Taça UEFA – 1ª Jornada

23 Outubro, 2008 at 9:26 pm Deixe um comentário

No regresso à Fase de Grupos da Taça UEFA, 3 anos depois, o Benfica deslocou-se ao Estádio Olímpico de Berlim (palco da Final do Mundial de 2006), apresentando-se perante uma equipa do Hertha – actual 4º classificado no campeonato da Alemanha, a apenas 3 pontos do líder Hamburgo, quando estão decorridas 8 jornadas… mas que, tendo sido 10º na época passada, se apurou para esta competição por via da atribuição do prémio fair-play – com características específicas próprias, algo afastadas do estereótipo do futebol alemão, privilegiando um jogo mais “à flor da relva”, de domínio e troca de bola.

E entrou bem no jogo, podendo ter marcado logo nos primeiros minutos, tivesse tido um pouco mais de felicidade no ressalto num defesa da equipa alemã, na sequência de um bom remate de Nuno Gomes, que saiu a rasar o poste da baliza.

Até meio do primeiro tempo, o Benfica controlaria o jogo, face a um Hertha que ia procurando construir jogo, sem precipitações. Contudo, a partir dos 25 minutos, a pressão alemã intensificar-se-ia, com o jogo a transferir-se para o meio-campo benfiquista, sem que a equipa portuguesa conseguisse dispor de bola. E, com naturalidade, o Benfica passaria por alguns apuros, com Quim a ter de aplicar-se a fundo para anular uma soberana oportunidade de golo, com um avançado do Hertha isolado na cara do guarda-redes.

À semelhança da primeira metade, o Benfica entraria ainda melhor no segundo tempo, conseguindo mesmo, numa boa arrancada de Di María – fazendo recordar o lance que originaria o golo na Final dos Jogos Olímpicos -, inaugurar o marcador, colocando-se em vantagem.

Nos minutos imediatos, e replicando o que sucedera na metade inicial da partida, o Benfica parecia controlar o jogo… para, na fase final, o Hertha tornar a empurrar a equipa portuguesa para o seu meio-campo, surgindo o empate como consequência lógica da tendência do encontro, num remate imparável de Pantelić.

Como lógico acabaria por ser o empate, dados os períodos de domínio repartido entre as duas equipas – pese embora alguma natural preponderância da equipa alemã -, no que não deixa de constituir um arranque positivo do Benfica nesta fase da competição.

Hertha Berlin – Jaroslav Drobný, Sofian Chahed, Arne Friedrich (53m – Kaká), Josip Šimunić, Marc Stein (66m – Marko Pantelić), Fabian Lustenberger, Pál Dárdai (45m – Gojko Kačar), Cícero Santos, Maximilian Nicu, Raffael e Andryi Voronin

Benfica – Quim, Maxi Pereira, Luisão, Sidnei, Jorge Ribeiro, Binya, Katsouranis (66m – Carlos Martins), Di María, Reyes (72m – Urretavizcaya), Nuno Gomes e Óscar Cardozo (45m – David Suazo)

0-1 – Di María – 51m
1-1 – Marko Pantelić
– 74m

Cartões amarelos – Gojko Kačar (58m); Di María (51m)

Árbitro – Paul Allaerts (Bélgica)

Grupo A
Schalke 04 – PSG – 3-1
Twente – Racing Santander – 1-0

1º Schalke 04 e Twente, 3; 3º Manchester City, 0; 4º Racing Santander e PSG, 0

Grupo B
Galatasaray – Olympiakos – 1-0
Hertha Berlin – Benfica – 1-1

1º Galatasaray, 3; 2º Benfica e Hertha Berlin, 1; 4º Metalist Kharkiv, 0; 5º Olympiakos, 0

Grupo C
Sevilla – Stuttgart – 2-0
Partizan – Sampdoria – 1-2

1º Sevilla e Sampdoria, 3; 3º Standard Liège, 0; 4º Partizan e Stuttgart, 0

Grupo D
Udinese – Tottenham – 2-0
Dinamo Zagreb – NEC Nijmegen – 3-2

1º Udinese e Dinamo Zagreb, 3; 3º Spartak Moskva, 0; 4º NEC Nijmegen e Tottenham, 0

Grupo E
Heerenveen – AC Milan – 1-3
Braga – Portsmouth – 3-0

1º  Braga e Ac Milan, 3; 3º Wolfsburg, 0; 4º Heerenveen e Portsmouth, 0

Grupo F
Žilina – Hamburg – 1-2
Aston Villa – Ajax – 2-1

1º Hamburg e Aston Villa, 3; 3º Slavia Praha, 0; 4º Ajax e Žilina, 0

Grupo G
København – St. Etienne – 1-3
Rosenborg – Brugge – 0-0

1º St. Etienne, 3; 2º Brugge e Rosenborg, 1; 4º Valencia, 0; 5º København, 0

Grupo H
CSKA Moskva – Deportivo Coruña – 3-0
Nancy – Feyenoord – 3-0

1º CSKA Moskva e Nancy, 3; 3º Lech Poznań, 0; 4º Deportivo Coruña e Feyenoord, 0

Melhor que o Benfica esteve o sensacional Braga europeu, que somou hoje a sétima vitória consecutiva em jogos das competições europeias da presente época, num triunfo por números concludentes sobre o Portsmouth, uma equipa da Premier League, actual 7ª classificada do campeonato inglês e vencedora da Taça de Inglaterra no ano passado, dispondo de um orçamento multimilionário (superior à centena de milhão de euros) e que eliminara na fase anterior o V. Guimarães.

Anúncios

Entry filed under: Desporto. Tags: , , , .

Testemunhos orais dos maiores escritores de língua inglesa do século XX Orçamento do Estado 2009 – Principais implicações – IRC (II)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Outubro 2008
S T Q Q S S D
« Set   Nov »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: