Archive for 6 Junho, 2005

PABLO PICASSO (X)

Em 1963, é inaugurado o Museu Picasso de Barcelona. Aos 85 anos, faz uma retrospectiva da sua carreira, agrupando nos seus desenhos, os temas preferidos, nomeadamente pastoris, circo, mulheres e nus. Entre 1968 e 1971, completa mais de 300 desenhos tendo por tema o erotismo.

Picasso9.gif

Doaria então 2 000 das suas primeiras pinturas ao Museu Picasso.

O seu 90º aniversário foi comemorado em Paris com uma exposição na “Grande Galerie” do Louvre, tornando-se no primeiro artista a ter tal honra em vida.

A 8 de Abril de 1973, na sua Quinta “Notre Dame de Vie” em Mougins (França), depois de ter criado uns espantosos 20 000 trabalhos (incluindo pintura, desenhos, litografias, escultura e cerâmica) ao longo de uma vida extremamente preenchida, Picasso – provavelmente a figura mais importante na Arte do Século XX – entrava na imortalidade.

Já em 2004, o seu quadro “Rapaz com cachimbo” seria vendido em leilão por 104 milhões de dólares, tornando-se no quadro mais caro do mundo, passando Picasso a ser o autor de 6 dos 12 mais valiosos quadros de sempre:

1. Picasso – “Rapaz com cachimbo” – 104 milhões de USD

2. Van Gogh – “Retrato do Dr. Gachet” – 82,5 milhões de USD

3. Renoir – “No moinho de La Galette” – 78,1 milhões de USD

4. Rubens – “O massacre dos inocentes” – 76,7 milhões de USD

5. Van Gogh – “Retrato do artista sem barba” – 71,5 milhões de USD

6. Cézanne – “Cortina, jarro e compoteira” – 60,5 milhões de USD

7. Picasso – “Mulher de braços cruzados” – 55 milhões de USD

8. Van Gogh – “As Íris” – 53,9 milhões de USD

9. Picasso – “Mulher sentada num jardim” – 49,5 milhões de USD

10. Picasso – “As núpcias de Pierrette” – 49,2 milhões de USD

11. Picasso – “O sonho” – 48,4 milhões de USD

12. Picasso – “Eu, Picasso” – 47,8 milhões de USD

P. S. Vale a pena visitar o “site oficial” de Picasso!

[2355]

6 Junho, 2005 at 6:26 pm

MÚSICA NOS 80′S (II)

Começando, no ano de 1980, por Blondie (com o “grito” Call Me), Pink Floyd (com o seu “hino mítico” Another Brick in The Wall, de que pode ouvir aqui uma versão, mas também o inesquecível Wish you were here) e Olívia Newton-John (Magic). Os Queen (Crazy Little Thing Called Love) e Bette Midler (The Rose) também passaram pelos tops do ano.

O álbum do ano seria mesmo The Wall, dos Pink Floyd, secundado por Double Fantasy, do casal John Lennon/Yoko Ono e Emotional Rescue, dos “jurássicos” Rolling Stones.

1981 foi o ano de Kim Carnes (celebrando os Bette Davis Eyes – de que pode também ouvir aqui um excerto), mas também do romantismo de Diana Ross e Lionel Richie (Endless Love) e Kenny Rogers (Lady). Houve ainda espaço para John Lennon (Just Like Starting Over) e Kool and the Gang (Celebration).

A nível de álbuns, o destaque para Hi Infidelity, dos R.E.O. Speedwagon, mas também para Foreigner (dos próprios) e, novamente, os Rolling Stones, com Tattoo You.

[2354]

6 Junho, 2005 at 12:37 pm 1 comentário

MÚSICA DOS 80’S (I)

Há cerca de um ano, por aqui tinha passado em revista, numa semana “revivalista”, alguns dos temas “históricos”, essencialmente da década de 70.

Tinha ficado então a “promessa” de voltar ao tema, avançando com a recuperação de algumas das memórias dos anos ’80, época dourada da “New Wave” romântica e futurista, nomeadamente com os A-Ha, Alphaville, Classix Nouveaux, Cocteau Twins, Culture Club, Depeche Mode, Duran Duran, Human League, New Order, Nick Kershaw, Orchestral Manœuvres In The Dark, Spandau Ballet, Talk Talk, The Stranglers, Thompson Twins, Ultravox e Yazoo.

Mas em que se destacaram outros nomes, como AC/DC, Alice Cooper, Barclay James Harvest, Billy Idol, Bon Jovi, Bruce Springsteen, Cindy Lauper, David Bowie, Def Leppard, Flock of Seagulls, Go Go’s, Guns ‘n Roses, John Cougar Mellencamp, Joy Division, Kate Bush, Kraftwerk, Pet Shop Boys, Peter Gabriel, Sade, Simple Minds, Siouxsie and the Banshees, Sisters of Mercy, Stevie Nicks, Talking Heads, The Clash, The Cure, Toto, Van Halen e ZZ Top.

Ao longo da semana, aqui irei recordar alguns dos maiores êxitos da década, com referência particular aos três discos mais vendidos em cada um dos anos e ao álbum de maior destaque (com mais longa permanência no top em cada ano).

[2353]

6 Junho, 2005 at 8:24 am 3 comentários


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Junho 2005
S T Q Q S S D
« Mai   Jul »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.