O pulsar do campeonato – 13.ª jornada

11 Janeiro, 2015 at 11:00 am Deixe um comentário

Pulsar - 13

(“O Templário”, 08.01.2015)

A encerrar a primeira metade do Campeonato Distrital da I Divisão, à 13.ª jornada, e pela primeira vez nesta temporada, todos os actuais cinco primeiros classificados venceram as suas partidas – sendo que, porém, o Cartaxo, tendo sido derrotado em Coruche, por categórico 3-0, deixou assim de integrar aquele lote, dado ter sido entretanto ultrapassado pelo Torres Novas (após muito difícil triunfo dos torrejanos, por tangencial 2-1, frente ao U. Chamusca, formação na qual continua a pontificar a grande nível o seu guardião, Rui Galrinho).

Tal resulta consequentemente num distanciamento do quarteto da frente – compreendido num curto intervalo de apenas dois pontos –, com o grupo dos Empregados do Comércio de Santarém a concluir a primeira volta na posição de guia, posto que mantém desde o arranque da competição, subsistindo o União de Tomar como vice-líder, somente um ponto abaixo, seguido de (muito) perto pelo par formado por Fazendense e Coruchense, permitindo deste modo projectar o lançamento de uma empolgante segunda volta do campeonato.

Para além do triunfo do Coruchense, destaque para a vitória do comandante, Empregados do Comércio, que não dá indícios de “baixar a guarda” – continua com uma defesa praticamente inexpugnável, com apenas seis golos sofridos (média inferior a meio golo por jogo!…) –, desta feita no sempre difícil recinto do Pontével (1-0), no que constitui já o quarto desaire sucessivo da equipa do município do Cartaxo (quinto, se contarmos com o jogo da Taça do Ribatejo).

Também o União de Tomar terminou da melhor forma esta fase da prova, vencendo na recepção ao Amiense, por 2-0, prosseguindo assim um excelente ciclo, no qual registou um único desaire, continuando a salientar-se o seu avançado, Pelé, melhor marcador do campeonato, já com 11 golos apontados.

Por seu lado, o Fazendense impôs-se também, sem dificuldade aparente, na deslocação a Santarém, frente ao “lanterna vermelha”, U. Santarém, ganhando por 4-1. Mas, efectivamente, os resultados de maior sensação, nesta derradeira ronda da primeira volta, foram as vitórias, obtidas em terreno alheio, pelo Rio Maior (em Mação), por 1-0, e pelo Barrosense, numa curtíssima deslocação ao vizinho Campo das Portas do Sol, em Benavente (3-1).

Atingindo-se já o ponto de viragem para a segunda metade do campeonato, perfilam-se então quatro candidatos ao título, porventura com os menos expectáveis à partida a ocupar os dois primeiros lugares da classificação. De facto, abre-se já um pequeno “fosso”, de sete pontos, entre 1.º e 5.º classificado, tal como referido anteriormente um posto agora ocupado pelo Torres Novas, que, porém, atravessa também (à semelhança de outros clubes) grandes dificuldades, com uma Comissão Administrativa a apelar ao apoio dos torrejanos, para salvaguarda de uma colectividade histórica do Distrito. Seguem-se o Cartaxo e o Mação, depois das derrotas do passado fim-de-semana, já algo atrasados, respectivamente a oito e a dez pontos do guia.

Na parte baixa da pauta classificativa as surpreendentes vitórias de Rio Maior e Barrosense permitiram-lhes recolar num mini-pelotão que integra também o Amiense, Pontével e Benavente; ao mesmo tempo que, paralelamente, U. Chamusca e U. Santarém começam a ficar para trás, nos dois lugares da cauda, já a quatro e a seis pontos do mais próximo concorrente.

O início da segunda volta fica necessariamente assinalado por um confronto entre Empregados do Comércio e Fazendense (respectivamente 1.º e 3.º classificados), cujo desfecho poderá marcar de forma determinante a parte restante do campeonato, assim como interferir no posicionamento de outros competidores directos. Para o União de Tomar, a possibilidade de ascender à liderança, no que constitui nova oportunidade para tal, volta assim a estar à distância de dois “ses”: se ganhar o seu jogo, frente a um fortemente motivado Barrosense… e se os “Caixeiros” não conseguirem derrotar o Fazendense (que vem de três vitórias sucessivas).

Na II Divisão Distrital, nenhum dos dois guias à entrada para a 11.ª jornada conseguiu vencer: a U. Abrantina somou novo nulo, na deslocação a Ferreira do Zêzere, enquanto o Pego fez ainda pior, perdendo em Assentis por 2-3. A Sul, o Glória do Ribatejo goleou o At. Pernes por 4-0, tendo o Moçarriense obtido também bom triunfo na visita à Atalaia, ganhando por 1-0. Na próxima jornada, destacam-se os seguintes desafios, envolvendo os primeiros classificados: U. Abrantina-Mindense, Alferrarede-Pego; U. Almeirim-Glória e Moçarriense-Goleganense.

No Campeonato Nacional de Seniores, o destaque vai para o primeiro triunfo obtido pelo Riachense, em “casa emprestada” do At. Ouriense (2-1), quando se atingiu já a 16.ª (de 18 jornadas), assim trocando de posição com o adversário, a quem trespassou a “lanterna vermelha”. O Alcanenense (7.º classificado) foi derrotado pela margem mínima (0-1) na Sertã, vendo-se consequentemente mais distanciando (regista agora um atraso de cinco pontos face ao 6.º classificado, Eléctrico de Ponte de Sôr, com o Sertanense e Torreense ambos a sete pontos). Por seu lado, o Fátima, pese embora jogando em casa, sofreu severa goleada (0-5), infligida pelo líder, Mafra, mantendo uma desvantagem de sete pontos em relação à turma de Alcanena.

Na penúltima ronda desta primeira fase, mais quatro desafiantes jogos aguardam os representantes do Distrito, com expectativas mais positivas na recepção do Alcanenense ao Torreense, recebendo o Riachense a visita do Caldas (actual 2.º classificado, em igualdade com o U. Leiria); o Fátima desloca-se a Ponte de Sôr, para defrontar o Eléctrico local; por fim, os extremos tocam-se, com o At. Ouriense a visitar Mafra, equipa que necessita ainda de pontos para garantir um dos dois primeiros lugares, e o acesso, na fase final, à série de disputa do título.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 8 de Janeiro de 2015)

Anúncios

Entry filed under: Tomar.

“Somos todos Charlie” Cristiano Ronaldo – 3.ª Bola de Ouro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Janeiro 2015
S T Q Q S S D
« Dez   Fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • RT @trainmaniac: Felizmente que Pizzi é um jogador com pouco ou nenhum hype. Incrível centrocampista e na sua maturidade plena. 5 hours ago
  • RT @Bernardo_PL: "há um consenso bipartidário, o q adensa o drama britânico: sem rumo, sem estratégia, sem senso, sem alternativas" https:/… 11 hours ago
  • RT @insoniascarvao: O Benfica é que podia oferecer uma biblioteca inteira ao Geraldes, just saying 1 day ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: