John Isner – Nicolas Mahut – 59-59 no 5º set em Wimbledon!

23 Junho, 2010 at 10:20 pm Deixe um comentário

Após 10 horas de disputa sem tréguas, o estado-unidense John Isner e o francês Nicolas Mahut viram o jogo de ténis que disputam no Torneio de Wimbledon interrompido pelo 2º dia consecutivo, quando o marcador assinala 59-59 (!) no 5º e decisivo set.

O encontro entre ambos os tenistas (a contar para a 1ª ronda do Torneio) começou ontem, prosseguiu hoje, e prolonga-se para amanhã!

John Isner (23ª “cabeça-de-série”) venceu a primeira partida por 6-4, perdendo de seguida por 3-6 e 6-7, voltando a triunfar no 4º set, por 7-6. Após 2 tie-breaks, e não estando prevista esta fórmula de desempate no set decisivo no Torneio de Wimbledon, os tenistas têm enfrentado uma aparentemente interminável 5ª partida, já com mais de 7 horas, superando os records de set e encontro mais longos de toda a história do ténis.

Absolutamente fantástico!

(foto Oli Scarff / Getty Images – via NBC Sports)

O tenista dos EUA dispôs de um primeiro match point a 10-9, e dois pontos de encontro adicionais a 33-32, mas não conseguiu encerrar o encontro; por fim, no serviço do francês (provindo das qualificações), teve novo ponto decisivo a 59-58, que desperdiçaria uma vez mais, inclinando-se e deixando-se cair de joelhos…

Isner: «Nothing like this will ever happen again. Ever. I don’t know what to say. He’s serving fantastic, I’m serving fantastic. I’d like to see the stats.»

Mahut: «He’s (Isner) just a champ. We’re fighting like we never did before. Someone has to win so we’ll have to come back tomorrow to find out who wins the match.»

(foto AP / Sang Tan – via)

Pode ver a notícia com o registo das diferentes fases de evolução do jogo no The New York Times e um vídeo aqui.

P. S. Ainda com mais de 1 hora de jogo disputado no terceiro dia (somando um total acumulado de 11 horas e 5 minutos), John Isner acabou por vencer Nicolas Mahut por 70-68 no 5º set! Foram assim quebrados diversos records:

  • Encontro mais longo de sempre (11 horas e 5 minutos – anteriormente, 6h33, entre Fabrice Santoro-Arnaud Clement, em Roland Garros, em 2009)
  • Encontro com mais jogos (183 – anteriormente, 122, entre Smith/Diller-Cornejo/Fillol, na Taça Davis, em 1973; ou, em singulares, 112 jogos, entre Pancho Gonzalez-Chrlie Pasarell, em Wimbledon, no ano de 1969)
  • 5.º set mais longo num torneio do Grand Slam (70-68, num total de 138 jogos – anteriormente, 40 jogos, 21-19, entre Andy Roddick-Younes El Aynaoui, no Open da Austrália, em 2003)
  • Total de “ases” num encontro (112, por John Isner, e 103 de Nicola Mahut; e 78, por Ivo Karlovic, em jogo da Taça Davis, em 2009).

(foto Reuters – via Record)

Anúncios

Entry filed under: Desporto. Tags: .

Mundial 2010 – Balanço intercalar Fotobiografia de Tito de Morais

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Junho 2010
S T Q Q S S D
« Maio   Jul »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: