triunfo em outros tantos jogos, ganhando 3-0 no Pego) e Espinheirense (4-0 em Alferrarede), ampliando para seis pontos a diferença face ao Tramagal.

Liga 3 – O U. Santarém conseguiu manter até final o nulo na recepção ao guia, U. Leiria, subindo uma posição (é agora 10.º classificado), um ponto acima de Oriental Dragon e Oliveira do Hospital, quando faltam disputar apenas duas jornadas nesta primeira fase da competição.

Campeonato de Portugal – O Coruchense sofreu muito imprevisto desaire caseiro, baqueando por 1-5 (tendo chegado, aliás, a estar a perder por 0-5 até ao derradeiro minuto) ante o Sp. Ideal, clube que subsiste em posição imediatamente abaixo da turma de Coruche, a qual, à entrada para a última ronda (em que visitará o líder, Belenenses), reparte o 6.º lugar com o Operário Lagoa.

Antevisão – No principal escalão do futebol distrital o “jogo grande” da 20.ª jornada será o que coloca frente-a-frente o Fazendense e o U. Tomar, actuais 3.º e 2.º classificados, respectivamente, um teste da maior dificuldade para os nabantinos, face ao grande momento de forma dos visitados.

Quanto ao agora líder isolado, Rio Maior, recebe o Ferreira do Zêzere, sendo amplamente favorito, não obstante a boa recuperação dos ferreirenses. Na disputa pela manutenção afigura-se crucial o embate entre Glória Ribatejo e U. Almeirim, no qual os donos da casa “terão de pontuar”.

Na II Divisão Distrital, destaca-se o desafio entre os dois primeiros classificados da série B, Fátima-Entroncamento, separados por três pontos, o qual poderá provocar alteração no comando. Mais a Sul o guia incontestado, Moçarriense, recebe o actual 3.º classificado, Tramagal.

Na Liga 3, na penúltima ronda da primeira fase, o U. Santarém desloca-se ao terreno do “lanterna vermelha”, Oliveira do Hospital, na perspectiva de poder vir a somar algo à sua pontuação. Quanto ao Campeonato de Portugal tem a última jornada da sua fase inicial agendada apenas para 6 de Março, sendo este fim-de-semana aproveitado para jogos de acerto de calendário.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 24 de Fevereiro de 2022)

Entry filed under: Tomar.

Liga Conferência Europa – Sorteio dos 1/8 de Final COVID-19 – Evolução no mês de Fevereiro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Fevereiro 2022
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: