A CAIXA QUE MUDOU O MUNDO – 50 ANOS EM PORTUGAL (XVIII)

7 Março, 2007 at 8:03 am Deixe um comentário

Em 2001 iniciava-se também (a 15 de Outubro) a NTV, que viria, pouco tempo depois (a partir de 31 de Maio de 2004) a dar lugar à RTPN; a 18 de Outubro do mesmo ano, surgia o TVI Eventos.

A 8 de Março de 2003, Dia Internacional da Mulher, a SIC lançava um novo canal temático: SIC Mulher.

Em Maio, a Alta Autoridade para a Comunicação Social autorizava seis novos canais temáticos, por cabo e por satélite: Sport TV 2, Lusomundo Premium e Lusomundo Gallery (entrando em funcionamento a 1 de Junho de 2003, substituindo os canais Telecine Premium e Telecine Gallery, que emitiam a partir do Brasil), Cine Estreia, Cine êxitos e Cine Clássico (os três últimos no sistema pay-per-view).

A 5 de Janeiro de 2004, o antigo Canal 2 dava lugar a um “novo canal” denominado 2:, um projecto em parceria entre a RTP e a “sociedade civil” que, contudo, acabaria por não assumir os contornos que lhe estiveram subjacentes a nível da intervenção / participação da referida “sociedade civil”.

A 6 de Abril de 2004, era autorizada a emissão de novo canal temático, o Lusomundo Action, que iniciou as emissões 10 dias depois.

Em 29 de Setembro de 2004, eram autorizados dois novos canais, a Sport TV Internacional e a SIC Comédia (sucedendo, a partir de 18 de Outubro de 2004 à SIC Gold – viria a encerrar as suas emissões a 31 de Dezembro de 2006).

A 4 de Outubro, surgia um novo canal da RTP, também via cabo e satélite, repondo programas históricos ou sucessos do passado: RTP Memória.

A 19 de Maio de 2005, iniciavam-se as emissões do Lusomundo Happy.

A 8 de Junho de 2006, a “nova” Sport TV 2 começava também a emitir (passando a Sport TV a designar-se por Sport TV 1).

Finalmente, a 29 de Setembro do mesmo ano, surgia o Porto Canal, mais recente canal temático.

Fontes / Sites consultados

http://www.rtp.pt/web/sites/historia.htm

– http://www.ipv.pt/forumedia/5/24.htm

http://si.porto.ucp.pt/internal/mestrado/mest99/Teoria_media/tv/TEXTOS%20FINAIS/3_MJPM_TV.htm

http://www.ics.pt/index.php?op=cont&lang=pt&Pid=78&area=330

http://pt.wikipedia.org/wiki/RTP

P. S. Ainda hoje – dia da comemoração do 50º aniversário da televisão em Portugal (Parabéns, RTP!) -, aqui apresentarei alguns dados relativos a: (i) evolução do share de audiência dos 4 canais generalistas, de 1992 a 2005; (ii) evolução anual do número de alojamentos cablados e do número de assinantes de Televisão por Cabo, de 1995 a 2005; e (iii) evolução do tempo médio despendido pelos portugueses a ver televisão, também no período de 1992 a 2005.

Entry filed under: Media e Comunicação.

LIGA DOS CAMPEÕES – 1/8 FINAL – CHELSEA – FC PORTO RTP – 50 ANOS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Março 2007
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: