LIGA DOS CAMPEÕES – 6ª JORNADA (ACT.)

6 Dezembro, 2006 at 9:42 pm Deixe um comentário

GRUPO B           Jg  V  E  D   G   Pt 
1 Bayern           6  3  3  - 10-3  12 
2 Inter            6  3  1  2  5-5  10 
3 Sp.Moscovo       6  1  2  3  7-11  5 
4 Sporting         6  1  2  3  3-6   5 

Sporting-Inter_______________1-0 / 0-1 
Bayern-Sp.Moscovo____________4-0 / 2-2 
Inter-Bayern_________________0-2 / 1-1 
Sp. Moscovo-Sporting_________1-1 / 3-1 
Inter-Sp. Moscovo____________2-1 / 1-0 
Sporting-Bayern______________0-1 / 0-0

GRUPO F           Jg  V  E  D   G   Pt  
1 M. United        6  4  -  2 10-5  12 
2 Celtic           6  3  -  3  8-9   9 
3 Benfica          6  2  1  3  7-8   7 
4 Copenhaga        6  2  1  3  5-8   7 

M. United-Celtic_____________3-2 / 0-1 
Copenhaga-Benfica____________0-0 / 1-3 
Benfica-M. United____________0-1 / 1-3 
Celtic-Copenhaga_____________1-0 / 1-3 
Celtic-Benfica_______________3-0 / 0-3 
M.United-Copenhaga___________3-0 / 0-1

GRUPO G           Jg  V  E  D   G   Pt 

1 Arsenal          6  3  2  1  7-3  11 
2 FC Porto         6  3  2  1  9-4  11 
3 CSKA Mosc.       6  2  2  2  4-5   8 
4 Hamburgo         6  1  -  5  7-15  3 

FC Porto-CSKA Moscovo________0-0 / 2-0 
Hamburgo-Arsenal_____________1-2 / 1-3 
Arsenal-Porto________________2-0 / 0-0 
CSKA Moscovo-Hamburgo________1-0 / 2-3 
CSKA Moscovo-Arsenal_________1-0 / 0-0 
FC Porto-Hamburgo____________4-1 / 3-1

Dez minutos de “deriva” custaram hoje ao Sporting a derrota na partida frente ao Spartak de Moscovo e consequente eliminação das competições europeias.

Depois de uma excelente entrada na prova, o Sporting foi “perdendo gás”, decaindo de rendimento, concluindo esta fase na última posição do grupo.

O jogo de hoje fez reviver o “pesadelo” da Final da Taça UEFA de 2005, então frente a outra equipa russa, o CSKA de Moscovo; hoje, num encontro em que o empate bastava para o apuramento, o Sporting, lento e desconcentrado, “ofereceu” dois golos “de avanço”, logo aos 7 e 16 minutos. O “tento de honra”, obtido à passagem da meia-hora ainda deu esperanças aos sportinguistas, mas – à excepção de um remate à trave, pelo infeliz Liedson – a equipa nunca teve o discernimento necessário para criar as indispensáveis oportunidades de golo. Praticamente em cima da hora, o terceiro golo da equipa russa mais não fez que sentenciar definitivamente o desfecho então já adivinhado.


O Benfica não revelou hoje capacidade para suster as ofensivas do Manchester United, principalmente depois de, pouco antes da meia hora de jogo, se ter colocado em vantagem no marcador, num excelente golo de Nélson.

O sonho – da repetição do “milagre” da época passada, com a eliminação desta mesma equipa do Manchester United, na última jornada da Fase Grupos – parecia então ser de possível concretização, mas o caudal atacante da equipa inglesa, comandada por Cristiano Ronaldo, acabaria por ditar a sua lei, com o empate a chegar em cima do intervalo e, na segunda parte, mais dois golos, remetendo o Benfica para a Taça UEFA.

M. United – Van der Sar, G. Neville, Evra (67m – Heinz), Ferdinand, Vidic, Giggs (74m – Fletcher), Carrick, Scholes (79m – Solskjaer), Cristiano Ronaldo, Saha e Rooney

Benfica – Quim, Nélson, Luisão, Ricardo Rocha e Léo; Petit, Katsouranis, Nuno Assis (73m – Karagounis) e Simão Sabrosa; Miccoli (64m – Paulo Jorge) e Nuno Gomes

0-1 – Nélson – 27m
1-1 – Vidic – 45m
2-1 – Giggs – 61m
3-1 – Saha – 75m

Cartões amarelos – Rooney (42m) e Fletcher (78m); Ricardo Rocha (34m)

Árbitro – Herbert Fandel (Alemanha)


Num jogo em que – desde o início da partida – o empate satisfazia as duas equipas, garantindo-lhes o apuramento para os 1/8 Final da Liga dos Campeões, o FC Porto e o Arsenal, conservando o nulo até final do encontro, prosseguem na competição, passando a equipa portista a ser a única representante de Portugal na prova mais importante do futebol europeu.

Nesta partida, de risco mínimo para o FC Porto e de risco quase nulo para o Arsenal (liderava o Grupo) – e até porque o CSKA chegou a estar em posição de vantagem em Hamburgo, o que, a concretizar-se, ditaria o afastamento da equipa que eventualmente viesse a perder o encontro do Estádio do Dragão – couberam ao FC Porto as melhores oportunidades de golo, com Quaresma a acertar duas vezes nos ferros da baliza da equipa inglesa.


Concluída a 6ª jornada desta Fase de Grupos, são as seguintes as 16 equipas apuradas para os 1/8 Final: Chelsea e Barcelona; Bayern Munique e Inter; Liverpool e PSV Eindhoven; Valencia e Roma; Lyon e Real Madrid; Manchester United e Celtic; Arsenal e FC Porto; e AC Milan e Lille.

Nos 1/8 Final, o FC Porto terá de defrontar um dos vencedores dos restantes 7 Grupos desta Fase: as 3 equipas inglesas (Chelsea, Liverpool e Manchester United), Bayern, Valencia, Lyon ou AC Milan.

Transitam para a Taça UEFA (3º classificados nos respectivos Grupos): Werder Bremen, Spartak Moscovo, Bordeaux, Shaktior Donetsk, Steaua, Benfica, CSKA Moscovo e AEK Atenas.

Anúncios

Entry filed under: Desporto. Tags: , , .

BLOGOSFERA EM 2006 (XIII) BLOGOSFERA EM 2006 (XIV)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Dezembro 2006
S T Q Q S S D
« Nov   Jan »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: