O pulsar do campeonato – 14.ª jornada

18 Janeiro, 2015 at 11:00 am 4 comentários

Pulsar - 14

(“O Templário”, 15.01.2015)

A abrir estes comentários, começo por permitir-me a liberdade de “vestir a camisola” do União, para deixar testemunho pessoal do grato contentamento e particular emoção que me proporciona – como, naturalmente, a todos os unionistas – voltar a ver, após uma longa espera, de quase 17 anos (desde a temporada de 1997-98, época na qual o clube se sagrou Campeão Distrital), o União de Tomar no 1.º lugar da classificação do Campeonato Distrital da I Divisão.

Efectivamente, na ronda de abertura da segunda volta da competição, concretizaram-se os dois “ses” que aqui tinha deixado em suspenso na semana passada: desde logo com a formação unionista a golear o Barrosense por categórica marca de 5-1, não vacilando mesmo perante o facto de ter sido o adversário a inaugurar o marcador, rapidamente operando a reviravolta, com Pelé uma vez mais em destaque, com um “hat-trick”, reforçando a sua condição de melhor marcador da prova, já com 14 golos apontados; por seu lado, o grupo dos Empregados do Comércio não foi além do nulo na recepção ao Fazendense, assim se vendo enfim desalojado do comando, que mantivera desde o início, ao longo de toda a primeira volta do campeonato.

Num dia especial para o clube, após grande perseverança, não deixando nunca de acreditar, foi possível atingir este marco, em mais um bonito momento da já centenária história do União, traduzindo um justo prémio para o esforço e trabalho que todo o grupo tem vindo a desenvolver, desde a Direcção, à equipa técnica e aos jogadores que integram o plantel tomarense, a quem endereço os parabéns, a par de votos de felicidade para a parte restante da temporada.

Trata-se de uma posição que não será fácil manter, atenta a forte concorrência, mas que, a partir de agora, mantendo o foco jogo a jogo, coloca em aberto todas as possibilidades para o União de Tomar, para já em situação privilegiada, não obstante a (muito) curta vantagem de que dispõe, com o par formado por Empregados do Comércio e Coruchense somente a um ponto, e o Fazendense agora a três pontos.

Nas restantes partidas da jornada, ainda outros dois destaques: para a imponente goleada aplicada pelo Mação ao U. Santarém (7-1) – curiosamente, já na ronda inaugural, o desafio entre estas duas equipas tivera também oito golos (máximo da prova), na altura com os maçaenses a vencer em Santarém por 5-3 –, e para o surpreendente desaire do Torres Novas, na recepção ao Amiense, com os torrejanos a serem derrotados por 2-4.

Os outros encontros saldaram-se por desfechos tangenciais, com o Coruchense a ganhar ao Rio  Maior e o Benavente a vencer o Cartaxo, em ambos os casos mercê de um solitário golo, tendo o Pontével quebrado um ciclo de quatro derrotas no campeonato, ganhando por 2-1 na recepção ao U. Chamusca, equipa que, por seu lado, ampliou para seis a série de desaires consecutivos.

Já na próxima ronda o União de Tomar terá o primeiro e imediato sério teste à sua liderança, em difícil deslocação ao Cartaxo, com o alerta de ter sido precisamente nesse terreno, frente a este mesmo adversário que, pela última vez – no passado mês de Abril de 2014, portanto já há nove meses – foi derrotado em partidas fora de casa. A atravessar excelente momento de forma, com cinco vitórias nas últimas seis jornadas (o único desafio que não conseguiu vencer foi o disputado ante o anterior líder, Empregados do Comércio, o qual se saldou por um nulo), são fortes os motivos para ter confiança e crer num resultado positivo para as cores “rubro-negras”.

Mas, eventualmente, os seus mais directos perseguidores apenas em teoria terão tarefa fácil: os Empregados do Comércio deslocam-se à Chamusca, enfrentando um adversário a carecer urgentemente de pontuar, até em termos anímicos; o mesmo sucede exactamente com o Coruchense, que visita o “lanterna vermelha”, U. Santarém; por seu lado, facilidades não esperará certamente o Fazendense na recepção à equipa de Mação, turma que regista nesta altura o ataque mais concretizador do campeonato.

Na II Divisão Distrital, a U. Abrantina somou o seu quarto nulo consecutivo (!), desta feita recebendo o Mindense; mantém, não obstante, a liderança isolada, beneficiando da igualdade do Pego (2-2) em Alferrarede, subsistindo assim as diferenças pontuais entre os três primeiros, com a equipa de Minde a um ponto do Pego e a dois da formação de Abrantes. A Sul, o Glória do Ribatejo averbou um nulo na visita a Almeirim, frente ao União local, enquanto o Moçarriense goleou por 5-0 o Goleganense, com os grupos da Moçarria e da Glória agora a partilhar o comando, estando o U. Almeirim a quatro pontos. Na próxima jornada, destacam-se os seguintes desafios: a Norte, dois encontros entre vizinhos, Rossiense-U. Abrantina e Pego-Tramagal, para além do Mindense-Ferreira do Zêzere, na disputa do 3.º lugar (que dará acesso à fase seguinte); a Sul, o At. Pernes-Moçarriense e o Glória do Ribatejo-Vale da Pedra.

No Campeonato Nacional de Seniores, disputou-se a penúltima jornada da primeira fase da competição, confirmando-se a expectativa positiva em relação ao Alcanenense, que ganhou por 1-0 ao Torreense, tendo o Fátima obtido também resultado animador (0-0) na deslocação a Ponte de Sôr. O Riachense, pese embora a forte réplica, não conseguiu evitar a derrota (2-3) ante o Caldas, que assim se isolou no 2.º posto, garantindo paralelamente o apuramento para a série de disputa do título, na fase seguinte, tal como assegurado igualmente pelo guia, Mafra, que ganhou ao At. Ouriense por 3-0. Na derradeira ronda, o Fátima tem a visita do Alcanenense, recebendo o At. Ouriense o Eléctrico de Ponte de Sôr; o Riachense desloca-se a Leiria, defrontando o União local, equipa já sem possibilidade de alcançar os dois primeiros postos.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 15 de Janeiro de 2015)

Advertisements

Entry filed under: Tomar.

Cristiano Ronaldo – 3.ª Bola de Ouro O pulsar do campeonato – 15.ª jornada

4 comentários Add your own

  • 1. best pet hair vacuum  |  11 Fevereiro, 2015 às 2:09 am

    Surfaces grabbed and furniture must be vacuumed, or dusted over a normal
    foundation to preserve pet hair from gathering.

    Responder
  • 2. Meat smoking Fan  |  11 Fevereiro, 2015 às 6:02 am

    I’m not investing in a smoker to smoke meat merely to
    have it avoid via a motorcycle that is broken!

    Responder
  • 3. knowurplants.weebly.com  |  11 Fevereiro, 2015 às 6:23 am

    I was very pleased to find this site. I wanted to thank you for ones time for this particularly wonderful read!!
    I definitely savored every part of it and
    i also have you book marked to check out new information in your site.

    Responder
  • 4. yu-chia.com  |  11 Fevereiro, 2015 às 8:13 am

    there released is a solution within the ARC Zone.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Janeiro 2015
M T W T F S S
« Dez   Fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: