2009 – O caudal do Twitter

1 Julho, 2013 at 11:00 am Deixe um comentário

MVR-10

A primeira ideia que me vem à memória é o octogenário slogan criado por Fernando Pessoa para a Coca-Cola: «Primeiro estranha-se, depois entranha-se»… e, acrescento eu, pode provocar significativo grau de dependência, tornando-se altamente viciante.

Tendo iniciado a minha conta no Twitter a 11 de Setembro de 2007, demorei ainda alguns meses até perceber exactamente para que servia, para além de “correia de transmissão” dos artigos publicados em blogues.

A mesma sensação que porventura experimentarão nestes dias alguns renomados autores de blogues, que, a título individual, ou por via dos seus blogues, vêm afluindo à nova “coqueluche” dos sistemas de publicação (no caso, micro-publicação, restrita a 140 caracteres).

Nas semanas mais recentes (essencialmente já no novo ano de 2009), chegaram ao Twitter, entre outros, Joana Lopes, Miguel Cardina, Nuno Gouveia, Palmira F. Silva, Pedro Vieira (“Irmão Lúcia”), Rui Bebiano ou Shyznogud (para além de João Pinto e Castro, transitando já de 2008).

Assim como foram criadas contas associadas a conceituados blogues como A Barbearia do Senhor Luís, Caminhos da Memória, Câmara Corporativa (ainda em teste), Jugular, e Womenage à trois.

Ou ainda, a grande estrela da rádio e televisão, Nuno Markl, que se confessa rendido ao Twitter: nas suas próprias palavras: «quebra com distâncias, protocolos e outras tangas com uma categoria extrema. É divertido e perigosamente viciante».

Mas, também, deputados na nação (como Hugo Nunes, Jorge Seguro,  ou Pedro Mota Soares), jornalistas (Anabela NevesLeonete Botelho, ou Susana Barros), jornais, cadeias de rádio e televisão (com menção especial ao destaque que a RTPN – já desde há algum tempo – tem dado ao Twitter, no seu programa “À Noite as Notícias”)… e, inclusivamente, a Câmara Municipal de Sines!

Contando já com um impressionante “State of the Twittersphere”, traduzindo o fervilhar explosivo desta ferramenta de micro-publicação, o Twitter – um vasto espaço de partilha – é um verdadeiro rio, com um caudal cada vez mais alargado, pelo qual flui a informação, em “primeira mão”, como no caso – ontem mesmo, à hora a que preparava este texto –, da notícia da suspensão do cargo de Steve Jobs de Presidente da Apple, por motivo de doença.

(Guest-Post escrito a convite de Paulo Querido, publicado originalmente no Certamente!)

P. S. Para ilustrar a capacidade de reacção – quase “instantânea” – do Twitter, que melhor exemplo do que o acidente ocorrido esta tarde/noite em Nova Iorque, com um avião da U. S. Airways a conseguir ter sucesso numa delicada operação de amaragem no Rio Hudson, proporcionando o acesso a imagens como esta, ou esta outra?!

(publicado originalmente em 15.01.2009)

Entry filed under: Blogosfera.

2008 – Eleições EUA 2009 – Visita às instituições da União Europeia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Julho 2013
S T Q Q S S D
« Jun   Ago »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: