“TOMAR", DE JOSÉ-AUGUSTO FRANÇA (X)

9 Junho, 2006 at 8:55 am Deixe um comentário

“De moagem deveríamos falar também, mostrando o farmacêutico e político regenerador Torres Pinheiro diversificar a sua iniciativa na fábrica Nabantina, que herdara, em labor já em 1883, e concorrido depois por outro capitão da indústria tomarense que foi, partindo do nada e até falecer em 1924, Mendes Godinho, fundador de vasta empresa familiar, criando a fábrica Portugalia em 1912 (que hoje é estudada em termos valiosos de arqueologia industrial), explorando a central eléctrica em 14 e instalando fábricas de alimentos para gado, cerâmicas, extracção de óleos e placas de madeira prensada, e abrindo banca – e também ou já tomando conta de uma fundição que, nos Lagares d’El Rei, Torres Pinheiro fundara e depois outras e actuais mãos conheceu.

Esta a história industriosa da cidade, animada pela energia hidráulica do seu rio, em rápidos e açudes agenciados. Foi ela a terceira do país, fora Lisboa e Porto, e após Elvas e Vila Real, a ter electrificação, em 1901; falou ao telefone em Abril de 1928 ano que também teria caminho-de-ferro inaugurado.

[…]

Entretanto, cerca de 1840, a edilidade tomarense começara a preocupar-se com o estado e a higiene das ruas e, em 53, e de novo em 69, com o Engenheiro Everard (que lhe daria nome) definiu-se o caminho quinhentista da Levada; em 57, tratou-se da ilha do Mouchão e em 83 saneou-se a Várzea Grande e, sobretudo, estabeleceu-se a ligação da estrada de Tomar a Leiria com a de Lisboa a Coimbra – malograda que fora, em fins do século XVIII, a passagem por Tomar da «Estrada Nova» do Norte, que preferiu cortar para Leiria, abandonando à sua sorte o percurso antigo de Santarém a Coimbra; nessa prejudicial decisão se insistiu ainda em meados de Oitocentos.”

Tomar – «Thomar Revisited», José-Augusto França, Editorial Presença, 1994, pp. 22, 23, 25

Entry filed under: Tomar.

MUNDIAL 2006 (CXXXII) MUNDIAL 2006 – PALMARÉS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Junho 2006
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: