Posts filed under ‘“Blogosfera” em 2009’

Blogosfera em 2009 – Agradecimentos

Completada esta breve retrospectiva sobre alguns dos momentos mais marcantes a nível de movimentações da blogosfera portuguesa em 2009, os meus agradecimentos aos que, com as suas simpáticas palavras, constituindo um importante incentivo, contribuiram decisivamente para a divulgação desta iniciativa:

Bom Ano de 2010!

31 Dezembro, 2009 at 8:40 am Deixe o seu comentário

Blogosfera em 2009 (XVIII)

Em pousio desde Fevereiro de 2008 – entretanto com o seu autor a sentir-lhe a falta -, regressava à actividade, também a 9 de Dezembro, o “Alentejanando“, iniciando a sua «segunda re[pública]».

No dia seguinte, começava o blogue “Logística“, enquanto que, a 12, chegava “Um Homem na Cidade“, de Afonso Ferreira.

O dia 16 de Dezembro fica marcado pelo anúncio do final do “Avenida Central“, «uma permanente tertúlia do Minho, um espaço de acção cívica independente e um instrumento de participação democrática na cena política regional».

A concluir o ano de 2009, a 26 de Dezembro, António Parente dava início a um blogue em nome próprio – entretanto já redenominado para “Nexo” -, tendo por temas: «Política, Economia, Religião, Filosofia, Cultura, Blogosfera, Media e Sociedade».

30 Dezembro, 2009 at 8:39 am 1 comentário

Blogosfera em 2009 (XVII)

Numa data simbólica – 1 de Dezembro – surgia o “Golpe de Estado“, blogue posicionado à direita no espectro político, formado por uma vasta equipa, constituída por: André Barbosa, António Sousa Leite, Beatriz Soares Carneiro, Carlos Martins, David Moreira, João Ribeirinho Soares, Luis Pedro Mateus, Luís Miguel Pistola, Manuel Aranha, Manuel Oliveira, Maria Dá Mesquita, Nuno Silva, Rita Magalhães e Silva, Rodrigo Lobo d’Ávila e Tiago Loureiro.

No mesmo dia Paulo Gorjão anunciava o final do “Vox Pop“: «Este blogue encerra em definitivo. É possível que reabra o Bloguítica (em Janeiro de 2010…), mas para já andarei pelo Delito».

Depois de alguns já longínquos ensaios, a 4, Ricardo Machado reatava a publicação de um blogue de particular especificidade, em nome próprio.

A 8 de Dezembro regista-se uma significativa debandada no Corta-Fitas, com a saída nomeadamente de António Figueira, Bruno Pires, Filipa Martins, Francisco Almeida Leite, Isabel Teixeira da Mota, João Villalobos, José d’Aguiar, Maria Inês de Almeida, Nilton, Nuno Saraiva e Tiago Moreira Ramalho). Como que numa “refundação” do blogue, prosseguiriam apenas: Duarte Calvão, João Távora e José Mendonça da Cruz.

No dia seguinte, Tiago Moreira Ramalho era anunciado como colaborador no Portugal dos Pequeninos.

29 Dezembro, 2009 at 8:39 am Deixe o seu comentário

Blogosfera em 2009 (XVI)

O mês de Novembro ficaria indelevelmente marcado pelo desaparecimento, a 21, de um dos mais activos e entusiastas bloggers em Portugal, Jorge Ferreira, autor (ou participante, no caso de blogues colectivos) dos blogues:

Com a referência aos blogues em que participou, aqui fica expressa a minha singela homenagem à memória de Jorge Ferreira, um homem sempre atento e generoso, pleno de energia, repleto de força e vontade de viver, que não desistiu nunca, mantendo-se activo até ao último dia. Um exemplo!

28 Dezembro, 2009 at 8:39 am Deixe o seu comentário

Blogosfera em 2009 (XV)

No primeiro dia de Novembro, Catarina Carneiro de Sousa, Hugo Dias, Luís Branco, Madalena Duarte, Miguel Cardina e Tiago Ribeiro davam início à “Minoria relativa”.

Depois de cerca de 18 meses de actividade, a 7, o “Câmara de Comuns” anunciava uma pausa sabática: «depois de por aqui terem passado quase 50 colaboradores e convidados, vamos descansar uns tempos e regressar com nova equipa para voltar ao objectivo inicial, o debate esclarecido e esclarecedor entre pessoas de partidos, ideologias, tendências e opções diferentes».

Ao invés, após cerca de 6 meses de suspensão, motivada por questões de saúde, a 9 de Novembro Augusto M. Seabra reatava o “Letra de Forma”.

A 17, numa justa homenagem, decorrendo de mais uma iniciativa de Luís Novaes Tito (autor de “A Barbearia do Senhor Luís”), tendo «por objecto divulgar todas as acções relacionadas com as comemorações bem como outras matérias, imagens e informação, que conduzam à promoção do conhecimento da vida ímpar de um dos mais persistentes lutadores pela liberdade do povo português no Século XX», era lançado o blogue da “Comissão Executiva das Comemorações do Centenário de Tito de Morais“.

No dia 23 iniciava-se a publicação do “Status Quo”, com a seguinte apresentação: «Charles Kupchan, especialista em relações internacionais, defende que o internacionalismo entre as grandes potências provém mais da ameaça que existe no sistema do que pela vontade dessas potências de alterar o que seja. Quando há essa oportunidade, as potências emergentes tentam aproveitar e alterar o sistema a seu favor. Mas, como podemos constatar actualmente, todas as potências que estão a emergir (China, Índia ou Brasil) ganham muito mais com o presente estado do sistema internacional face ao arrojado caminho do revisionismo. Por isso são potência de status quo. […] A política nunca foi tão globalizada como é hoje. Esperamos que neste espaço isso fique bem reflectido

A 25 de Novembro – data especialmente comemorada pelo “31 da Armada” – era a vez de Rui Calafate lançar o “It’s PR Stupid”.

23 Dezembro, 2009 at 8:47 am Deixe o seu comentário

Artigos mais antigos


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Outubro 2014
S T Q Q S S D
« Set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.